A HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO ALEMÃ

1824 A 2004

RUA GRANDE pesquisou durante os últimos meses, em seus arquivos, todos os dados já publicados sobre a epopéia da imigração e colonização germânicas, desde o distante ano de fundação da cidade - julho de 1824 - até os nossos dias. Desde julho de l965, mês e ano em que a revista foi fundada, dezenas de edições publicaram dados históricos pesquisados em atas, livros e documentos, contendo informações, notícias, fatos e artigos sobre esta belíssima história construída com Fé, Cultura e Trabalho, desde o momento em que aportaram às margens do Sinos, os primeiros 39 imigrantes vindos da Alemanha. Uma análise em todos os exemplares da revista e, igualmente, consultas a outras obras de escritores locais e regionais, bem como em jornais da capital e região, coletou centenas de dados e informações sobre a trajetória da imigração alemã.

Desafios, incertezas, crises, dificuldades, foram apenas quatro dos muitos e sucessivos problemas enfrentados e vencidos através de um autêntico hino de trabalho, crença e amor à terra, vivenciado pelos imigrantes e seus descendentes.

A partir de uma humilde colônia formada por rústicas cabanas, eles foram os iniciadores da construção de uma das maiores regiões brasileiras, o Vale do Rio dos Sinos, tendo São Leopoldo como cidade-berço. Hoje, 180 anos depois, o município de São Leopoldo é uma das maiores economias gaúchas e possui renome nacional e internacional.

O resumo desta história, ano por ano, em linguagem jornalística e trabalho ilustrado com muitas fotografias antigas e tantas outras mais recentes e atuais, acompanhando o relato dos fatos através do calendário do tempo, está narrado a seguir.

Fases da história

São Leopoldo teve, ao longo dos tempos primitivos e seus 180 anos de existência, o que se pode chamar de seis períodos para a formação de sua história. Historiadores relatam as fases e um deles, o renomado escritor Leopoldo Petry (15-7-1882 a 29-11-1966), relata esta divisão em uma de suas obras sobre a imigração e colonização alemãs.

1 - Tempos primitivos, os bugres (minuanos e charruas) habitaram a região.
2 – O período da Feitoria real do Linho-Cânhamo, entre 1788 a 1824.
3 – Da chegada dos imigrantes alemães em 1824 até 1846, ano da elevação da Colônia Alemã á categoria de vila.
4 – De 1846 até a data da Proclamação da República, em 15-11-1889) (período da vila e de cidade).
5 – De 1889 a 1912 um período da estagnação econômica.
6 – De 1912 aos dias atuais, a fase de desenvolvimento.

O primeiro caminho

A história conta que o Sinos foi o primeiro caminho dos 39 imigrantes alemães que aqui chegaram em 1824, mas os mapas antigos, o curso d´água aparece, a princípio, sem demoniação. Um mapa do sitante ano de 1646, atribuído a Vicente Carrafa, o nome do rio é Curuyarei, uma palavra indígena que significa "rio dos ratões do banhado". Mais tarde, alguns documentos citam como rio Itapuy, outro termo indígena ("o rio do sino"), mas mapas feitos a partir de 1748 surgem outros nomes, como "D Sino", "Cinos", "Sinos" e "dos Sinos". Historiadores concluiram que o rio foi batizado assim em virtude do barulho proveniente da água corrente entre as pedras situadas em seu leito ou de sua sinuosidade ao longo de seu curso, desde as nascentes em Santo Antônio da Patrulha.

A primeira morada

A histórica Casa do Imigrante foi, em 1824, a primeira morada dos 39 imigrantes alemães vindos de além mar. Até hoje, 180 anos depois, o casarão é o símbolo maior da imigração alemã e, ao longo dos anos e sucessivas décadas, foi restaurado várias vezes, com apoio dos governos estaduais e municipais, sendo mais recentemente transformado em museu, com seu acervo zelosamente mantido pelo Museu Histórico Visconde de São Leopoldo.

O velho casarão foi, em verdade, sede da Feitoria Real do Linho-Canhâmo durante 36 anos. Instituída pelo governo de Portugal em 1788, pela necessidade de produzir linho para as embarcações, a Feitoria não forneceu os resultados esperados nem correspondeu aos esforços e investimentos governamentais feitos, sendo desativada em 31 de março de 1824, meses antes da chegada dos imigrantes.

As casas da esperança

Um desenho feito pelo imigrante alemão J. Höermeyer publicado em seu livro editado em Leipzig no ano de 1863, descreve o trabalho que os primeiros imigrantes tiveram para construir suas simples casas, amarrando pedaços de madeira em cipó (pregos não existiam), as paredes forradas com pedaços de madeiras mais finas e cobertos de barro, telhado com capim, as dobradiças e fechaduras feitas de couro de gado, para um abrigo que tinha dois quartos e a cozinha. O piso era de barro.

Um abrigo pequeno mas cheio de esperança de uma nova vida em um país diferente, longe da pátria-mãe.

O nome da cidade

São Leopoldo foi batizada com este nome, em honra de Margrave Babenberger Leopoldo III, conhecido como "um semeador de igrejas". Austríaco de nascimento no ano de 1073, natural da cidade de Melk, descendente da casa da Áustria, com a morte dos pais assumiu o governo durante 40 anos e sua atuação assinalou um período de paz e prosperidade a seu pais. Casou-se com Ignez, muito religiosa, inspiradora do marido a realizar ações que caracterizaram sua vida de santidade. Leopoldo III deu nome à Colônia Alemã de São Leopoldo, homenageando a Imperatriz, Dona Leopoldina. Na época, por influência dos padres jesuítas, firmou tradição batizar-se localidades da região com nomes de santos e a Colônia Alemã recebeu o nome de São Leopoldo, santo devoto da Imperatriz Leopoldina, apoiadora constante e protetora da região. Com a emancipação política, tornou-se cidade de São Leopoldo.

Leopoldo III construiu muitas igrejas e escolas em seu país, sendo fundador do convento de Neuburg.

Seu falecimento ocorreu em 15 de novembro de 1136, considerado pelo Livro dos Santos (publicação oficial da Igreja católica), Dia de São Leopoldo. Depois de sua morte, muitos milagres foram atribuídos a ele, tendo a Santa Sé, em Roma, após examinar esses fatos extraordinários, ter recomendado ao Papa Inocêncio IV que elevasse Leopoldo III à honra dos altares. É o Santo Padroeiro da Áustria e em sua imagem aparece, na mão esquerda, a maquete de um templo, significando ter sido ele um construtor de igrejas.

A imagem em madeira do santo padroeiro de Dona Leopoldina – Sankt Leopold, figura importante na igreja católica austríaca - exposta no Museu Histórico de São Leopoldo, é a cópia da estátua em pedra esculpida no ano de 1.460. Ela foi talhada em zirbenholz (nome da madeira) e presenteada ao museu, pelo embaixador da Áustria, Walter Magrutsch, em 27 de novembro de 1979. A estátua original encontra-se na lapidária do convento de Klosterneuburg, na Áustria.

Legenda p/foto desembarque
A chegada dos primeiros imigrantes na Real Feitoria, em 25 de julho de 1824. Quadro de Ernest Zeuner

1824

* 24 de março - Partem do porto de Hamburgo, a bordo do veleiro Wilhelmine, os imigrantes alemães com destino ao Brasil.
* 31 de março - Portaria do Governo Geral determinou o fechamento da Feitoria Real do Linho-Cânhamo, por não apresentar os resultados esperados. Nesta data, outra portaria considerou como perfeitamente liquidado o domínio das terras da Real Feitoria do Linho e Cânhamo, ordenando ao Presidente da Província que mandasse medir o terreno a ser dividido em lotes de 400 braças em quadro e que destinasse os lotes aos casais que se podiam arranjar pois estava muito próxima a chegada dos colonos, e que avaliasse e remetesse para a Corte os escravos da Feitoria, à medida que os colonos chegassem.
* 18 de julho - Os primeiros imigrantes alemães chegam a Porto Alegre, vindos do Rio de Janeiro, na embarcação São Joaquim Protector.
* 25 de julho - Desembarcam no Porto das Telhas, na região onde localiza-se a Feitoria Real do Linho e Cânhamo, 39 imigrantes alemães - 33 dos quais evangélicos e apenas seis católicos - para iniciar o trabalho de colonizar a região, sonho governamental para povoar a região sul. O Inspetor da colônia é José Thomaz de Lima. Eles embarcaram em março no Porto de Hamburgo e, do Rio de Janeiro para cá, vieram no bergantim Protector. Estava iniciada uma nova página na história do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Naquele dia desembarcaram os seguintes imigrantes:

Augusto Timm, esposa Catarina e filhos Christóvão e João Jacob.
Gaspar Henrique Bentzen e filhos Frederico e João Henrique.
Henrique Timm, esposa Margarida Ana e filhos João, Ana, Catarina, Jorge e Jacob.
João Cristóvão Rust, esposa Joana Margarida e filha Joana.
João Frederico Höpper, esposa Ana Margarida e os filhos Ana Maria, Christóvão Frederico e João Ludovico.
João Henrique Jackes, esposa Catharina e filho João Henrique.
João Henrique Otto Pfingst, esposa Catharina e filhos Carolina, Dorothea, Frederico, Catarina e Maria.
Miguel Kraemer e esposa Margarida.
Paulo Hämel, esposa Maria Thereza e os filhos Carlos, Antônio. e Carlos Benjamin Zimmermann.

* 12 de agosto - Do segundo grupo de imigrantes, apenas quatro desembarcam em Feitoria: André Christóvão Meyer, Daniel Guilherme Kümmel, Ignácio Rasch e Joaquim Frederico Guilherme Jäger.
* 20 de agosto - Começa a medição oficial das terras destinadas à Colônia Alemã, medição retardada em algumas vezes devido às condições do tempo.
* 22 de setembro - Por solicitação do Presidente da Província, José Feliciano Fernandes Pinheiro, a região toma o nome de Colônia Alemã de São Leopoldo, por determinação do Imperador e em homenagem à sua Majestade Imperial, Dona Leopoldina.
* 12 de outubro - É designado o lote nº 1 da Colônia, no lado esquerdo do rio, ao imigrante Inácio Rasch, solteiro, vindo da Baviera. Homem de visão, ele instalou à margem do rio, uma casa comercial, uma fábrica de cerveja e um serviço de barcas destinado ao transporte de cargas.
* 6 de novembro - Chegam à Colônia Alemã de São Leopoldo, integrando a terceira leva de imigrantes, 81 pessoas, entre as quais, o médico João Daniel Hillebrand.e o pastor Georg Ehlers, este, o primeiro pastor religioso da Colônia Alemã. Um documento trazido pelo pastor Ehlers, revelou batizados e casamentos realizados em alto mar, durante a viagem dessa terceira leva de imigrantes. Dia 18 de maio, às 10h10min. perto de Glückstadt, no rio Elza, nasceu Friederich Germanicus, filho de Daniel Bendixen, alfaiate de Coldenbüttel, próximo de Friedrichstadt, no Holstein, e de Maria Rosina, nascida Kayser, de Zelle, perto de Wiesenthal, em Baden. O batizado ocorreu dia 1º de junho no veleiro Germânia, no Mar do Norte, 54º 13" latitude norte e 5º 16" longitude oeste de Greenwich. O mesmo livro registra o primeiro casamento: Johann Jericke, 27 anos, natural de Quetz, marceneiro, evangélico, e Johanna Töde, 27 anos, natural de Hamburgo, evangélica, casaram a bordo do germãnia, no Mar do Norte, dia 2 de junho.
* 19 de novembro - Foi dada por concluída a medição das terras da colônia alemã, trabalho acompanhado pelo representante da Fazenda Nacional.
* 13 de dezembro - O Presidente da Província, José Feliciano Fernandes Pinheiro, visita São Leopoldo, escolhendo o que deveria, em sua opinião, o lugar ideal para a localização do povoado. Optou fosse levantada uma cruz no lugar chamado Rincão do Euzébio (hoje, bairro Floresta Imperial, Novo Hamburgo) á margem direita do Sinos, local distante de enchentes, para localização de algumas famílias, tarefa simbolizando o início concreto ao chamado povoamento da futura colônia. Um relatório futuro revelou que Fernandes Pinheiro ficou desolado por não ter sido ouvida sua sugestão e "foi desprezado o local indicado e o povoado ter sido fundado em lugar mais péssimo".

1825

* 7 de janeiro - Naufraga, perto de Mostardas, o bergantim Flor de Porto Alegre, que conduzia 50 famílias que iam para a capital e após viriam para São Leopoldo. Dois homens morrem afogados, as demais pessoas foram salvas.
* 12 de fevereiro - Chega à região da Feitoria, a quarta caravana de imigrantes alemães, com 62 pessoas.
* 23 de fevereiro - Foi designado o ten-cel. de Engenharia, João Batista Alves Porto, para fazer verificação da medição das terras da colônia.
* 9 de março - A quinta leva de imigrantes alemães chega à colônia, com 77 pessoas.
* 21 de maio - Desembarca a sexta leva de imigrantes, totalizando mais 112 pessoas.
* 8 de julho - O dr. João Hillebrand envia ofício ao presidente da Província, agradecendo benefícios recebidos pelos imigrantes "neste Brasil hospitaleiro que carinhosamente os recebeu em seu aconchego" e ofereceu concurso dos colonos para defesa da integridade e da honra da Pátria, oferta que foi aceita, e se concretizou com a participação da Companhia de Voluntários Alemães, na campanha bélica em que estava envolvido o país.
* 29 de dezembro - Mais 347 pessoas chegam à colônia no décimo grupo de imigrantes vindos da Alemanha, totalizando 903 nos dois primeiros anos o número de imigrantes chegados a São Leopoldo.

1826

* 22 de junho - Aportam na capital, 15 famílias (81 adultos e dois jovens) procedentes de Hamburgo e logo tomam o caminho da Colônia Alemã de São Leopoldo.
*12 de outubro - José Feliciano Fernandes Pinheiro, paulista de Santos, nascido em 9 de maio de 1774, Presidente da Província, recebe o título de Visconde de São Leopoldo, que lhe foi conferido em 18 de outubro do ano anterior, pelos assinalados serviços prestados à causa da colonização alemã. O Visconde casou com Maria Elisa Júlia de Lima e o casal teve 10 filhos.

1827

* 20 de fevereiro - Colonos alemães de São Leopoldo participam da histórica batalha do Passo do Rosário, no conflito contra países do Prata.
* 3 de abril - É nomeado capelão dos colonos católicos de São Leopoldo, o padre Antônio Nunes da Silva, sucedendo ao padre João Crisóstomo da Silva.

1828

* 20 de fevereiro - O Presidente da Província, Salvador José Maciel, visita a colônia e escolhe junto ao Passo Geral do Rio dos Sinos, o local para a construção da capela (atual matriz Conceição). Ele levou em conta o nível do rio quando ocorreram enchentes.
* 7 de maio - O inspetor da Colônia, José Thomaz de Lima, envia ofício ao Vice-Presidente da Província, Américo Cabral de Mello, relatando o estado de dificuldades e de miséria do local em vista da falta de pagamento do subsídio oficial concedido aos colonos. O inspetor pediu providências.
*12 de outubro – Realizado o primeiro apontamento no Livro Tombo da Igreja Matriz de São Leopoldo, contendo as medidas do templo (15,40m de comprimento, 6,60m de largura e 3,96m de altura).
* 8 de dezembro - É inaugurada a primeira capela católica.

1829

*26 de setembro – Bugres mataram mais três colonos.
* 31 de dezembro - Chega a 4.855 o número de imigrantes em São Leopoldo.

1830

* 24 de julho - Na véspera do sexto aniversário de São Leopoldo, é de 182 o número de prédios na Colônia Alemã. Medição e numeração das ruas mostrou um cenário atípico,a cidade foi toda marcada a cordel por determinação do inspetor da colônia José Thomaz de Lima.
* 11 de setembro - São Leopoldo passa à categoria de Capela Curada.
* 29 de novembro – Conspiração na Colônia de São Leopoldo descoberta pela chefe de Polícia da capital, ten-cel. José Joaquim Alves de Morais, entre os liberais da Província e os alemães.
*4 de dezembro – O jornal "O Constitucional Rio-Grandense" ligado à causa farroupilha, não deu maior importância à citada conspiração descoberta ocorrida dias antes.

1831

* 1º de março - A Província do Rio Grande de São Pedro do Sul reconhece a dívida com os colonos de São Leopoldo a título de subsídios até esta data, no valor de um franco (160 réis) por dia para sua subsistência enquanto não colhessem suas plantações. No primeiro ano da chegada dos colonos, o auxílio foi pago em víveres, mas depois ocorreram muitos atrasos e reclamações.
* 8 de abril - Na Picada Dois Irmãos, recentemente aberta, bugres assassinam três colonos e raptam uma criança, na região de Baumschneis.
* 15 de maio - Em nova incursão contra os colonos, os bugres matam 11 pessoas e causam ferimentos em mais duas.
* 1º de julho - Assume a administração da Colônia, o ten.-cel. Salustiano Severino dos Reis, substituindo o inspetor José Thomaz de Lima.
* 23 de julho - É criado o 1º Juizado de Paz na Colônia Alemã.
* 5 de agosto – Visita do Presidente da Província, José Carlos Pereira de Almeida Torres à Colônia constatou que "tomando o rio algumas águas com as chuvas, a metade da povoação já estava debaixo d´água", o que comprova que Fernandes Pinheiro, o Visconde de São Leopoldo, estava certo em 1824 em escolher um local mais alto, distante do rio, o que não foi atendido por interesses econômicos.

1833

* 31 de janeiro – O mapa da sede da Colônia Alemã de São Leopoldo é traçado pelo piloto português Miguel Gonçalves dos Santos, tendo o rio como limite norte e estabelecendo oito praças para a cidade: a da Igreja, da Alegria, Redenção, João Pessoa (hoje, Tiradentes), 20 de Setembro, da Entrada, Triângulo, do Canto, do Coelho (na beira do rio) e Bella.

1835

* 22 de setembro - O delegado do governo revolucionário, Marciano Pereira Ribeiro, substituto do Presidente da Província, Fernandes Braga, solicita ao Juíz do Curato de São Leopoldo, Inácio Antônio de Moraes, que determinasse a arrecadação do armamento remetido por Braga para a Colônia.
* 23 de setembro - O general Bento Gonçalves, em carta, relata os sucessos da revolução farroupilha e condena a atitude de Fernandes Braga, que mandou distribuir armamento aos colonos de São Leopoldo. Bento Gonçalves exalta a tranqüilidade que impera na colônia com a volta dos colonos para suas casas e seu trabalho.
* 13 de outubro - Os revolucionários desejam agradar João Hillebrand, oferecendo-lhe a função de Diretor da Colônia Alemã. Ele não aceitou e foi nomeado para o cargo, Hermann von Salisch.

1836

* 16 de janeiro - Bento Gonçalves da Silva, Coronel Comandante Superior das Guardas Nacionais, mais Marciano Pereira Ribeiro, Vice-Presidente da Província, e Onofre Pires, Coronel Chefe dos Guardas Nacionais de Porto Alegre, fazem apelos aos colonos para que se mantenham "ao lado da lei e da Justiça". "Que o respeito à lei seja o vosso único norte", afirmou Bento Gonçalves.
* 3 de fevereiro - O Colono Alemão, jornal de Hermann von Salisch, fez em português, pois não havia quem fizesse a composição do texto no idioma alemão, proclamação aos colonos, enaltecendo a Revolução Farroupilha.
* 21 de agosto - Hillebrand, acampado à margem do arroio Portão, divisa da Colônia com Santa Ana, com 300 homens da arma de infantaria.
* 3 de fevereiro - Surge em Porto Alegre o primeiro exemplar do jornal bi-semanário O Colono Alemão, dirigido por Hermann von Salisch. O jornal teve curta existência.
* 25 de março - O Presidente Araújo Ribeiro dirige uma proclamação aos colonos aconselhando-os a se abster na luta que ia ser travada no Rio Grande do Sul ou a seguirem as armas da legalidade.
* 3 de setembro - O tenente Pedro de Azevedo e Souza envia, preso, o alemão Carlos Frederico Otto Heise, a ser entregue na cadeia, considerado em ser o principal agente dos rebeldes entre os colonos de São Leopoldo.

1837

* 30 de abril - O tenente Henrique Guilherme Mosye é o comandante em São Leopoldo.
* 6 de outubro - Hermann von Salisch é assassinado em Sapucaia.

1838

* 20 de janeiro - Bento Gonçalves vem a São Leopoldo à frente de 1.300 homens das três armas, aqui recrutando 110 colonos no Faxinal e na colônia, levando a tropa rumo a Gravataí.
* 30 de abril - João Dorzbach, Procurador dos colonos e de moradores do chamado lado ocidental nas Picadas 14 e 48, reclama do Presidente da Província, pagamento de soldos atrasados dos colonos que serviram no período de abril até fins de setembro de 1836 como soldados nas fileiras da Legalidade, sob o comando de Hillebrand.
* 17 de dezembro - O Governo Imperial agracia José Thomaz de Lima com a Comenda da Rosa, nomeia-o Inspetor da Alfândega de Porto Alegre, reconhecendo o trabalho deste grande vulto da história leopoldense.
* 18 de dezembro - Por ato do governo da República, os colonos de São Leopoldo e de Três Forquilhas são considerados cidadãos e, como tal, no gozo de todos os direitos civis e políticos a estes concedidos.

1840

* 30 de abril - Assume o comando das Forças Imperiais, Antônio Souza Netto, sob cujas ordens estava a Companhia formada por colonos alemães, a qual foi destroçada em conflito travado no Passo do Pareci.
* 23 de dezembro - O dr. João Daniel Hillebrand, portador de mais um título em sua homenagem – o de coronel de Legião – retorna da capital à povoação de São Leopoldo.

1841

* 23 de fevereiro - Hillebrand escreve ao Marechal Comandante da Guarnição de Porto Alegre, pedindo armas para as tropas à sua disposição.

* 22 de junho - Canhoneiros guarnecem as margens do Sinos e o distrito de Santana é o que mais preocupa o Governo. Um grupo de 19 desertores foi avistado tentando cruzar o rio, sendo dispersados a tiros.
* 11 de agosto - O cel. Hillebrand chega ao distrito de Santana com a Companhia de Voluntários Alemães, "onde os rebeldes em número bastante crescido, se conservam no centro da Serra", diz seu relato ao Marechal Comandante do Exército, concluindo que "todo o lado esquerdo do Rio dos Sinos se conserva em sossego, por ora".
* 24 de novembro - O número de passageiros que utilizam o transporte de lanchões pelo rio dos Sinos para viajar de São Leopoldo a Porto Alegre, desde 4 de março até esta data, chega a 1286, sendo a maioria homens (713).

1842

* 28 de janeiro - O soldado desertor Trost, da Companhia de Voluntários Alemães, preso por uma patrulha, foi castigado com 50 chibatadas.
* 11 de março - Hillebrand gestionou e conseguiu que o farroupilha, Capitão Carlos José Lucas e seus seguidores, aceitassem a anistia estabelecida pelo Governo.
* 15 de novembro - O Barão de Caxias nomeia Hillebrand Comandante Geral de Polícia, substituindo o Marechal Gaspar Francisco Menna Barreto.
* 10 de dezembro - O Barão de Caxias visita São Leopoldo e envia ofícios ao Ministro de Negócios do Império, Cândido José de Araújo Vianna, e ao Ministro da Guerra, José Clemente Pereira, solicitando que declarem cidadãos brasileiros, os colonos alemães radicados há anos na Colônia e prestadores do serviço militar.
* 12 de dezembro - Com a visita do Barão de Caxias à colônia, o cel. João Hillebrand reivindicou a ele apoio para construir-se um templo para os moradores de religião evangélica em São Leopoldo.
* 22 de dezembro - Hillebrand deixa a função especial de Comandante Geral de Polícia, retornando à Colônia, para continuar seu grande trabalho administrativo.

1843

* 10 de janeiro - Criação do 3º Batalhão de Infantaria, hoje 19º BIMtz.
* 20 de março – O Pastor August Wilhelm Klenze assume a comunidade evangélica.

1844

*25 de julho – A localidade de São Leopoldo é conhecida pela maioria da população e por visitantes que vem à colônia como "Passo".
*31 de dezembro – Um levantamento oficial revela que o sistema de transporte fluvial da população e das cargas é feito por 24 barcos de quatro remos cada um, entre São Leopoldo e Porto Alegre. A viagem leva mais de um dia...

1845

* 12 de março - O cel. João Hillebrand participa ao marechal comandante da Guarnição de Porto Alegre, Thomaz José da Silva, que recebeu a notícia da pacificação do Rio Grande do Sul. Tocatas nas ruas, espocar de foguetes e saudações ao Imperador e ao Pacificador da Província, ouviram-se nas ruas da Colônia Alemã de São Leopoldo.
* 4 de maio - O Barão de Caxias nomeou o Dr. João Daniel Hillebrand para a função de Diretor Geral da Colônia de São Leopoldo.
*18 de maio – O padre Diogo de Pinna Cabral inicia obras de construção de uma nova igreja, de área maior para abrigar a todos os católicos nos ofícios religiosos.
*22 de julho – Relatório de Hillebrand para o Governo da Província, mostra os números da exportação da Colônia Alemã para a capital, atestando o crescimento da produção econômica: 750 sacos de abóboras, 5455 sacos de batata inglesa, 7736 botins, 4889 sacos de carvão, 50.870 cepos de tamancos, 290 dúzias de cerveja, e 4000 charutos.
* 10 de dezembro - O cel. João Daniel Hillebrand, diretor da Colônia, conclui levantamento oficial do número de viúvas (19) de falecidos em combate, todas aptas a receber uma pensão do Governo.
*30 de dezembro – A economia da Colônia Alemã cresceu este ano e os números revelam a existência de 30 moinhos de azeite, 12 alfaiatarias, 50 casas de negócios, entre as atividades mais promissoras.

1846

* 18 de janeiro - Instalação da primeira capela evangélica.
* 1º de abril - A Lei Provincial nº 4 eleva a capela Curada de São Leopoldo à categoria de Vila, desmembrando-se de Porto Alegre, seu município de origem. O vilamento possui três grandes distritos e seu bairro mais antigo é o Neustadt (hoje, bairro Rio dos Sinos). A colônia possui 5.393 habitantes.
* 4 de maio - É criada a paróquia de Nossa Senhora da Conceição.
* 6 de junho - A Resolução nº 67 exarada pelo presidente da Província, delimita o território de São Leopoldo, onde é citada a necessidade de retificação e dragagem do leito do rio dos Sinos, em alguns locais.
* 8 de junho - Projeto sobre ponte apresenta dimensões e custo tão elevado (cem contos de réis) que torna impossível realizar a obra por parte do município.
* 24 de julho - Em ato solene, é instalada a primeira Câmara Municipal, sendo eleito Presidente o major Manuel Bento Alves.
* 3 de setembro - Foi concedida naturalização imediata aos colonos que residissem em São Leopoldo.
* 8 de outubro - A Câmara Municipal determina os limites de São Leopoldo, em três distritos: 1º, São Leopoldo; 2º, Pinhal; e 3º, Santana.
* 14 de dezembro - O dr. João Daniel Hillebrand é agraciado com o título de cidadão brasileiro. O posto de Coronel da Guarda Nacional lhe foi concedido pelo Barão de Caxias, ao assumir o comando do Exército, e como sinal de agradecimento pelos relevantes serviços prestados na Guerra dos Farrapos, pelo ilustre médico.
* 18 de dezembro - Termina a guerra dos Farrapos no Rio Grande do Sul e o dr. Hillebrand recebe a condecoração de Cavaleiro da Ordem da Rosa.
*30 de dezembro – São Leopoldo é a oitava cidade mais populosa com 8476 habitantes (4303 homens e 4173 mulheres). Porto Alegre é a primeira com 28.330 habitantes.

1847

* 6 de julho – Morre, aos 73 anos de idade, José Feliciano Fernandes Pinheiro, o Visconde de São Leopoldo, uma das mais notáveis figuras da imigração alemã. Detentor de títulos e merecedor de inúmeras homenagens, ele prestou inestimável colaboração e trabalho para a vinda dos imigrantes e o início da colonização alemã na região.

1848

* 1º de junho - Alphonse Mabilde é nomeado Engenheiro das Colônias.
*2 de agosto – O presidente da Província, Manuel Antônio Galvão, aprova os 29 artigos das posturas que lhe foi enviada pela Câmara Municipal.

1849

* 7 de janeiro - Posse dos integrantes da 2ª Câmara de Vereadores, presidida pelo vereador André Miguel dos Santos.
* 14 de julho - Três religiosos - Agostinho Lipinski, polonês; João Sedlack, tcheco; e o Irmão Antônio Sonntag, alemão - todos dominando com fluência a língua natal dos colonos, desembarcam em Porto Alegre.

1850

* 13 de outubro - A Lei Provincial nº 183 proíbe colonos alemães de terem escravos a seu serviço.
*20 de dezembro – Vapores começaram a trafegar no rio dos Sinos, substituindo aos poucos, os barcos a remo.

1851

* 23 de julho - O Dr. João Daniel Hillebrand passou a exercer as funções de delegado de Polícia e de Juíz Municipal, em substituição ao Dr. Miguel Castro Mascarenhas.

1852

* 8 de janeiro - Na Colônia do Mundo Novo, os bugres assassinam o colono Pedro Wadepuhl, levam sua mulher, uma filha casada e três netos, que foram libertadas apenas dois meses depois quando a tribo foi perseguida, extinta e seu cacique foi morto em conflito com tropas legais.

1853

* 8 de fevereiro - Assumem os integrantes da 3ª Câmara de Vereadores. O presidente é Patrício de Azambuja Cidade.
* 13 de abril - Assume o cargo de Juiz Municipal, o Dr. Guilherme Marques Bacalhão, substituindo o Dr. João Daniel Hillebrand.
* 20 de julho - A Lei Provincial nº 273 fixa os limites da Freguesia de São José do Hortêncio, que sobe pelo rio Caí até a barra do arroio Forromeco.
* 30 de setembro - Grandes enchentes nos rios Guaíba, Jacuí, Sinos, Caí e Gravataí.

1854

* 1º de maio - Eleita a Primeira Mesa da Irmandade de Nosso Senhor dos Passos, sendo Provedor o dr. José Antônio do Vale Caldre e Fião; Prior, Joaquim Ribeiro Silva Rocha; tesoureiro, Joaquim de Paula; Procurador, Manoel Antônio de Medeiros; Mordomos, major Manoel Bento Alves, Joaquim José de Oliveira, Francisco Fernandes Ribeiro da Cunha, José de Oliveira, André Miguel dos Santos, Theodoro José Leal, André Ries, Manoel dos Reis Nunes, Manoel Pereira Chaves, José Fernandes da Cunha, João Coelho Barreto e Nicolau Stumpf.
* 1º de julho - A Câmara Municipal pede ao Governo da Província, recursos para construção de uma ponte de madeira sobre o rio que corta a Vila.
* 18 de agosto - O vereador Júlio Henrique Knorr propôs fossem declaradas ruas principais da Vila de São Leopoldo, as do Passo (Independência, atual), da Igreja (1º de Março), e Sapucaia (Bento Gonçalves) "desde a praia" (fazendo alusão ao rio) até a rua São Joaquim (hoje, João Neves) e as ruas do Fogo (Brasil) e Formosa (Osvaldo Aranha) desde a rua do Sacramento (Marquês do Herval) até a Sapucaia (Bento). O centro era um quadrado do rio à João Neves e da Marquês até a Bento.
* 25 de julho - A Colônia Alemã possui, segundo relatório de João Daniel Hillebrand enviado ao Governo da Província, 11.346 habitantes, sendo 6.568 evangélicos e 4.778 que professam a religião católica.

1857

* 7 de janeiro - A quarta Câmara de Vereadores, empossada em solenidade oficial, tem na presidência o vereador João Daniel Hillebrand.
* 17 de fevereiro - É criada a paróquia de São Miguel dos Dois Irmãos de São Leopoldo. Na mesma data, a Lei Provincial nº 357 destina área para o novo cemitério localizado na estrada de Sapucaia, em terras de Carlos Sperb, desapropriadas mediante indenização. O atual cemitério, no centro (hoje, praça Carlos Otaviano de Paula, onde está escola Villa Lobos) já estava pequeno para a população sepultar seus mortos.
* 7 de junho - O Vice-Presidente da Província, Patrício Corrêa da Câmara, assina o regulamento para a recepção, acomodação e distribuição dos imigrantes alemães chegados ao Rio Grande do Sul.
* 18 de dezembro - A Lei Provincial nº 404 desagrega do território leopoldense a localidade de Santa Cristina do Pinhal, que passa a pertencer ao município de Porto Alegre.

1858

* 7 de setembro ou janeiro - É criada no município de São Leopoldo, a colônia de Nova Petrópolis.
* 20 de janeiro - Descendentes de imigrantes alemães fundam em São Leopoldo, o Männergesang Orpheus, um clube de canto, um quarteto duplo de cantores, constituído por Wilhelm Haertel, Wilhelm Hoffmann, Luís Reichard, Alexander Herzog, Albert Dotze, Christian Fleck, Carl Renk e Luís Grünewald. A reunião aconteceu na casa de Jacob Geyer
* 13 de outubro - João Daniel Hillebrand é nomeado Coronel da Guarda Nacional.
* 31 de outubro - O engenheiro Francisco Nunes de Miranda apresentou projeto à Câmara, para construção de uma ponte mista sobre o rio dos Sinos.

1859

* 14 de janeiro - O Dr. Hillebrand recebe a Comenda da Ordem de Cristo.
* 14 de janeiro - Franz Louis Weinmann instala uma fábrica de bebidas.
* 14 de abril - Fundação do Colégio Nossa Senhora da Conceição, da Ordem dos padres jesuítas, à margem do Rio dos Sinos.
* 5 de julho - O padre Bonifácio Klüber é o primeiro jesuíta a dirigir a paróquia Nossa Senhora da Conceição.
*30 de dezembro – São Leopoldo possui 40 fabricantes de carroças, 50 de arreios e 300 carroças em uso.

1861

* 7 de janeiro - Toma posse a 5ª Câmara de Vereadores, sendo presidente, Antonio José da Rocha Filho.

1863

* 7 de fevereiro - Provisão episcopal concede licença à Sociedade São Cristóvão de Itapuí, de São Leopoldo, para edificação de uma capela em honra ao santo de mesmo nome.
* 18 de outubro - Primeira festa geral de cantores do Rio Grande do Sul na Sociedade Orpheu, comemorativa aos quinto ano da sociedade.

1864

* 12 de abril - A Lei Provincial nº 563 eleva a Vila de São Leopoldo à categoria de cidade.
* 14 de abril - O padre Agostinho Lipinski deu início à construção de escolas na Colônia Alemã e nesta data o padre Vendelino Bock fundou um colégio paroquial em São Leopoldo.
*24 de abril – O Pastor Dr. Hermann Borchard é designado para dirigir a comunidade evangélica.
* 6 de maio - A Lei Provincial nº 577 devolve a freguesia de Santa Cristina do Pinhal para São Leopoldo.
*29 de dezembro – São Leopoldo possui cerca de 14 mil habitantes, seis distritos e sua arrecadação provincial chega a 4:320$908

1865

* 7 de janeiro - Os nove membros da 6ª Câmara de Vereadores assumem seus mandatos, presididos por Francisco Alves dos Santos.
*23 de julho – O Imperador Dom Pedro II visita São Leopoldo, sendo hospedado na residência de padres católicos. A Comissão que recepcionou Sua Majestade Imperial foi constituída pelo Dr. João Daniel Hillebrand, padre vigário Vendelino Bock e pastor Dr. Hermann Borchard.
* 18 de setembro - Visita de Dom Pedro II a São Leopoldo, homenageado na Sociedade Orpheu.

1866

* 18 de janeiro - Acampa na localidade de Salto, em operações na Guerra do Paraguai, um grupamento da Guarda Nacional composto por moradores de São Leopoldo e de Santana do Rio dos Sinos. O grupamento obedece ao comando do major Augusto Loureiro.

1867

* 5 de janeiro - Visita do Imperador Dom Pedro II, chegando à cidade pelo rio, pois não havia estrada de ferro. O Imperador e comitiva caminharam pela Rua do Passo, a Gross Strasse, hoje, Independência, sendo saudados pela população.
* 10 de janeiro - A Lei Provincial nº 599 autoriza a construção da estrada de ferro entre a capital e São Leopoldo, ampliando-se após até Hamburger Berg.
* 12 de abril - Surge ameaça de nova invasão de cólera-morbus, doença que causou a morte de 78 pessoas apenas em São Leopoldo. É aberto às pressas o cemitério mantido pela Irmandade Nosso Senhor dos Passos, do qual era Provedor o Dr. José Antônio do Vale Caldre e Fião, médico e literato, que muitos anos trabalhou e residiu em São Leopoldo.
* 27 de abril - Nesse dia foi sepultada em Porto Alegre, a última vítima do cólera-morbus, epidemia que atingiu vários municípios.
* 4 de novembro - É elevada à categoria de paróquia, a capela de São Pedro do Bom Jardim, hoje Ivoti.
* 12 de dezembro - O proprietário do primeiro jornal que se publicou em São Leopoldo, em língua alemã, denominado Der Bote von São Leopoldo, firma contrato para publicar, nos idiomas alemão (parte redatorial) e em português o expediente e decretos da municipalidade.

1868

*10 de março – O Pastor Dr. Hermann Borchard iniciou reuniões para a fundação de um Sínodo, reunindo várias comunidades evangélicas, mas vários razões impossibilitaram que a idéia prosperasse.
*15 de junho – O padre Guilherme Feldhaus assume a função de vigário.

1869

* 7 de janeiro - O vereador João Álvaro Ferraz d"Elly é o presidente da 7ª Câmara de Vereadores empossada nesta data.
* 30 de junho - Coube ao Governo da Província, sob a presidência do Dr. João Sertório, contratar com John Mac Ginity e Julio Villain, a construção da primeira estrada de ferro do Rio Grande do Sul, entre Porto Alegre, São Leopoldo e Novo Hamburgo, numa extensão de 43 quilômetros na bitola de 1,067.
* 31 de julho - Fundado o Colégio Conceição, iniciando suas atividades com apenas oito alunos matriculados, para formar sacerdotes e professores paroquiais.
* 7 de setembro - O sr. John Mac Ginity lançou à praça ações da Companhia que ele instituiu para a construção de ferrovia entre São Leopoldo e a capital.
* 9 de setembro - A Lei Provincial nº 706 autoriza a construção do cais na cidade.
*15 de outubro – Um novo Pastor – Carl Wegel – nomeado para a comunidade evangélica.

1870

* 1º de março - Fim da guerra do Paraguai, que também contou com a participação de colonos alemães de São Leopoldo.

1871

* 10 de março - Jornal Deutsches Volksblatt (Folha Popular Alemã), fundado pelo padre Guilherme Feldhaus, começa a circular.
* 1º de abril - A Lei provincial nº 719 autoriza o município a contrair seu primeiro empréstimo (Rs 50.000$000) para construir a ponte metálica sobre o rio dos Sinos.
* 14 de outubro - Benção da cruz que seria colocada na torre da na nova matriz da Conceição.
* 26 de novembro - É lançada a pedra fundamental da primeira via férrea da Província de São Pedro do Rio Grande do Sul. O ato é assistido pelo inglês Georg Mulhall.
* 10 de dezembro - Início das obras do primeiro calçamento e da implantação do primeiro sistema de lampiões na rua principal, a do Passo, hoje Independência. Detalhe curioso que o contrato de trabalho do funcionário acendedor dos lampiões, dizia: "nas noites de lua cheia não seria necessário o acendimento, pois era suficiente a iluminação natural. O funcionário deve estar sempre atento para possíveis eclipses da lua, acendendo os lampiões sempre que iniciar a era eclipsal, apagando-os assim que a lua cheia voltar a brilhar".

1872

* 2 de abril - É fundado o Colégio São José, da Ordem das Irmãs Franciscanas, com a primeira sede localizada às margens do rio dos Sinos. As seis Irmãs Franciscanas que chegaram á cidade, no princípio da tarde, integrantes da Congregação das Irmãs da Penitência e Caridade da Terceira Ordem Regular de São Francisco de Assis foram: Madre Ana Luiza Moeller, e Irmãs Teresa Kremer, Maria Lichtenberg, Florência Mensel, Alvina Ferbers e Ludgera Hellwig. Elas vivenciaram grande perigo na viagem entre Rio de Janeiro e Rio Grande ao partir-se o leme do navio e fizeram promessa que a escola que iriam fundar seria denominada São José.

1873

* 7 de janeiro - A posse dos membros da 8ª Câmara, liderados pelo vereador Manuel Bento Alves Filho.

1874

* 14 de abril - Inaugurado o prédio da Estação Ferroviária de São Leopoldo, com estrutura preparada na Inglaterra. O pré-moldado veio para o Brasil, todo em madeira com tábuas cobertas de zinco como proteção a flechas incendiárias, pois os ingleses que a construíram imaginaram que os nativos brasileiros poderiam, a exemplo do que os índios pele vermelhas faziam nos Estados Unidos, tentar invadi-la...
* 30 de abril - É inaugurada a primeira linha férrea gaúcha, no trecho entre Porto Alegre e São Leopoldo, numa extensão de 33km. sendo realizada a primeira viagem de trem entre as duas cidades.
* 30 de abril - Um mascarado passou pela casa do alfaiate Guilherme Closs, adversário da seita dos mucker em São Leopoldo, deu vários tiros pela janela e atingiu um jovem de 14 anos, Jorge Haulert, que morreu em vista dos ferimentos.
* 15 de maio - A Lei Provincial nº 495, concedeu ao cidadão Luiz Afonso de Azambuja, o privilégio para estabelecimento de um tramway em São Leopoldo.
* 15 de junho - Assassinados em Lomba Grande, por integrantes da seita dos mucker, cinco membros da família do colono Martin Kassel (sua esposa e quatro filhos), enquanto o colono veio a São Leopoldo pedir providências e proteção para si e seus familiares. O governo enviou cem homens para policiar o lugar e prender os responsáveis pela chacina.
* 19 de junho - O presidente da Província, coronel Andréa, assinou a Lei Provincial nº 175, aprovando os artigos 30 e 31 das posturas da Câmara Municipal de São Leopoldo, determinando que todos os proprietários de casas cujas janelas ou portas abrirem para a rua, sejam obrigados a tirá-las ou fazê-las abrir para o interior das casas.
* 20 de junho - O comandante do 12º Batalhão de Infantaria, coronel Genuino Sampaio, foi morto por um tiro na coxa, causando a ruptura do femural, quando a tropa que comandava foi surpreendida por um ataque dos mucker, na região do Ferrabraz.
* 21 de junho - Assume o comando das forças em operação contra os mucker, o coronel Augusto César da Silva.
* 24 de junho - Chega preso a Porto Alegre, o fanático Klein, membro da seita. Em sapiranga mais 13 casas de colonos são incendiadas.
* 25 de junho - Um grupo de integrantes da seita dos mucker, sob o comando de Jorge Maurer, se reúnem no Morro do Ferrabraz, traçando planos para resistir ao ataque policial.
* 29 de junho - O capitão Santiago Dantas chega a Sapiranga para comandar o ataque contra os fanáticos.
* 30 de junho - Seguiu de Porto Alegre para a região do Ferrabraz, toda a Força de Linha, com o objetivo de dar combate aos mucker.
* 2 de agosto - Jacobina e João Jorge Maurer, chefes dos mucker, são mortos em seu reduto no Morro do Ferrabraz, em combate travado com forças legais. Eles foram acusados de cometer muitos crimes contra colonos daquela região. O sangrento episódio encerrou uma página trágica da imigração alemã.

1875

* 1º de janeiro – O Pastor Dr. Wilhelm Rotermund assume a direção da Comunidade Evangélica.
* 29 de março – A Lei Provincial nº 965 criou a Comarca de São Leopoldo.
* 1º de maio - Emancipação de São Sebastião do Caí.

1876

* 1º de janeiro - A linha férrea entre a capital e São Leopoldo é ampliada até Novo Hamburgo, em mais uma extensão de 9.670 metros.
* 19 de janeiro - Decreto assinado pelo governo concedeu licença a Guilherme Kopp e outros para explorar carvão de pedra nos municípios de São Leopoldo e Porto Alegre.
* 1º de março - Tem início a sessão do julgamento dos mucker, júri que durou oito dias, absolveu cinco réus e condenou seis a mais de 20 anos de prisão, por crimes cometidos contra colonos.
* 20 de julho – Entregue ao trânsito a ponte 25 de Julho, cujas obras iniciaram em abril de 1871, quando o Governo da Província autorizou o início da construção. Custo total de 123.954$940, através de empréstimo feito pelo município junto ao Banco da Província, sendo metade do valor pago pelo governo estadual. O governo cobrou pedágio, aos custos de 40 réis o pedestre, cavaleiro (120 réis), carreta sem carga (240) e carreta com carga 9500 réis). Conta-se que não houve inauguração festiva, pois antes de a data ser marcada, carroceiros que moravam na margem direita do rio, ficaram irritados com a demora da obra e durante certa noite, retiraram tábuas e madeiras que impediam o tráfego.

1877

* 7 de janeiro - A 9ª Câmara de Vereadores toma posse, presidida pelo vereador Francisco Alves dos Santos.
* 3 de agosto - O pastor dr. Wilhelm Rotermund funda a Livraria Evangélica, hoje a centenária firma Rotermund.
* 4 de outubro - Comparecem ao tribunal do Júri em Porto Alegre os Mucker Jacob e Ida, para prestarem depoimentos no processo contra eles movido.
* 26 de novembro - Inauguram-se em São Leopoldo os trabalhos da Companhia Brasileira Ltda. da estrada de ferro Porto Alegre a Novo Hamburgo

1879

* 1º de julho - Jornal Die Neue Zeit, primeiro exemplar.

1880

* 9 de julho - Morre aos 80 anos de idade, o Dr. João Daniel Hillebrand, uma das mais notáveis e respeitáveis figuras da história da imigração alemã. Com seu trabalho e talento administrativo e político, Hillebrand evitou que a colonização alemã simplesmente desmoronasse, tendo em vista todos os problemas de ordem moral e material, promessas não cumpridas em tempo e, nas demarches em que exerceu o papel de intermediário entre o governo e os colonos, mesmo diante de situações muito difíceis, soube unir e conciliar, concorrendo com seus exemplos e sua postura digna, para o melhor andamento dos trabalhos na Colônia Alemã. Foi agraciado com comendas e títulos, todos merecidos, pelo devotamento com que se entregou à causa da colonização alemã. Duas de suas maiores condecorações foram as comendas da Ordem do Rosa e da Ordem de Cristo.

1881

* 7 de janeiro - O vereador Pedro José da Silva Vargas é o presidente da 10ª Câmara de Vereadores.
*10 de janeiro – Começa a circular o jornal Deutsche Post, fundado pelo pastor Wilhelm Rotermund.

1882

* 7 de julho - O sr. Pedro Groth assina contrato com a Prefeitura, comprometendo-se a realizar, duas vezes por semana, o serviço de limpeza da ponte e ruas da cidade, removendo detritos deixados por bois e cavalos, que cruzam o centro diariamente puxando carroças e carretões.

1883

* 7 de janeiro - Solenidade de posse da 11ª Câmara de Vereadores liderada pelo vereador Francisco das Chagas Santos Roxo.
* 3 de março - Fundado o Grupo de Bolão Separat Kegel – Club Orpheus vinculado à Sociedade Orpheu, O grupo foi fundado por J. G. Lemmertz, Henrique Wolffenbüttel, Guilherme Presser, Carlos H. Panitz, Pedro Karst, H. G. Panitz, sendo Sócio Honorário o sr. Carlos Theobaldo Fischer.
*1º de setembro – Rua do Passo passou a ser chamada de Rua Independência.

1885

* 1º de setembro - É fundada a Leopoldenser Turnverein, LTV, com sede na Rua Germania, hoje Rua Brasil. O objetivo foi implantar um clube para a prática da ginástica, sendo seu primeiro presidente, Wilhelm Süffert, o vice Franz Louis Weinmann; os secretários Leo Teichmann e Heinrich Wilhelm Panitz; os tesoureiros Wilhelm Koehler e Jacob Prass; e os guarda-esportes Carl Schüller e Karl Dientsbach; e os instrutores de ginástica Luis Fenerbaum e Daniel Jung. Nascia a Sociedade Ginástica de São Leopoldo.
* 27 de novembro - A Rua do Passo (hoje, Independência) recebe as primeiras placas identificando a rua e numeração dos prédios.

1886

* 20 de maio – Fundação do Sínodo Rio-Grandense, pelo pastor Wilhelm Rotermund.

1887

* 17 de novembro - É empossada a 12ª Câmara de Vereadores, presidida pelo cel. João Schmitt.
*20 de dezembro – A peça "O Salvador" é apresentada no palco da Sociedade Orpheu pelo elenco da Sociedade Thalia Leopoldense, que utiliza a sede orpheusista para encenar seus espetáculos. Grande número de sócios e convidados prestigiam a apresentação natalina.

1888

*13 de maio –Na data da abolição da escravatura, São Leopoldo possuía 54 escravos.
* 21 de maio - A Lei Provincial nº 1155 concedeu autorização para se construir uma estrada de ferro entre São Leopoldo e Conceição do Arroio.

1889

* 15 de novembro - O cel. João Schmitt assume novamente a presidência da Câmara.
* 18 de novembro - A notícia da Proclamação da República, em 15 de novembro, por ato do marechal Deodoro da Fonseca, chega a São Leopoldo, três dias depois.
* 31 de dezembro - A nova organização política do país, tendo em vista a Proclamação da República em 15 de novembro, substitui a Câmara Municipal por uma Junta Municipal, constituída pelo cel. João Schmitt, Ernesto Francisco de Souza e Silva e Carlos Frederico Bier.

1890

* 30 de janeiro - Nesta data, a cidade toma conhecimento oficial da nova Bandeira do Brasil, um exemplar do novo desenho adotado pela República, assim como as armas nacionais de que trata o decreto n 4 de 19 de novembro do ano anterior.
* 22 de fevereiro - Assume o cargo de membro da Câmara Municipal vago com a renúncia do cel. Schmitt, o sr. Guilherme Hoffmann.
* 28 de fevereiro - É criado o distrito de Sapiranga.
* 9 de outubro - Posse da Junta Municipal com cinco membros, presidida pelo ten-cel. Jacob Knerim.
* 15 de novembro - A cidade festeja o primeiro aniversário da Proclamação da República. Por solicitação das autoridades do municípío, todas as casas teriam que ficar iluminadas ao chegar a noite, mas a iluminação pública era ainda precária, composta por apenas 60 lampiões a querosene.

1891

* 16 de maio - Realizada a apuração da primeira eleição realizada no município sob regime republicano.
* 4 de agosto - Foram concluídos os trabalhos de 3.450m2 de calçamento na rua Independência, obra que custou a quantia de 10.374$828.
* 29 de setembro - O Conselho Municipal eleito tem sete membros: Carlos Hennemann (1170 votos), ten.-cel. Jacob Kroeff Filho (1169), major Felipe Bohrer (1169), ten.-cel Manuel José da Silveira (1168), Felipe Matte (1167), major Frederico Kremer (1167) e José Finger (1167).
* 19 de novembro - Comissão Administrativa dos negócios municipais é nomeada pelo governo do Estado, com três membros. Ernesto Souza e Silva é o presidente.
* 1º de dezembro - Posse da Comissão Municipal ocorre na casa de Epifânio Fogaça por estar o prédio oficial guarnecido por força armada em vista de ter sido arrombado na noite anterior.

1892

* 26 de março - Comissão administrativa com três membros é empossada. Carlos Frederico Bier é o presidente, sendo seus integrantes, Guilherme Hoffmann e João Dutra.
* 9 de abril - João Dutra assume a presidência da Comissão Administrativa.
* 25 de junho - Junta Municipal é presidida por Rodrigo José de Figueiredo Sobrinho.
* 27 de junho - Conselho Municipal tem como presidente Jacob Kroeff Filho.
* 4 de julho - Assume o administrador municipal nomeado Felippe Matte.
* 14 de julho - Nomeado Intendente o major Epifânio Fogaça.
* 20 de dezembro - O sr. Luiz Hofmann assume o compromisso de implantar a iluminação pública em São Leopoldo, sendo responsável pelo serviço pelo prazo de um ano. São 20 lampiões novos e manutenção dos 60 antigos. Havia um artigo que obrigava que "os lampiões fossem acesos diariamente, depois de três quartos de hora do ocaso do sol e apagados três quartos de hora antes do nascimento do sol"
* 8 de agosto - O primeiro Intendente nomeado, Epifânio Fogaça, toma posse no cargo.
* 30 de outubro - O sr. Luiz Rodrigues de Mello contratou a instalação de um Centro Telefônico para São Leopoldo e Novo Hamburgo.

1893

* 20 de fevereiro - Foi autorizada uma ligação telefônica para Porto Alegre, feita desde o Centro Telefônico local.

1895

* 30 de agosto - A rede telefônica foi ampliada, sendo ligada a Montenegro, Gravataí e outros municípos.

1896

* 20 de junho – Surge o jornal O Intransigente (em português).
* 7 de setembro - Acontece a primeira eleição constitucional para Intendente do município, sendo vitorioso o major Epifânio Fogaça. Seu adversário foi Ernesto Silva.
* 13 de setembro - Data da fundação da Gesangverein Eintrach (Sociedade de Cantores Concórdia), nome original da Sociedade de Cantores Arroio da Manteiga, por um grupo de 20 pessoas, com a sessão iniciada às 20h30min. sendo eleito primeiro presidente, Joseph Kaplan, assessorado pelo secretário Johann Carl Von Hohendorff, o tesoureiro Heinrich Ebling, o arquivista Wilhelm Heidrich e o regente Franz Kaplan.
* 14 de outubro - É editado pela Câmara de Vereadores, um Código de Posturas, onde um dos principais artigos estabelecia: "os cidadãos leopoldenses devem se portar de acordo com as normas da ética e da moral em público". Outro artigo ditava: "os distintos cavaleiros não devem imprimir grande velocidade aos seus animais, para evitar-se estragos na rua". Havia, porém, uma exceção: era permitida correria a cavalo, se o cavaleiro estivesse à procura de auxílio médico ou em busca de remédios na farmácia.

1898

* 12 de janeiro - Assinado o Ato nº 4, pelo Intendente Epifânio Fogaça, promulgando o Regulamento do Ensino Primário de São Leopoldo.
* 28 de fevereiro - Proclamada a rainha do carnaval da cidade, a jovem Antônia Matte, 15 anos, filha de Felippe e Catarina Matte.
* 12 de maio - Inauguração do monumento Cruzeiro dos Jesuítas que após uma cerimônia foi entregue à Sociedade de Jesus, por Pedro brusque, es-estudante do Colégio Conceição.
* 11 de junho - Uma fortíssima chuva de pedra, algumas pesando mais de dois quilos, atinge São Leopoldo e Novo Hamburgo, destruindo casas e causando pânico na população.

1899

* 28 de janeiro - O Intendente Epifânio Fogaça e seu secretário municipal, Luiz Lourenço Stabel, aprovam a planta da cidade apresentada por Frederico Rieth, propondo dividir parte da área da colônia Spiegelberg, de sua propriedade, em 14 quadras formada pelas ruas Borges de Medeiros, Pinheiro Machado, Antunes Ribas, Thomaz Flores, Ramiro Barcellos (atual João Corrêa, na direção do Morro do Espelho), Epifânio Fogaça, Felipe Matte e Spiegelberg (ex Santo Elias e atual José Bonifácio). É possível concluir ter sido este o primeiro bairro criado na área do Morro do Espelho.
* 27 de maio - Deixa o comando da Intendência, o major Epifânio Fogaça.
* 3 de junho - Assume a Intendência Pedro Ferreira Peres.

1900

* 7 de setembro - Eleição para Intendente e Conselho Municipal.
* 12 de outubro - Posse do Intendente, Capitão Florêncio Câmara.
*10 de novembro – Começa a circular o jornal O Republicano

1901

* 6 de novembro - Assume a Intendência, Luiz Lourenço Stabel.

1902

* 10 de janeiro – O Colégio São Luiz, dirigido pelos maristas e tendo como seu primeiro diretor, o Irmão Vigberto Marx, começa a funcionar no prédio do Ginásio Conceição.
* 11 de março - Posse do Cel. Gaelzer Netto, eleito com 1979 votos.
* 5 de julho – O jornal Correio do Município inicia sua circulação.

1903

* 6 de junho – Líderes da comunidade evangélica debatem a necessidade da construção de um novo prédio para a igreja.
* 15 de agosto – Inaugurada a extensão da linha férrea a Hamburger Berg. Agora, a linha entre a capital e Hamburgo Velho possui 45,50 km
* 24 de setembro – Externato do Ginásio Conceição de São Leopoldo encerra atividades.

1904

* 12 de outubro - Reeleito o Cel. Gaelzer Netto. Posse do Conselho Municipal (9 membros), sendo eleito presidente o major Luiz Bender. Na votação popular, ele fez 2815 votos.
* 22 de dezembro - Criação do distrito de Lomba Grande.
* 30 de dezembro - O Ginásio Conceição possuí um curso ginasial e cursos preparatórios para Farmácia, Odontologia, Agrimensura, Comercial, Belas Artes e Propedêutico de Ensino Primário. Nesta data, entre os formandos, estavam Nereu Ramos (mais tarde, Governador de Santa Catarina e Vice-Presidente da República) e João Neves da Fontoura.

1907

* 27 de novembro - Lançamento da pedra fundamental para a construção da Igreja de Cristo, na rua Osvaldo Aranha.

1908

*1º de janeiro – Leopoldenses que se deslocam para a praia de Tramandaí, cumprem uma longa jornada de dois dias e meio de viagem. Iniciam indo para Porto Alegre, via ferroviária, pernoitando no Hotel Becker, no Caminho Novo. No outro dia, pelas quatro horas da madrugada, chega a diligência, com 15 lugares, puxada por sete cavalos, que toma a direção do litoral. Primeira parada é na Aldeia dos Anjos (hoje, Gravataí) onde é servido um café na casa de um senhor chamado Jaeger, eis que não existe hotel na localidade. O almoço é em Miraguaia. Ao entardecer, a diligência chega em Entrada do Mato, onde os viajantes comem galinhada com arroz e pernoitam. No outro dia, após chegar no local chamado Emboabas, já se avista o hotel Sperb, onde chegam mais tarde, recebidos por uma banda de música. Uma viagem "inesquecível"...
*12 de outubro – O major Luiz Bender, reeleito com 3175 votos, assumiu novamente a presidência do Conselho Municipal.

1909

*2 de janeiro – Circula a última edição do jornal O Arauto Leopoldense, sendo seu diretor, José Moreira de Magalhães.
*9 de janeiro – Primeira edição do jornal O Regimen, que defendia o Partido Republicano. O editor é Hugo Teixeira.
*30 de março – O Pastor Wilhelm Rotermund é reeleito na presidência do Sínodo Rio-Grandense.

1910

* 4 de janeiro – Rezada pelo padre Pedro Dzuibon, reitor do Ginásio Conceição, a primeira missa no Carmelo Senhor dos Passos de São Leopoldo, o terceiro do Rio Grande do Sul.
*21 de março – Começa o plano de arborização da rua Independência.
*12 de outubro – O primeiro automóvel surgiu nas ruas da cidade, despertando grande curiosidade popular. O veículo fabricado pela "Humber" foi importado pelo Intendente Guilherme Gaelzer Neto, ao custo de 10:136$600 rs

1911

* 30 de junho - Obra do primeiro cais, com 169 metros de comprimento, à margem esquerda do Sinos é iniciada.
* 15 de novembro - Inauguração da Igreja Evangélica de Cristo, na rua Osvaldo Aranha (igreja do relógio). O prédio é uma réplica do templo evangélico da pequena cidade de Kreinitz, às margens do rio Elba, na Alemanha e o templo possui o órgão de tração elétrica adquirido na fábrica Steinmeyer na Alemanha.
*15 de novembro – Instituída a OASE (Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas), sob orientação da sra. Marie Rotermund.

1912

*30 de março – O Colégio São Luiz deixa o prédio do Ginásio Conceição e muda-se para sua sede própria, na mesma rua Bento Gonçalves (hoje, sede da CVB).
* 30 de abril - Inaugurada a 1ª Usina Hidrelétrica do Estado, com potência de 200 HP, na Picada 48, território leopoldense, a primeira do gênero no interior do Estado. A obra proporcionou energia elétrica que veio substituir os velhos lampiões e deu novo impulso ao desenvolvimento municipal, pois industrialistas de outras regiões, percebendo as vantagens da força elétrica procuraram instalar suas fábricas em São Leopoldo.
* 17 de julho - Criação do distrito de Sapucaia.
* 25 de setembro - Fundação do São Leopoldo Tênis Clube.
* 12 de outubro - Gaelzer Netto é empossado para seu quarto mandato. O major Luiz Bender, reeleito com 4191 votos, também foi reconduzido à presidência do Conselho Municipal (9 membros).
* 18 de outubro - Reunião com adeptos do esporte hípico (corrida de cavalos) foi realizada no prédio da rua Independência, 45, para fundar uma sociedade com o objetivo de reabrir o antigo prado "Bela Vista". A diretoria escolheu presidente, Jacob Wickert, assessorado pelo vice-presidente, Marcos Moog, secretários Guilherme Doernte e Theodomiro Fonseca, e o tesoureiro Narciso Cunha.
* 30 de outubro - Criação do distrito de Boa Vista do Herval.
* 8 de dezembro - Realizada a primeira festa hípica no Prado Leopoldense. Foram quatro páreos de 600 metros e mais quatro de 1.100 metros com quatro a sete animais em cada páreo, na rodada inicial.

1913

* 13 de maio - Fundação do Colégio Elementar, hoje escola estadual Visconde de São Leopoldo.
*11 de março – O arcebispo Dom João Becker assina documento transferindo de Porto Alegre para São Leopoldo, o Seminário Central. Para cá foram transferidos 27 filósofos e teólogos e mais 108 seminaristas.
* 20 de maio - Os bispos dom João Becker, dom Francisco Barreto, dom Miguel Valverde e dom Hermeto José Pinheiro, chegaram a São Leopoldo, num vagão de gala, para a inauguração do Seminário provincial, mais tarde, chamado de Seminário Central de São Leopoldo. Um dos professores do Seminário era o padre João Baptista Reus, que lecionava Liturgia. Durante mais de 40 anos, figuras notáveis da vida religiosa ali estudaram, como dom Vicente Scherer, dom Jaime de Barros Câmara, dom João Becker, dom Cláudio Colling, dom Ivo Lorscheiter e frei Boaventura Kloppenburg.
* 7 de dezembro - A iluminação elétrica foi instalada em São Leopoldo, pela firma Bromberg & Cia. de Porto Alegre. A usina geradora com o aproveitamento da queda d"água da cascata estava localizada na Picada 48, a 28 km do centro da cidade. Nas ruas, foram 28 lâmpadas de arco voltaico e 184 incandescentes de 60 velas. As instalações em casas particulares e comerciais totalizaram 173 residências.

1914

* 3 de janeiro - A iluminação elétrica chega ao distrito de Novo Hamburgo, com 48 lâmpadas nas ruas centrais.
* 4 de fevereiro - A iluminação elétrica chega a Hamburger Berg, com 47 lâmpadas nas ruas principais.
* 30 de março - Os bondes, com tração animal, tornam-se o principal meio de transporte do centro da cidade. A empresa concessionária do serviço é a Dientsbach & Cia. instalada nesta data, possuia três carros com 15 acentos cada um, partindo de 20 em 20 minutos, desde sete horas da manhã até o anoitecer. Os trilhos iam da igreja matriz seguindo pela rua principal até a Lindolfo Collor, onde partiam duas linhas, uma até a estação férrea, outra na direção do cemitério municipal. Os carros
* 20 de setembro - Fundado o Clube Rio-Grandense.
*25 de outubro – Novo jornal na cidade: A Razão.

1915

*30 de dezembro - Encerrou atividades a linha de bondes com tração animal.

1916

* 12 de outubro - Gabriel Azambuja Fortuna é o Intendente provisório.

1917

* 17 de abril - Os presidentes da Sociedade Orpheu, Germano Lang, e da Sociedade Ginástica, Germano Weinmann, assinaram declaração conjunta diante do Intendente provisório, dr. Gabriel Fortuna, declarando que "em vista da situação criada pela ruptura das relações entre o Brasil e a Alemanha resolveram, para demonstrar o patriotismo que votam à terra brasileira, nacionalizar as duas sociedades e reformar os estatutos das mesmas, de conformidade com as associações congêneres nacionais".
*30 de abril – O pastor Ernst Lindenmann assume a comunidade evangélica.
* 17 de junho - Circula o jornal A Pátria.
* 31 de julho - Posse de Azambuja Fortuna na Intendência, eleito com 3203 votos. No Conselho Municipal (9 membros), foi eleito presidente o cel. Laurindo Paim, que fez 3164 votos nas urnas.
*12 de outubro – Posse do Conselho Municipal, elegendo-se presidente escolhido pelos demais membros, José Carlos Sperb.

1918

* 7 de janeiro - Chegada à cidade dos soldados e oficiais do 30º Batalhão de Infantaria, comandado pelo major Otaviano Augusto Motta. A tropa não possui pavilhão próprio mas ocupa os prédios de números 2, 29 e 47 da rua Brasil, adaptados pelo governo municipal para sediar as Companhias, mesmo que separadas. O interesse público e da sociedade leopoldense era acolher o batalhão, pela integração e importância que tal fato representa para São Leopoldo.
*30 de janeiro – Ao deixar o cargo de Pastor da comunidade evangélica após 48 anos de trabalho, o Pastor Wilhelm Rotermund, que dirige o Sínodo Rio-Grandense há 17 anos, recebe da Universidade de Goettingen, o honroso título de Doutor Honoris Causa, pelos relevantes serviços prestados. O sucessor de Rotermund na comunidade evangélica é o Pastor Ernst Lindemann e no Sínodo Rio-Grandense o Pastor E. K. Gottschald.

1919

* 2 de janeiro - O quartel do 30º Batalhão de Caçadores passa a chamar-se 29º Batalhão de Infantaria.
* 28 de fevereiro - Atendendo a uma circular do Governo do Estado, sugerindo aos Intendentes alteração dos nomes das localidades que homenageavam a Alemanha, o Intendente Gabriel de Azambuja Fortuna, decretou o nome do 2º distrito, Novo Hamburgo e Hamburger Berg, para Borges de Medeiros, político e presidente do estado, que não aceitou a homenagem.
* 10 de novembro - Um abaixo-assinado contendo quase mil assinaturas (exatamente 914) de autoridades e moradores de Novo Hamburgo é entregue ao Intendente indicado, Mansueto Bernardi, queixando-se da mudança do nome para "Borges de Medeiros", exaltando a importância econômica e os já conhecidos nomes Novo Hamburgo e Hamburger Berg, conhecidos nacional e internacionalmente. Cita os prejuízos que o novo nome causa, considerando ainda muitos motivos para o imediato retorno dos nomes originais.
* 11 de novembro - O 29º Batalhão da Infantaria passa a chamar-se 8º Batalhão de Caçadores.
* 12 de novembro - Mansueto Bernardi assume a Intendência, provisoriamente.

1920

* 5 de janeiro - Mansueto Bernardi promulga a Lei nº 3 devolvendo os nomes de Novo Hamburgo e Hamburgo Velho às duas localidades como desejava a população. Os antigos nomes são retomados 10 meses e oito dias após a alteração.
* 14 de fevereiro - Uma campanha realizada pela Intendência, classes produtoras e população, angariou doações para a compra de uma área para sediar o 8º BC. Iniciada em janeiro, teve amplo êxito e nesta data ocorreu a doação de área de 10 hectares ao governo federal, para instalar a unidade militar.
* 20 de março - Fundada a Associação do Comércio e Indústria, sendo seu primeiro presidente, o sr. João Reynaldo Müller.
* 9 de junho - São Leopoldo possui apenas três automóveis, pertencentes, respectivamente, aos senhores Carlos Sperb, Jorge Guilherme Sperb e Oscar Boeckel. Em Novo Hamburgo, distrito leopoldense, são 16 proprietários, segundo comunicado oficial do Intendente provisório, Mansueto Bernardi, em ofício dirigido a autoridade estadual.
* 14 de agosto - O Intendente Mansueto Bernardi assina o Decreto nº 7 criado a Praça da Estação Férrea (hoje, Museu do Trem).
* 12 de outubro - Posse de Mansueto Bernardi, eleito com 1650 votos. No Conselho Municipal, os nove membros reelegeram presidente, José Carlos Sperb, eleito nas urnas com 1639 votos.

1921

* 25 de janeiro - Nasce o jornal O Rio dos Sinos, sendo seu editor, L. M. Normann.
* 21 de junho - Iniciado na cidade, em conferência ministrada no Cine Coliseu pelo Chefe do Posto de Saúde, dr. Galdino Nunes Vieira, o serviço da Comissão Rockefeller, que veio a São Leopoldo, para proceder, de casa em casa, ao recenseamento de todos os moradores, com o objetivo de verificação do grau de verminose, instituindo para cada caso, o tratamento necessário. A campanha da Comissão Rockfeller ficou subordinada à Diretoria de Higiene do Estado.
* 25 de junho - As primeiras medicações a pessoas necessitadas de tratamento de verminose, foram aplicadas pelos 10 guardas-enfermeiros da Comissão Rockefeller, formada por um médico, um microcopista e assessores. Embora o relatório do médico municipal, dr. Frederico Wolffenbüttel, afiançar que população aceitou bem o serviço e o corpo médico aconselhar o tratamento, a campanha obteve repercussão generalizada. Foram inspecionadas 3.572 casas e apenas 12% apresentavam condições sanitárias adequadas, 38% apresentavam defeitos e 49% nem possuíam latrina (hoje, vaso sanitário).
* 9 de julho - O 6º Concerto Instrumental, comemorativo ao terceiro aniversário do Salão Orquestra, dirigido pelo dr. Ernesto Rotermund, foi realizado com grande sucesso na Sociedade Orpheu.
* 8 de novembro - Início da construção dos prédios do quartel do 8º BC.
*12 de dezembro – Um novo jornal chama-se A Época.

1922

*12 de janeiro - Fundação da Sociedade Voluntários, em Feitoria.
* 4 de abril - Visita de Padiá Calógeras, Ministro da Guerra, e do Marechal Rondon.
* 25 de julho - Inaugurado o Conservatório de Música, instituído com apoio do Centro de Cultura Artística do Rio Grande do Sul. O primeiro diretor do Conservatório foi o prof. Licínio Morrisson.
. * 10 de setembro - O atleta leopoldense Willy Seewald, da sociedade Ginástica, sagra-se campeão sulamericano de dardo, no Rio de Janeiro, com a marca de 56m855.
* 22 de setembro - Concluída a obra de estrada de ferro Fazenda São Borja, com ponto inicial na avenida João Corrêa (área, onde hoje situa-se o prédio da Justiça do Trabalho), seguindo até o cruzamento com a Feitoria, seguindo pela avenida São Borja até a área onde hoje está a empresa Klabin, e, após, tomando o rumo da estrada para o Morro do Paula. O objetivo da ferrovia era alcançar a parte mais alta do morro, na pedreira, cuja extração de pedras, era comercializada para a capital.
* 12 de outubro - Existem na cidade, segundo informação da Intendência, 22 automóveis, 14 carros de praça (hoje, táxis), 1.381 carretas particulares, 181 carretas de frete, 44 carroças que vendem hortaliças, três veículos com pipas para água, quatro carretões e um caminhão.
*12 de novembro – Inaugurado o prédio do 8º Batalhão de Caçadores, antes mesmo da data pré-estabelecida para o término da obra, concluída em prazo recorde.

1923

*12 de fevereiro - O Pastor Dr. Ferdinand Schneider é o novo pastor da comunidade evangélica.
*20 de janeiro – Acontece, com grande pompa, o baile de inauguração da ampliação da sede social da Leopoldenser Turnverein (Sociedade Ginástica).
* 10 de março - Circula o primeiro exemplar do jornal Alvor, de circulação semanal.
* 5 de abril - O Intendente Mansueto Bernardi contratou o padre J. Hafkemayer para escrever uma monografia sobre São Leopoldo, pois até esta data a cidade não possui um relato oficial de sua história iniciada em 1824.
* 3 de maio - O quartel do 8º instalou-se oficialmente em seu prédio próprio.
* 28 de maio - Circula a revista bimensal O Pharol.
*11 de setembro – O jornal O União é o novo veículo de comunicação social da cidade.
*20 de outubro – Dois vapores realizam duas viagens semanalmente entre a cidade e a capital. O percurso dura cerca de seis horas.

1924

* 31 de março - Frederico Wolfenbüttel deixa a Intendência, assume o cargo o cel. João Corrêa Ferreira da Silva.
* 25 de julho - O arquiteto alemão Theo Wiedersphan acrescenta enxaiméis ao casarão da Feitoria, em comemoração ao centenário da cidade. Um marco comemorativo foi inaugurado no casarão, contendo a seguinte inscrição: "aqui foi lançada há 100 anos a pedra fundamental da Igreja Evangélica Alemã do Rio Grande do Sul". O prédio foi construído em 1788 para a Feitoria Real do Linho Cânhamo, sendo ocupado pelos primeiros imigrantes em 1824.
*25 de julho – Realizada Exposição Agroindustrial no distrito de Novo Hamburgo, com 220 expositores, apresentando ampla variedade de produtos lá produzidos.
*31 de julho – Dados do município informam que São Leopoldo produz 55% de todos calçados no Estado.
* 7 de setembro - Inauguração do Teatro Independência.
* 20 de setembro - Inauguração festiva do monumento do centenário da cidade, pelo presidente do Estado, Antônio Augusto Borges de Medeiros, na praça às margens do rio, assinalada por grandes festas. A inscrição "Den Väter zum Gedächtnis" (Em memória de nossos antepassados) diz tudo do que significa o reconhecimento da cidade a seus ancestrais. O monumento apresenta em sua face norte, o Visconde de São Leopoldo; na face sul, o colono imigrante; na leste, as efígies de Dom Pedro I e de Dona Leopoldina; e no lado oeste, a efígie do dr. João Daniel Hillebrand.
* 22 de setembro - Novo túmulo acolhe os restos mortais de Hillebrand no cemitério municipal.
* 12 de outubro - O cel. João Corrêa é eleito Intendente com 3073 votos. Leopoldo Hoffmann Filho (nas urnas, 2744 votos) foi escolhido pelos demais oito membros, presidente do Conselho Municipal.
* 25 de dezembro - Realizada com sucesso uma série de corridas de cavalos no Prado, em São Leopoldo.

1925

*11 de janeiro – Fundação da Sociedade de Canto Fazenda São Borja.
*5 de abril - Morre o Pastor Dr. Wilhelm Rotermund, deixando como marca de sua vida e de seu trabalho, uma exemplar e elogiável obra religiosa, cultural e comunitária.
* 15 de maio - Iniciada a obra da Hidráulica Municipal.

1926

*20 de fevereiro - O Seminário da Escola Normal Evangélica, fundado em 1909 com os asilos Pella e Bethânia, à margem do Taquari, é transferido para São Leopoldo, vindo ocupar o prédio da escola, na praça Centenário (hoje, do Imigrante, no prédio atualmente ocupado pela Câmara Municipal).
*12 de maio - O Pastor Wilhelm Wolff assume a direção da comunidade evangélica.
* 9 de agosto - Criação do distrito de Campo Bom.
* 24 de julho - Grande público prestigia apresentação de Opereta Preciosa, no palco do Teatro Independência.
* 5 de dezembro - O cel. João Corrêa Ferreira da Silva procede a inauguração oficial da Hidráulica Municipal, obra contratada com o engenheiro Saturnino de Brito e paga com recursos da Prefeitura. O empreendimento inicia atividades com 674 contribuintes. O antigo sonho da população, cujos primeiros pedidos oficiais ocorreram em dezembro de 1877 com o Intendente Epifânio Fogaça, ao assinar o ato nº 4, e após com Gaelzer Neto em 1907, estava finalmente concretizado.

1927

* 5 de abril - Emancipa-se de São Leopoldo, o distrito de Novo Hamburgo, através de decreto assinado pelo dr. Antônio Augusto Borges de Medeiros, Presidente do Estado.
* 16 de dezembro - Fundação do Clube Recreio Juvenil.
*... – Fundação da Sociedade Leopoldense de Bolão.

1928

* 4 de janeiro - Publicado edital de licitação para a construção do Hospital Centenário, segundo projeto elaborado pelo engenheiro municipal, Rodolpho Laydner Filho.
* 1º de fevereiro - Iniciadas as obras do Hospital Centenário, pelo construtor Jacob Müller, vencedor da licitação para a obra.
*12 de fevereiro - Realizado com grande sucesso o primeiro grande baile de carnaval do Juvenil, na Sociedade Ginástica. O hino oficial do clube foi composto pelo maestro Radamés Gnatalli.
* 16 de março - Morre o Intendente cel. João Corrêa Ferreira da Silva.
* 12 de junho - Assembléia geral extraordinária da Sociedade Orpheu, com presença de 80 associados, elegeu a nova diretoria para o biênio 1928/29, liderada pelo presidente João Reinaldo Müller. O vice-presidente é Frederico Guilherme Schmidt, o secretário é Alfredo Guilherme Gernhardt e o tesoureiro é Arno Nabinger.
* 12 de outubro - Início do governo do Intendente cel. Theodomiro Porto da Fonseca, eleito com 2553 votos. O ato de posse do novo Conselho Municipal foi marcado pela reeleição de seu presidente, José Carlos Sperb (reeleito nas urnas com 2219 votos).
* 13 de outubro - O jornal Deutsche Post encerra atividades após anos de circulação.

1929

* 20 de janeiro - Por decisão do prefeito Theodomiro Fonseca, foi criada uma Escola de Música na cidade, com o objetivo de ensinar, gratuitamente, menores sem recursos financeiros para estudar música. Para economizar gastos, o prefeito solicitou do quartel do 8º BC, instrumental que há mais tempo havia sido doado pela Intendência para a primeira banda de música criada em São Leopoldo. O ten-cel. Randolfo Guasque fez a doação (pistons, contrabaixos, trombones, clarinetes, flautins, caixa surda, pratos e demais instrumentos) que estavam em desuso. O comando da Banda Municipal, com 25 integrantes, foi confiado à competência ao maestro e compositor Leopoldo Vieira. A pequena banda passou a abrilhantar festas e eventos cívicos, tornando-se uma atração da cidade.
* 15 de outubro - Mais uma opereta encenada no Teatro Independência: A Princesa Virtuosa.

1930

* 15 de janeiro - Criação do distrito de Estância Velha.
* 9 de julho - Criação do distrito de Joaneta.
* 25 de julho - O Presidente Getúlio Vargas inaugura a Usina da Toca no interior do município, mais uma obra do governo Theodomiro Fonseca.
*14 de novembro – Dissolvido o Conselho Municipal pelo decreto 19.398
* 26 de novembro - O leopoldense Lindolfo Collor é nomeado ministro do Trabalho pelo Presidente Getúlio Vargas, recebendo grandes homenagens em sua terra natal.
* 3 de dezembro - Theodomiro Porto da Fonseca é nomeado prefeito.
* 13 de dezembro - Primeiro exemplar do jornal O Arauto.
* 15 de dezembro - A Miss Brasil, Yolanda Pereira, faz visita oficial à cidade, sendo hóspede da família Luiz Schmidt. O Orpheu realiza grande baile para recepcioná-la.

1931

*19 de janeiro – Documento apresentado ao Secretário de Obras Públicas do Estado, eng. João Fernandes Moreira, prevendo obras nos rios Sinos, Jacuí, Caí e Camaquã, pelo prazo dos próximos 30 anos e a um custo de 60 mil contos de réis (moeda da época), estipula para o Sinos, projetos de dragagem entre o Porto Carioca e São Leopoldo, onde há uma sucessão de baixios para um calado de 1,20m.
* 15 de fevereiro - O prefeito Theodomiro da Fonseca inaugura o Hospital Centenário, em solenidade prestigiada pelo arcebispo Dom João Becker. O orador oficial é o dr. Frederico Wolffenbüttel, diretor do hospital.
*1º de março – iniciam-se as aulas do Instituto pré-Teológico, com 47 alunos e 36 internos.
* 26 de setembro - Na Noite de São João, opereta apresentada com sucesso no palco do Teatro Independência.
* 7 de novembro - Primeiro exemplar do jornal semanal Gazeta Leopoldense.
* 9 de dezembro - Fundação do Clube Náutico Itapuy.
*29 de dezembro – Solene instalação do Conselho Consultivo Municipal, presidido por George Naamann.

1932

* 15 de fevereiro - Ao completar-se um ano de funcionamento do Hospital Centenário, a sua administração registrou 111 pacientes hospitalizados (46 homens e 65 mulheres). Foram efetuados apenas quatro partos normais.
* 4 de abril - Circula o primeiro exemplar do jornal Correio de São Leopoldo, do Partido Republicano Liberal.
* 13 de setembro - A banda do cruzador alemão Karlsruhe, com 17 músicos, além de 23 marinheiros e cinco oficiais, sendo recepcionados na estação férrea pelo prefeito Theodomiro Fonseca e autoridades, colegiais e público. Um grande desfile é realizado pelas ruas centrais, rumo ao monumento da colonização alemã, onde houve apresentações musicais.
* 10 de outubro - Fundação do Yacht Club, antecessor do Itapuy e do Iguassú.

1933

* 20 de janeiro - A festa comemorativa dos 75 anos da Sociedade Orpheu, tem como orador oficial, o dr. Arthur Ebling. Ele exorta diretoria e associados a apoiarem atividades sócio-culturais e o canto, "poia o trinômio canto, teatro e dança está intimamente ligado á história do Orpheu", disse o orador.
*24 de janeiro – Reaberta a Loja Maçônica Redempção com o nome de Augusta Loja Unificação.
* 12 de outubro - Inaugurado o setor de Isolamento no Hospital Centenário, com 12 quartos, obra construída pela firma Stammel & Kuschick, vencedora da concorrência pública. O novo setor destinou-se ao atendimento a pacientes portadores de doenças contagiosas.
* 31 de dezembro - Criação do distrito de Nova Palmira.

1934

*11 de fevereiro – Inauguração da praça Duque de Caxias, com o busto do patrono do Exército, diante do quartel do hoje 19º BIMtz, com salva de 21 tiros, solenidade prestigiada por grande número de autoridades.
* 1º de maio - Abertura da Exposição Agrícola, Industrial e Avícola de São Leopoldo, homenageando o trabalho da colonização alemã no Rio Grande do Sul, iniciado há 110 anos. A grande exposição aconteceu na Praça 20 de Setembro, em pavilhões de madeira. A solenidade inaugural foi prestigiada pelo general Flores da Cunha, Interventor Federal no Estado, arcebispo Dom João Becker, o Cônsul da Alemanha, Fred Riedl, e grande número de autoridades.
* 1º de maio - Inauguração oficial da primeira estrada de cimento no Estado, trecho entre São Leopoldo e Porto Alegre, obra construída pela Prefeitura de São Leopoldo, numa extensão de 27km e 300 metros, com 5,40m de largura, sendo 3,00m de cimento e mais 1,20m de pedra irregular.
* 1º de maio - Inauguração da Praça Centenário.
* 24 de maio - Inauguração do obelisco em homenagem a Theodomiro Porto da Fonseca, homem público que realizou extraordinária administração no município durante 14 anos. É o único prefeito que teve dois monumentos inaugurados em recohecimento a seu trabalho: uma herma na escadaria da Prefeitura Municipal e o obelisco na Praça do Triângulo.
* 29 de junho - O Dirigível Zeppelin sobrevoa São Leopoldo, em homenagem aos 110 anos da cidade, fato que obteve ampla repercussão. O dirigível rumou para Porto Alegre, seguindo após para Buenos Aires.
* 25 de julho - Na data em que a cidade completou 110 anos, as festividades não aconteceram em virtude de inconclusão de algumas obras que seriam inauguradas. Foram transferidas para setembro.
* 21 de agosto - A Ópera Rigoletto é encenada no Teatro Independência. Sucesso.
* 22 de agosto - Ópera Tosca, apresentada no palco do Teatro Independência, reúne grande público.
* 20 de setembro - Inauguração do monumento ao centenário, na praça de igual nome (Hoje, Praça do Imigrante). Presença do Presidente do Estado, dr. Antonio Augusto Borges de Medeiros, em passeata que iniciou na estação férrea, percorreu as ruas São Miguel (hoje, Lindolfo Collor) e Independência, até a praça. Embora não totalmente concluído, ocorreu a solene inauguração do monumento.
* 21 de setembro - Lançada a pedra fundamental do Hospital Centenário, em solenidade na Praça 20 de Setembro.
* 22 de setembro - Ainda em comemoração aos 110 anos da cidade, foi realizada romaria ao túmulo do cel. João Daniel Hillebrand, com inauguração de seu mausoléu, de mármore de Carrara, homenageando este grande vulto da história da imigração alemã.
*27 de dezembro – Posse do Conselho Consultivo Municipal, sendo eleito presidente o cel. Luiz Lafayette Ribeiro Pinto.

1935

* 29 de julho – Fundado o Círculo Operário Leopoldense pelo padre Leopoldo Brentano S.J. e instalado em prédio próprio, inaugurado pelo fundador e pelo padre Cândido Santini. O COL é a segunda entidade circulista do Rio Grande do Sul.
* 3 de dezembro - Ópera Madame Butterfly, encenada no palco do Teatro Independência.

1936

* 7 de janeiro - Posse dos novos vereadores (nove membros, liderados pelo presidente Germano Hauschild, eleito com 3979 votos).
* 8 de janeiro - Posse do cel. Theodomiro Fonseca, reeleito com 4156 votos, derrotando os candidatos Carlos Corrêa da Silva e Ney Câmara.
* 26 de março - Fundação do Clube Esportivo Aimoré, no bairro Rio dos Sinos, sendo seu primeiro presidente o sr. João Ignácio da Silveira.
* 19 de maio – Lançamento da pedra fundamental do Colégio Sinodal.

1937

*1º de março - O pastor Wilhelm Hilbk assume a comunidade evangélica.
*15 de março – Colégio Sinodal inicia aulas, sob a direção do pastor Rudolfo Saenger.
* 7 de outubro - Grupo de Artilharia sediado na capital, é transferido para São Leopoldo.
*31 de dezembro – O Correio de São Leopoldo tem novo editor – Carlos de Souza Moraes – e o jornal passa a partir desta data "a ser um órgão para defender os interesses de São Leopoldo".

1938

* 5 de fevereiro - Iniciam as atividades da loja Ferragem Feldmann, idealizada pelo comerciante Edgar Feldmann.
* 19 de fevereiro - O Clube Juvenil realiza Grande baile de Gala, no Orpheu. A senhorita Lygia Mohr, rainha do Juvenil, recebeu a coroa de soberana, entregue por Leda Maciel de Almeida, Rainha da Primavera do Rio Grande do Sul.
* 3 de março - Instalação da 1ª residência do DAER no município.
*4 de março – Fundação do GSSGSL (Grêmio dos Subtenente e Sargentos da Guarnição Federal de São Leopoldo).
* 12 de abril - Solenidade marca inauguração dos prédios do quartel do I/6ºRO 105, antigo "dorso", atual 16º GAC/AP.
*19 de junho – O engenheiro Armin Carlos Thorell assume a chefia da Residência do DAER.
* 11 de setembro - Fundação da Associação Rural de São Leopoldo, sendo eleito seu primeiro presidente, o Dr. Victor Crusius.
* 31 de dezembro - A Escola de Música Santa Cecília, fundada pela professora Rosinha de Oliveira, prestadora de assinalados serviços em prol da arte na cidade, realiza exames de música dos seus alunos, no salão do Clube Rio-Grandense. Festa foi prestigiada por altas autoridades e pais dos alunos.

1939

*15 de janeiro – Iniciada obra de abertura da BR-2 em nossa região, atual BR-116.
* 11 de fevereiro - Inauguração solene do monumento em homenagem ao Duque de Caxias.
* 16 de fevereiro - Baile de Gala do Juvenil para a posse de sua nova Rainha, a jovem Magda Nabinger, sucedendo Lygia Mohr.
* 10 de março – Fundado o Grêmio Leopoldense de Letras.
* Inauguração festiva da Praça Daltro Filho, a tradicional praça dos brinquedos.
* 17 de maio - Inauguração da Casa Matriz das Diaconisas, no Morro do Espelho.
* 15 de agosto - Inauguração da Praça Duque de Caxias.
* 13 de novembro - São Leopoldo recebe o quartel da 3ª Companhia de Transmissões, que se aquartela na área da praça 20 de Setembro, na rua Saldanha da Gama.

1940

*10 de janeiro - O professor Gustavo Schreiber funda o Instituto de Ensino Comercial de São Leopoldo, destinado a formar guarda-livros.
* 27 de janeiro - Inauguração do Presídio Municipal.
* 5 de fevereiro - A nova rainha do Clube Juvenil, Marta Blauth, sucedeu a jovem Magda Nabinger, em grande Baile de Gala.
* 15 de julho - Criação da Prontidão de Bombeiros, pela Prefeitura Municipal.
* 19 de setembro - Fundação do Clube Náutico Iguassú.
* 12 de outubro - O presidente Getúlio Vargas, acompanhado por uma caravanas de interventores estaduais – Ademar de Barros, São Paulo; Nereu Ramos, Santa Catarina; João Franco, do Paraná; e Cordeiro de Farias, Rio Grande do Sul), vem à cidade inaugurar o novo prédio da Prefeitura Municipal, cujas obras iniciaram em 26 de junho do ano anterior. Todos recebidos pelo cel. Theodomiro Fonseca e seu secretariado, numa festa marcante para o município.

1941

* 4 de janeiro - O governador Ernesto Dornelles vem à cidade paraninfar a inauguração do prédio do Asilo da Velhice, grande obra assistencial construída pela Prefeitura ao lado do Hospital Centenário, no governo Theodomiro Fonseca.
* 27 de janeiro - Grande incêndio na Agência Ford, localizada na rua São José (hoje, Saldanha da Gama, esquina João Neves, onde situa-se atualmente o Semae), destrói o amplo prédio e uma das paredes cai sobre o tenente José Pereira de Andrade, comandante dos bombeiros, causando sua morte. Mais dois bombeiros ficaram feridos.
* 4 de fevereiro - Fundação do Rotary Clube São Leopoldo, o primeiro clube rotário do município, presidido pelo sr. Frederico Guilherme Schmidt. .
* 3 de abril - Fundação do Aeroclube de São Leopoldo, com campo de pousos e decolagens no bairro Scharlau. A nova entidade iniciou operando apenas com um avião HL-1 emprestado pela Varig.
* 30 de abril - A régua oficial no Sinos marcava 3,10 metros em uma das maiores enchentes que a cidade, com 35 mil habitantes, sofreu. Os danos não foram maiores porque na área periférica existiam poucas casas esparsas.
*30 de abril – Fundação da Sociedade Recreativa Ipiranga (bairro Fião)
* 7 de maio - A enchente teve seu nível maior do rio com 5,10 metros. Somente na área central, mais de mil pessoas flageladas.
* 24 de junho - Fundação da Cruz Vermelha Brasileira, filial de São Leopoldo, sob a presidência da sra. Nair Só Fernandes assessoradapelas sras. Maria Emília de Paula e Iris Schmidt. O prefeito Theodomiro Fonseca e o dr. Parahim Lustoza deram total apoio à iniciativa.
* 10 de julho - Inicia obra para implantar redes de esgotos na cidade, em decisão tomada pelo prefeito Theodomiro Fonseca. Velho sonho dos moradores, o assunto vinha sendo debatido há quase 40 anos, desde o mandato do Intendente provisório, Pedro Ferreira Peres e de Gaelzer Neto em 1902, que desejavam substituir a remoção de materiais fecais depositados em cubos em áreas particulares, substituindo-os por redes de esgotos.
* 31 de dezembro - O governo municipal assinou a escritura de compra da Casa do Imigrante, na Feitoria, adquirindo-a do Sínodo Rio-Grandense e Sociedade União Popular do Rio Grande do Sul. Objetivo foi restaurar o casarão e transformá-lo no Museu Colonial Visconde de São Leopoldo, com acervo da história da imigração alemã.

1942

* 7 de fevereiro - Coroada em Baile de Gala do Clube Juvenil, realizado nos salões do Orpheu, a jovem rainha Eclair Rossi.
* 21 de setembro - Morre o dr. Lindolfo Collor, leopoldense, criador do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e seu primeiro titular, nomeado pelo presidente Vargas.
*5 de dezembro – Fundado o Grêmio Atlético Mauá, em Feitoria.

1943

* 11 de junho - Uma das chuvas mais fortes que caiu sobre a cidade, com pedras que chegavam a pesar dois quilos, provocou grandes estragos.
* 16 de dezembro - Instalada e inaugurada a Biblioteca Pública Olavo Bilac, em seu primeiro prédio, na rua Independência, 752. O ato original de sua criação foi assinado dois anos antes, em 1941.

1944

*27 de janeiro – Nomeado prefeito municipal o dr. Carlos de Souza Moraes, substituindo o cel. Theodomiro Porto da Fonseca, que pediu demissão do cargo.
*12 de outubro - Inaugurado o Patronato Agrícola Visconde de São Leopoldo, em Feitoria Velha, prédio de dois andares, com alojamento e demais dependências, construído pela Prefeitura em área de 412.795m2 junto à área da Casa do Imigrante. A grande obra de assistência social foi erigida "para amparar elevado número de meninos e rapazes sem recursos".
* 19 de novembro - Solenidade do Dia da Bandeira realizada no 8º Batalhão de Caçadores, assinala a homenagem da comunidade aos militares, com a entrega de uma bandeira do Brasil ao quartel, na pessoa do comandante, ten-cel. Francisco Silveira do Prado.
* 27 de novembro - Nomeado prefeito o dr. Carlos de Souza Moraes.

1945

*20 de março – O Patronato Agrícola inicia atividades, sob direção do sr. Atiliano Cezar Rostirola.
*8 de maio – Fundação do Esporte Clube Guarany, no bairro Scharlau, sendo eleito prijeiro presidente, o sr. Henrique Haas.
* 20 de setembro - O escritor leopoldense Clodomir Vianna Moog é eleito para a cadeira nº 4 da , Academia Brasileira de Letras, na sucessão do também gaúcho Alcides Maya.
* 12 de novembro - Assume a prefeitura o dr. Arthur Ebling, substituindo ao dr. Carlos de Souza Moraes.
* 17 de novembro - Vianna Moog é saudado ao ingressar na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, pelo acadêmico Alceu Amoroso Lima.
* 2 de dezembro - Eleito o primeiro deputado pela região do Sinos: C. Englert.

1946

*31 de janeiro – Assume a prefeitura o subprefeito do 2º Distrito, Campo Bom, Pedro Corrêa, substituindo o dr. Arthur Ebling.
* 12 de fevereiro - Nomeado prefeito pelo Interventor Federal no Rio Grande do Sul, o dr. Carlos de Souza Moraes.
* 31 de março - Instalada a Escola de Teologia da IECLB.
* 4 de abril - Circula o jornal O Imparcial.
* 28 de abril - Visita do general Mascarenhas de Moraes, comandante da FEB, a São Leopoldo.
* 14 de julho - Inauguração do monumento em homenagem às Forças Armadas (FEB), na Praça Tiradentes.
* 24 de julho - Realizado o I Congresso de História e Geografia, reunindo escritores e professores, em homenagem ao primeiro centenário do vilamento de São Leopoldo.
* 29 de julho - A realização das tradicionais cavalhadas (torneio eqüestre de origem ibérica) levou grande público até o amplo terreno às margens do Sinos (hoje, diante da Rodoviária). Os cavaleiros cristãos vestiam jaquetas azuis com uma cruz, os mouros vestiam blusa vermelha com uma lua. Eles duelaram, o partido mouro ocupou um castelo que depois foi conquistado pelas forças cristãs, atiraram argolas, realizaram competições e receberam diplomas de participação.

1947

* 30 de junho - O jornal semanal A Notícia, dirigido pelo sr. Eduardo Steimer, e tendo como gerente o sr. Léo Kaiser, começa a circular.
* 3 de julho - Assume a prefeitura o dr. Arthur Ferreira Filho, nomeado para o posto pelo governo do Estado.
* 21 de julho - Morre, aos 79 anos e 11 dias de vida, o padre João Baptista Reus, sacerdote que, em vida, prestou assinalados serviços à igreja católica e a ele foram atribuídas, por fiéis, inúmeras graças alcançadas, salvando vidas e curando enfermidades.
*26 de julho – o dr. João Pereira de Almeida é o novo diretor do jornal Correio de São Leopoldo.
*15 de novembro – Realizada eleição para prefeito, vice-prefeito e Câmara de Vereadores.
*29 de novembro – Assume como gerente do jornal Correio de São Leopoldo, o sr. Libório Müller.
*2 de dezembro – Posse solene na Câmara de Vereadores, sendo eleito seu presidente, o comerciante Emilio Maximiliano Müller (eleito, nas urnas, com 298 votos).
* 8 de dezembro - O dr. Mário Sperb eleito com 9927 votos e empossado prefeito. O vice-prefeito é Othon Blessmann que fez 7231 votos, ambos da ADL. Eles venceram Mário Fonseca (PSD, 3555 votos) e o vice Arthur Ferreira Filho (PSD, 2846 votos), Rudi Matte (PTB) com 1560 votos e o vice Benno Kaefer (PRP) com 1489 votos.
* 29 de dezembro - A nova diretoria da Sociedade Orpheu é eleita, formada pelo presidente Othon Blessmann, vice-presidente Luiz Weinmann, secretários Hélio Minghelli e Darcy Machado, tesoureiros Carlos Bier e Victor Rech.

1948

*13 de janeiro – Esteio desmembra-se do 1º distrito de São Leopoldo, passando à categoria de Vila.
* 5 de novembro - Circula o primeiro exemplar do Correio de São Leopoldo, jornal oficial do município, fundado pelo prefeito Mário Sperb.

1949

*11 de janeiro - Fundação da Sociedade Caça e Tiro São Leopoldo, sendo seu primeiro presidente o sr. Arno Nabinger.
* 26 de março - A cidade ganha uma emissora de rádio com a inauguração da Rádio São Leopoldo, freqüência de 1.530 kilociclos, integrando a Rede de Emissoras Reunidas. Seu primeiro gerente foi o sr. Frederico Arnaldo Balvé.
* 21 de abril - Fundação do Grupo de Bolão Tiradentes, filiado à Sociedade Orpheu. A primeira diretoria do grupo eleugeu presidente o senhor Olímpio Vianna Albrecht, assessorado por Alcides Reis, Paulo Beck, Waldemar Lindenmeyer, Jaime Pereira da Cunha (Charutinho), Arno Nabinger, e Arnaldo Feldmann.
* 10 de julho - Início das atividades do Centro de Formação Profissional Lindolfo Collor, uma escola de aprendizagem industrial, sendo seu primeiro diretor, o professor Nero Faria Leal.
* 9 de novembro - Fundação do Grupo de Bolão Feminino 9 de Novembro, do Orpheu, sendo timoneiras as senhoras Eva Bemvenutti, Auracy Albrecht, Honorina Bemvenutti e Diva Lacroix.

1950

* 22 de junho - Fundada a Sociedade Espírita Amor à Verdade.
*2 de dezembro – Eleito presidente da Câmara, o médico Victor Otto Schmidt, do PSD.
*30 de dezembro – Encerra atividades, após anos de circulação, o jornal Correio do São Leopoldo.

1951

* – Fundação da Sociedade Leopoldense de Orquidófilos
*1º de novembro – Realizada eleição para prefeito e vice-prefeito.
*2 de dezembro – Reeleito para um novo mandato de presidente da Câmara o médico Victor Otto Schmidt, do PSD.
* 31 de dezembro - Posse do prefeito Germano Hauschild (PSD, ) e do vice-prefeito Ignácio Schwertner (PRP). Eles derrotaram nas urnas os candidatos Nelson Rossi e o vice Benno Kaefer (PTB), Othon Blessmann e o vice Carlos Rausch (PL), Ruben Corrêa e o vice Dante Paganelli (UDN), Donário de Oliveira e o vice Julião de Moura (PR) e Ottomar Dillenburg e o vice Eni Silveira (PSB).

1952

* 31 de janeiro de 1952 - Posse do prefeito Germano Hauschild.
* 21 de fevereiro – A Sociedade Literária Antônio Vieira determina a fundação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Cristo Rei, hoje Unisinos. Seu primeiro diretor é o padre Urbano Thiesen.
*4 de março – Fundação do Grêmio dos Subtenentes e Sargentos da Guarnição de São Leopoldo (GSSGSL)
*2 de dezembro – Eleito presidente da Câmara de Vereadores, o sr. Antônio Theobaldo Justo, do PSD.

1953

* 28 de abril - Primeiro exemplar do jornal Folha de São Leopoldo.
* 14 de maio - Instalada oficialmente a Loja Maçônica Inconfidência.
*24 de julho – Henrique Roessler, ecologista de assinalados serviços prestados desde 1944 como Delegado Florestal, recebe homenagem do governo municipal, a medalha de Honra ao Mérito.
*24 de novembro – Início das aulas na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Cristo Rei, instalada no secular prédio do Ginásio Conceição, hoje, sede antiga da Unisinos.
*2 de dezembro – Eleito presidente da Câmara Municipal, o vereador Glodomiro Martins (PSD).

1954

* 8 de fevereiro - Criado pela lei nº 4857, o Colégio Estadual Professor Pedro Schneider, hoje Instituto Educacional Pedro Schneider. O colégio iniciou atividades com 103 anos, dirigidos pelo prof. Lourenço Coleto.
* 21 de fevereiro - Inaugurada a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Cristo Rei, somente para jesuítas. Seu fundador e primeiro diretor é o padre Urbano Thiesen.
* 14 de maio - Fundação da Sociedade Recreativa União, bairro Scharlau, sendo seu primeiro presidente, o sr Frederico Adolfo Müller.
*15 de agosto – Instalado na cidade, o SAMDU (Serviço de Assistência Médica e Domiciliar de Urgência).
* 16 de outubro - A Sociedade Orpheu realiza o seu primeiro Baile de Debutantes, apresentando oficialmente à sociedade leopoldense 15 meninas-moças: Carmensita Justo, Elisabeth Turi Barcellos, Ingke Saft, Janne Lacroix, Maria Denise Luz, Maria Eugênia Masson Duro, Marília Scherer, Marisa Teixeira Faller, Marilda Fontoura Carvalho, Marisa Schwertner, Neury Helena Gall, Nice de Paula Hoffman, Simone Marques Coimbra, Teresinha Celistre e Vera Fialho Blessmann.
*5 de dezembro – Reeleito presidente da Câmara o vereador do PSD, Glodomiro Martins.

1955

* 1º de janeiro – Henrique Luiz Roessler, o primeiro ecologista, funda na cidade a União Protetora da Natureza.
* 28 de fevereiro - São Leopoldo perde de uma só vez, através de Lei estadual, um total de 282 km2 de sua área territorial, com as emancipações políticas dos distritos de Sapiranga (169 km2), Esteio (936km2) e Joaneta (87km2), este último integrando à área do município de Nova Petrópolis.
* 8 de maio - Fundação do CTG Tio Lautério, sendo seu primeiro patrão, o médico e historiador Ramiro Frota Barcelos.
*25 de outubro – Sociedade Esportiva Avaí é fundada no bairro Rio Branco.
* 2 de dezembro - Fundado o Lions SL-Centro, o segundo mais antigo clube leonístico mais antigo do Rio Grande do Sul. O primeiro presidente é João Carlos Foernges.
* 31 de dezembro - Instalada a Matriz São José Operário, no bairro Fião.
* 31 de dezembro - Posse do prefeito Paulo Couto e do vice-prefeito Brasil Comoretto Gall, ambos do PTB. Eles venceram os candidatos Nelson Mogg e o vice João Klauck, do PSD; Julio Villanova e o vice Othon Blessmann (PL).

1956

* 22 de abril - Solenidade oficial de inauguração da Casa Matriz de Diaconisas, da Fundação Irmã Sophie Zink.
*7 de julho – Fundado o Diretório Acadêmico Balduíno Rambo, presidido por Delmar Schneider, na Faculdade de Filosofia.
* 11 de outubro - Circula o jornal Folha de Notícias.
* 18 de novembro - Realizado o primeiro culto na capela da Casa Matriz de Diaconisas, no Morro do Espelho.
*... - O pastor Karl Gottschald Jr. assume a direção do Sínodo Rio-Grandense.

1957

*13 de dezembro – Grande incêndio destrói o prédio do Asilo da Velhice, causando danos materiais e mortes de três idosos.
*1º de dezembro – O vereador Honório Silva (PSD) é eleito presidente da Câmara Municipal.
* 20 de dezembro - Circula a primeira edição do jornal semanal SL, dirigido pelos jornalistas Paulo Sergio Gusmão e Mário Alberto Gusmão.

1958

* 20 de janeiro - Uma grande festa assinala o centenário da Sociedade Orpheu, com a inauguração do novo salão de festas, homenagem a antigos associados e baile animado com a orquesta do maestro Karl Faust. O presidente Othon Blessmann e sua esposa Marieta Fialho Blessmann, junto com a diretoria são os anfitriões do grande evento.
* 26 de janeiro - Encerra-se a programação da semana do centenário da Sociedade Orpheu, que teve vários torneios esportivos, e o grande jantar de confraternização, prestigiado pelo governador do Estado, engenheiro Ildo Meneghetti, pelo prefeito Paulo Couto, altas autoridades e associados.
*28 de janeiro – Iniciada pelo padre Cândido Santini, a construção do santuário Sagrado Coração de Jesus, no bairro Padre Reus.
* 19 de agosto - Fundação do Centro Cultura e Caridade Medianeira, idealização comunitária do ex-frater Guerino Rosa.
* 24 de agosto - Inaugurado o monumento a Getúlio Vargas, diante do prédio do Prefeitura, pelos prefeitos de Porto Alegre, Leonel Brizola, e de São Leopoldo, Paulo Couto, em grande solenidade prestigiada por autoridades, líderes trabalhistas e sindicais, e a comunidade.
* 2 de setembro - Grande festa rotária assinala, na Sociedade Ginástica, a fundação do Rotary SL-Leste. O padrinho é o Rotary São Leopoldo. *1º de dezembro – Vereadora Maria Emilia de Paula (PTB) é eleita presidente da Câmara Municipal.

1959

* 23 de janeiro - Instalada a igreja matriz Nossa Senhora Aparecida, no bairro Scharlau.
* 28 de fevereiro - Posse da prefeita Maria Emilia de Paula. O vereador Honório Silva (PSD) é eleito presidente da Câmara Municipal.
*3 de abril – Fundado o Diretório Acadêmico Fernando Ferrari, presidido pelo engenheiro Arnaldo Prieto, da Faculdade de Economia do Vale do Sinos. O vice-presidente é o aluno Arno Kolberg.
*23 de abril – Início da reconstrução do prédio do Asilo São Francisco, destruído por incêndio em 1957, junto ao Hospital Centenário
* 6 de junho - Outra perda territorial, com a emancipação do distrito de Campo Bom (53lm2), por decisão da Assembléia Legislativa.
* 26 de julho - Inaugurado o prédio do Lar da Menina São José, do Círculo Operário Leopoldense.
*20 de setembro - Fundação do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, em solenidade realizada no Salão Nobre da Prefeitura, prestigiada por autoridades e convidados. O Museu tem representação de 14 municípios da região, todos pertencentes à área da antiga Colônia Alemã de São Leopoldo.
* 20 de outubro - Fundação do Lions Clube 25 de Julho, presidido por Carlos Pereira Marques, pelo clube padrinho, o Lions São Leopoldo.
* 19 de novembro - Sessão do Conselho Deliberativo do Museu Histórico elegeu sua primeira diretoria, liderada pelo presidente Germano Moehlecke; vice-presidente, padre Balduíno Rambo; 1º secretário, Kurt Schmeling; 2º secretário, Genil Ruperti; 1º tesoureiro, Emíio M. Müller; 2º tesoureiro, Alfredo marotzki; e diretor, Telmo Lauro Müller
* 13 de dezembro - O C.E. Aimoré sagra-se vice-campeão estadual de futebol profissional.
*31 de dezembro – Posse do prefeito Siegbert Saft, da Aliança Leopoldense, com 8914 votos e do vice-prefeito Glodomiro Martins (Coligação Popular Leopoldense, formada pelo PTB, PSD, PRP, PSP e PR), com 7492 votos. Saft venceu Brasil Gall, que fez 5428 votos. O vice de Saft (Celestino Coutinho, 6367 votos, perdeu a eleição para Glodomiro, que foi companheiro de chapa de Brasil Gall).

1960

* 1º de janeiro - Mais cinco distritos leopoldenses ganham emancipação política; Dois irmãos (311 km2) formado por Dois Irmãos, Morro Reuter e Santa Maria do Herval; e Estância Velha, formado com Ivoti (255,5km2).
* 21 de abril – Reunião com prefeitos de cidades regionais no Orpheu, por idéia dos jornalistas Paulo Sergio Gusmão e Mário Alberto Gusmão, diretores dos jornais SL e NH, começa a dar origem à Associação de Municípios do Vale do Rio dos Sinos (AMVRS).
*21 de maio – Pelo decreto estadual 11.344, o Patronato Agrícola passa a denominar-se Escola Técnica Rural Visconde de São Leopoldo.
*23 de maio – Uma Declaração de Princípios, formalizada por prefeitos dos municípios de Campo Bom, Canoas, Dois Irmãos, Estância Velha, Novo Hamburgo, Portão, Rolante, Santo Antônio da Patrulha, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul, e Três Coroas, funda oficialmente a AMVRS. Entidade tem como idéia básica, fortalecer as reivindicações das cidades regionais aos governos estadual e federal. Reunião oficial aconteceu em São Leopoldo.
* 11 de julho - Instalada a primeira sede do Museu Histórico de São Leopoldo, em pequena sala no prédio da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Cristo Rei, cedida pelos jesuítas.
* 25 de julho - O Museu Histórico realiza sua primeira exposição, alusiva ao Dia do Colono, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal.
*26 de julho – O Banco de Olhos, sob direção da sra. Eclair Rossi Couto, é instalado na cidade.
* 25 de dezembro - Inaugurada a Matriz Santa Catarina, no bairro Rio Branco.

1961

*.... – Morre, aos 56 anos de idade, o padre Balduíno Rambo S. J. Professor da UFRGS e da Unisinos, escritor, ecologista, orador, um dos maiores incentivadores para a criação do Parque Zoológico, fundador do Herbário Anchieta e co-fundador do instituto Anchietano de Pesquisas. Rambo escreveu obras importantes, uma das quais – A Fisionomia do Rio Grande do Sul – foi considerada uma das cinco mais representativas para a literatura gaúcha. Considerado o Pai da Antropologia sulina.
* 26 de março - Inauguração festiva do novo estádio do C.E. Aimoré no bairro Cristo Rei, em tarde de gala para o esporte gaúcho, presença de um público calculado em cerca de 20 mil pessoas e vitória do Aimoré (1x0) sobre o Internacional.
* 4 de maio - Rotary São Leopoldo inaugura monumento às Mães, na Praça Daltro Filho (Praça dos brinquedos).
* 6 de julho - Circula o primeiro exemplar do jornal semanal O Capilé, idealizado pelo advogado Dietrich Hilbk.
* 25 de julho - O Museu Histórico recebeu do governo municipal, em solenidade realizada no Salão Nobre da Prefeitura, o prédio da rua Independência, 111, esquina com a avenida Dom João Becker, para ali instalar sua sede.
* 14 de novembro - Instalação oficial do município de Sapucaia do Sul (61km2), emancipado em agosto do mesmo ano, através de consulta plebiscitária, quando a maioria de seu moradores acatou a decisão.
*12 de dezembro – O jornal O Capilé, sem maior apoio comunitário, encerra atividades.

1962

*1º de março – O padre Arno Maldaner S. J. é eleito diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Cristo Rei.
*1º de maio – Pronto Socorro Particular, dirigido pelo médico Guilherme Basile, inicia atividades
*13 de maio – Sociedade Recreativa e Cultural Rio Branco é fundada no bairro de igual nome.
* 25 de julho - Inaugurada, às 14 horas, a nova Estação Rodoviária Germano Hauschild, pelos prefeitos Siegbert Saft (SL) e José Loureiro da Silva (Porto Alegre). O orador oficial em nome do município é o senhor Othon Blessmann.
*31 de dezembro – A economia de São Leopoldo vive fase de prosperidade e desenvolvimento e apenas alguns dados registram 605 casas de comércio, o setor metalúrgica responde por 2/5 da receita industrial, há 761 propriedades rurais, rodam na cidade 1251 automóveis, 81 ônibus, 142 motociclos e 24 jipes.

1963

*29 de janeiro – Instalada no km 27 da BR-2 (hoje, BR-116) em Scharlau, junto ao posto da Polícia Rodoviária Federal, a primeira balança rodoviária do Rio Grande do Sul.
* 24 de fevereiro - Inaugurada a igreja Santo Inácio no antigo bairro Rio dos Sinos.
*10 de maio – O padre Orlando Allgayer é nomeado vigário da paróquia da Conceição.
* 10 de junho - Fundação do Orbis Clube São Leopoldo.
*12 de setembro – A FEURS elege representação regional no Vale do Sinos, sendo eleito seu presidente, o jovem Sifredo Schiller e os dois vice-presidentes, Nelso Moehlecke e Aldo Bernd.
* 9 de outubro - A Lei estadual nº 4.579 emancipa o distrito de Portão e com esta decisão São Leopoldo perde mais 15km2 de sua antes extensa área territorial.
* 17 de dezembro - Criação do NPOR, no 19º BIMtz.
* 31 de dezembro - Posse do prefeito Glodomiro Martins (ADP, com 8113 votos) e do vice-prefeito Antônio Carlos Rosa Flores (MTR, 7065 votos), que venceram os candidatos Olímpio Albrecht (PTB, 6342 votos) e Wolmy Almeida Reis (PTB, 6815 votos). Donário de Oliveira (PSP, 562 votos) e Eduardo Steimer (PSP, 692 votos) obtiveram o terceiro lugar na votação.

1964

* 31 de janeiro - Posse do prefeito Glodomiro Martins e do vice-prefeito Antônio Carlos Rosa Flores (ADP).
* 13 de maio - Surge a primeira Escola Integrada do Estado, no bairro Cristo Rei. A escola é dirigida pela prof. Marisa Teixeira Faller.
* 19 de junho - Circula a primeira edição do jornal semanal Vale do Sinos, com 12 páginas.
* 3 de julho - Um número alentador para a educação e cultura: São Leopoldo registra índice de escolaridade de 83,4% considerado excelente.
* 21 de novembro - Fundação oficial e solene do Lions SL-Scharlau, na Sociedade União. O clube padrinho é o Lions SL-25 de Julho e o primeiro presidente é o empresário Aury Klein.
* 11 de dezembro - I Festa Nacional da Orquídea é realizada no prédio do Colégio São Luís.
* 12 de dezembro - Instalado o capítulo da Câmara Júnior de São Leopoldo, sendo seu primeiro presidente, o sr. Anilson Stumpf.
* 31 de dezembro - A Lei Municipal 1317 institui o COMTUR (Conselho Municipal de Turismo) na cidade. O primeiro presidente é Germano Oscar Moehlecke.

1965

* 24 de março - Morre, aos 86 anos de idade, o cel. Theodomiro Porto da Fonseca, Intendente e prefeito durante mais de 15 anos, mais tarde eleito deputado federal, ele foi, em vida, um dos maiores administradores do município e realizador de obras importantes que projetaram o grande desenvolvimento de São Leopoldo.
* 8 de abril - Instalação solene do COMTUR.
* 9 de junho - Fundado o Clube de Diretores Lojistas.
* 17 de junho - Viaja para Foz do Iguaçu em avião Douglas DC 3, da Varig, e após em ônibus até Assunção, a delegação leopoldense que realizou a I Exposição de Produtos Manufaturados em São Leopoldo no Paraguai. Um total de 24 empresas expôs seus produtos, durante oito dias, abrindo a janela para da exportação para o exterior.
* 20 de junho - Inaugurada a I Exposição de Produtos Leopoldenses no Paraguai, prestigiada pelo presidente Alfredo Stroessner e a presença da delegação leopoldense, liderada pelo prefeito Glodomiro Martins e pelo presidente da Acis, Juan Carlos Martinez, um grupo de 24 empresários, e pelos jornalistas Ribeiro Pires (Correio do Povo e Folha da Tarde) e Marcos Netto, da Zero Hora.
* 10 de julho - Data em que começou a circular a revista RUA GRANDE. A cidade tinha 61.938 habitantes, cerca de 200 fábricas e 354 aparelhos de telefone a magneto.
* 14 de agosto - O 19º BIMtz forma sua primeira turma do NPOR (Núcleo Preparatório de Oficiais da Reserva), em grande solenidade militar.
* 22 de agosto - O rio dos Sinos atinge seu nível mais alto (6m48) e causa uma de suas maiores enchentes, alagando 61% da área da cidade, causando sete mil flagelados, cinco pessoas mortas e inundando as áreas de 57 empresas e cerca de cinco mil residências e casas comerciais. A população viveu momentos de angústia e medo, a Câmara Municipal manteve-se em sessão permanente, aulas foram suspensas, bairros e vilas inteiramente alagados, romaria de flagelados caminhava às margens da BR-116 em direção a abrigos e casas de parentes, a Rádio São Leopoldo manteve-se no ar com sucessivos avisos de utilidade pública e orientando a população até a madrugada quando seus transmissores também foram alagados. No prédio do Visconde e Colégio Pedro Schneider, foi instalada a Comissão Central de Atendimento, coordenada pelo Exército, na pessoa do major Enio Coelho, do quartel de artilharia. Botes de unidades do Exército chegaram da capital pelo Sinos para operações de salvamento, grande parte da área alagada ficou sem energia, empresas tiveram suas sedes e máquinas danificadas, animais mugindo desciam o rio levados pela forte correnteza. Moradores subiram aos telhados de suas casas pedindo ajuda, formou-se um imenso mutirão de solidariedade e de campanhas de agasalho e atendimento médico a centenas de pessoas. O alfaiate Pedro Ervino Hensel foi um dos que vendo sua casa ser fortemenete alagada sofreu um infarto, vindo a falecer. Foram momentos de temor em torno do drama que a cidade viveu O governador Ildo Meneghetti veio pessoalmente á cidade com o secretário de Habitação, Arnaldo Prieto, determinando imediato apoio oficial de secretarias e organismos públicos, acompanhando de perto o trabalho do Exército, Brigada Militar, bombeiros, entidades e instituições em auxílio à comunidade atingida pela forte enchente. O general Muniz de Aragão, comandante da 6ª D.I. veio à cidade prestar sua solidariedade e acompanhar o trabalho prestado pelo Exército. O município teve consideráveis prejuízos pelos danos sofridos, perda de produção industrial e danos em equipamentos de muitas empresas, entre as quais, as mais atingidas pelas águas foram a Rubem Winter, Arplac, Enói e Inoré (calçados), Borbonite (borracha), Weinmann (bebidas), Cerâmica Alváro Santos, Seewald e Indústria Química Sul-riograndense, além de dezenas de pequenas empresas, oficinas e lojas, todos com elevados prejuízos comerciais, calculados em cerca de Cr$ 4 bilhões (moeda da época).
* 21 de setembro - As águas do Sinos continuam baixando lentamente e a comunidade, aos poucos, vai mostrando sinais de recuperação.
* 3 de outubro - Fundado o Cine Foto Clube de São Leopoldo.
* 6 de novembro - Sociedade Ginástica inaugura sua nova sede social esportiva.
* 12 de novembro - O vereador Henrique Prieto é eleito Presidente da Câmara Municipal.
* 11 de novembro - O Presidente da República, Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco é declarado Cidadão Leopoldense por ato da Cãmara Municipal.

1966

* 15 de janeiro - O quartel da III Companhia de Transmissões transfere-se da Praça 20 de Setembro para a cidade de Rio Negro, no Paraná.
* 19 de abril - Fundado pelo professor Arnildo Hoppen e rotariano Jurgen Ave, o Interact Clube, liderado pelo estudante Carlos Oscar Uebel, no Colégio Sinodal.
* 10 de março - A Escola Normal Evangélica muda-se para a cidade de Ivoti.
* 2 de maio - Lançada na cidade a campanha pró telefones automáticos, com apoio da prefeitura e entidades, sendo presidente da Comissão Comunitária, o empresário Élio Grisa.
* 30 de julho - O Governador Ildo Meneghetti e o secretário do Trabalho, Arnaldo Prieto, inauguram o Centro de Saúde, a Escola Frederico Guilherme Schmidt (construída pela comunidade) e o primeiro núcleo habitacional de moradias populares (35 casas) na Vila Esperança.
* 15 de agosto - Fundado o Rotary Clube de São Leopoldo Sul, sendo eleito seu primeiro presidente o sr. Carlos Froner,. O clube padrinho é o Rotary SL-Leste.
* 29 de novembro - Morre em Novo Hamburgo, aos 84 anos, o escritor Leopoldo Petry, autor de várias e importantes obras sobre a imigração alemã na região.

1967

* 13 de fevereiro - Entra em vigor uma nova moeda brasileira, o Cruzeiro Novo.
* 3 de junho - A jovem Teresinha Weiss, de São Borja, é eleita Miss RGS 1967, em grande festa dos Diários Associados, realizada na Sociedade Orpheu. Os mestres do cerimonial foram Bibi Ferreira e Enio Rockenbach. Shelka Coimbra, de São Leopoldo, obteve o segundo lugar. Foi o maior concurso de beleza realizado na cidade.
* 8 de agosto - Grande enchente no município.
* 15 de agosto - Fundação do Rotary SL-Sul, tendo como padrinho o Rotary SL-Leste. Grande jantar festivo na Sociedade Ginástica assinala o evento rotário.
* 2 de setembro - Uma equipe de técnicos alemães, chefiada pelo dr. Otfried Schneider, chega a São Leopoldo, para iniciar estudos técnicos para as esperadas obras dos diques de proteção à cidade.

1968

* 28 de janeiro - Homero Kuplich é escolhido Rei Momo no grande carnaval leopoldense.
* 22 de fevereiro - O bloco Os Dragões, filiado à Sociedade Ginástica, conquista o bicampeonato estadual do carnaval, na capital.
* 21 de julho - O Governo Municipal concede o título de Cidadania Leopoldense post-mortem ao padre João Baptista Reus, em projeto de lei de autoria do vereador Henrique Prieto, da Arena, e sancionado pelo prefeito Glodomiro Martins. A entrega do título ao representante da Companhia de Jesus foi feita no Santuário Sagrado Coração de Jesus, diante de três mil fiéis.
* 24 de julho - O Cine Foto Clube São Leopoldo realiza o I Salão Nacional de Arte Fotográfica, no pavilhão do Grupo Escolar Visconde de São Leopoldo.

1969

* 31 de janeiro - Posse do prefeito Olímpio Albrecht e do vice-prefeito Manoel Luiz Nunes, ambos do MDB, eleitos com 8460 votos, em sublegenda com os votos de Paulo Couto e Armando Eggers (3248 votos), totalizando 11.708 votos do MDB, contra 7753 votos da Arena, concedidos a Siegbert Saft e Paulo Schreinert (6885), Donário de Oliveira e Carlos Azambuja (726) e Ignácio Schwertner e Adelino ferraz (142 votos).
* 5 de fevereiro - Novo Rei Momo da cidade chama-se Carlos Cândido Corrêa.
* 10 de fevereiro - A leopoldense Márcia Fumagalli conquista o título de 1ª Princesa das Piscinas do RS.
* 22 de fevereiro - Inauguração oficial da sede própria do Banco do Brasil na rua Independência esquina Osvaldo Aranha.
* 16 de março - O ministro Tarso Dutra e o governador Walter Peracchi Barcellos inauguram o prédio próprio do Instituto Concórdia, em solenidade oficial prestigiada por grande público.
* 5 de abril - O leopoldense Carlos Oscar Uebel, diretor regional e promotor do torneio cultural "Orbis pergunta ao estudante" é eleito presidente internacional de Orbis Clube, com jurisdição para a América do Sul., no congresso realizado em Fortaleza.
* 4 de junho - A leopoldense Márcia Fumagalli conquista o vice Miss RGS em Bagé.
* 4 de julho - A cidade recebe em festas a visita do presidente Arthur da Costa e Silva, que veio dar início oficial a sonhada obra de duplicação da antiga BR-2 (BR-116) no trecho São Leopoldo-Estância Velha.
* 20 de julho - Neste dia o homem pôs o pé na lua numa fantástica viagem espacial e RUA GRANDE acompanhou o fato, destacando em Suplemento Especial, dados pesquisados pelo vereador Henrique Prieto sobre o tempo que levaria um homem, partindo de São Leopoldo, a pé, de carro ou de avião, para chegar ao satélite natural da terra. Caso existisse uma estrada daqui à lua, considerando-se o ponto lunar mais próximo da terra, segundo sua órbita elíptica, que é de 356.550km, um homem caminhando em média 5km/h, sairia da Praça do Imigrante, às margens do Sinos, e chegaria à lua, sete anos e 362 dias depois. Se fosse de carro, o motorista, viajando noite e dia sem parar, na média de 100 km/h estaria desembarcando no satélite natural, 145 dias e 20 horas depois. Finalmente, em avião a jato, velocidade média de mil km/h, o tempo da viagem seria de 14 dias e 14 horas. A reportagem obteve ampla repercussão pela singularidade dos dados apresentados.
* 31 de julho - Assinado pelo presidente Arthur da Costa e Silva e pelo ministro da Educação, Tarso Dutra, o decreto nº 722 do MEC (Ministério da Educação e Cultura) que criou a Universidade do Vale do Rio dos Sinos. A data é comemorativa a Santo Inácio de Loyola, fundador da Ordem dos Jesuítas. Notícia é recebida com grande júbilo em toda a comunidade.
* 10 de dezembro - Instalação oficial da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, em solenidade prestigiada por altas autoridades, no pátio do antigo Colégio Conceição, entre as quais, o Governador Walter Peracchi Barcellos e o deputado Arnaldo Prieto, um dos maiores incentivadores para a criação da Unisinos, representante do ministro da Educação, Tarso Dutra. Na mesa oficial do ato de instalação da Unisinos também estava o ministro da Educação, Nei Braga. O coral Balduíno Rambo regido por Odilo Heissler entoa o Laudeamos e a banda do 3º BPM executou o hino nacional. Às 20h14 desse dia, São Leopoldo tornava-se uma cidade universitária. O primeiro reitor foi o padre João Oscar Nedel SJ.
* 19 de dezembro - Câmara de Vereadores rejeita Projeto de lei do Executivo que doava área da Praça 20 de Setembro para o III BPM. Outras áreas foram propostas, mas o batalhão foi para Novo Hamburgo.

1970

* 23 de fevereiro - Mário Andreazza, Ministro dos Transportes inspeciona obras de duplicação da BR-116 São Leopoldo-Estância Velha.
* 20 de março - Associação Comercial e Industrial completa 50 anos de existência.
* 5 de abril - O cardeal Vicente Scherer preside missa que assinala inauguração completa da igreja e do santuário Sagrado Coração de Jesus.
* 12 de abril - O padre/jornalista Miron Stoffels, da Unisinos, reza sua primeira missa na igreja de sua terra natal, Feliz.
* 21 de junho - Uma grande festa na cidade assinala a comemoração da conquista do tricampenato mundial pela Seleção do Brasil. Hora e meia após a partida, leitores recebem exemplares da edição extra de RUA GRANDE, alusiva à grande conquista brasileira no México.
* 19 de setembro - O ministro da Educação, cel. Jarbas Passarinho, visita a cidade e profere conferência na Unisinos.
* 9 de outubro - O atleta leopoldense Celso Morbach sagra-se campeão brasileiro de ginástica, representando a Sociedade Ginástica e o município.
* 21 de outubro - O ministro do Trabalho, Júlio Barata, inaugura a sala da DRT/São Leopoldo, no andar térreo do prédio da Prefeitura.
* 8 de dezembro - Concedida pelo governo municipal a cidadania post-morten ao padre João Batista Reus, segundo projeto de lei do vereador Henrique Prieto. A solenidade ocorreu no santuário Sagrado Coração de Jesus.
* ????????????? - A Unisinos passa a contar com mais um setor de pesquisas avançadas, o Cedope (Centro de Documentação e Pesquisa), fundado por um grupo de pesquisadores, entre os quais, o padre Roque Lauchsner.

1971

* 24 de fevereiro - O bloco Os Cobras, filiado ao Orpheu, com 150 figurantes e tendo como solista o cantor Caubi Peixoto, conquistam na capital o tricampeonato estadual do carnaval de Porto Alegre. Uma grande festa na cidade. * 11 de novembro - Circula o primeiro exemplar do jornal semanal Vale do Sinos. * 30 de dezembro - Lei municipal sancionada pelo prefeito Olímpio Albrecht cria o SEMAE.

1972

* 20 de fevereiro - O cantor Agnaldo Rayol é o solista do bloco Os Cobras, campeão do carnaval gaúcho.
* 5 de abril - O ministro dos Transportes, Mário Andreazza, o vice-governador Edmar Fetter, e autoridades, inauguram a duplicação da BR-116 entre a ponte sobre o Sinos e o aceso à Estância velha (trecho de 17 kms).
* 22 de abril - Solenidade assinalada ato inaugural dos diques de proteção à cidade, na margem esquerda do Sinos, com presenças do ministro Mário Andreazza e do governador Amaral de Souza.
* 3 de maio - O médico e historiador Dr. Ramiro Frota Barcelos assume a presidência da Academia Rio-Grandense de Letras.
* 20 de julho - A mostra fotográfica "O Milagre do Vale", de autoria de Henrique Prieto, é visitada por 15 mil pessoas.
* 30 de agosto - Mário Carlet, da firma Amadeo Rossi, eleito Operário Padrão do RS.
* 7 de setembro - Grandes festejos cívicos assinalam o sesquicentenário da Independência do Brasil, com grande solenidade diante da Prefeitura Municipal.
* 31 de outubro - Está concluída a obra do viaduto de acesso à cidade na BR-116.
* 15 de novembro - Cinco candidatos a prefeito – Henrique Prieto, Siegbert Saft e Glodomiro Martins, pela Arena; e Manoel Nunes e Armínio von Hohendorff, pelo MDB – concorrem á Prefeitura, com vitória de Prieto (vice, Honório Silva), com 4894 votos em sublegenda com Glodomiro e Germano Moehlecke (4452) e Siegbert Saft e Guerino Roso (3402), totalizando 12748 votos arenistas, partido que ganhou o pleito contra os candidatos do MDB, Manoel Nunes e vice Carlos Justo (9835) e Armínio von Hohendorff e Alfeu Kehl (1327), somando 11162 votos. São 29.452 eleitores e 66 candidatos à Câmara, dos quais, 17 foram eleitos.
* 31 de dezembro - Inaugurado o primeiro trevo rodoviário do Vale do Sinos, no acesso à BR-116, em São Leopoldo.

1973

* 23 de janeiro - Entram em funcionamento os primeiros mil aparelhos de telefones automáticos da cidade, fato festejado com júbilo na comunidade. A vitoriosa campanha comunitária pró-telefones automáticos foi liderada pelo prefeito Olímpio Albrecht, ACI e sindicatos patronais e de trabalhadores.
* 31 de janeiro - Posse do prefeito Henrique da Costa Prieto e do vice-prefeito Honório Silva.
* 9 de fevereiro - O leopoldense Eloy José da Rocha toma posse como Presidente do Supremo Tribunal Federal, em Brasília.
* 30 de abril - A cidade começou a discar em telefones automáticos, com o início de operações da CRT (mil telefones), representando velho sonho comunitário.
* 13 de maio - O tradicional G.E. Visconde de São Leopoldo realiza grande festa para comemorar seus 60 anos.
* 13 de junho - Aberta a avenida Unisinos, com 2,5 km de extensão, com traçado original redesenhado para permitir a instalação do futuro câmpus universitário.
* 23 de julho - Visita do ministro Eloy José da Rocha, presidente do Supremo Tribunal Federal, à cidade.
* 8 de agosto - Começa na cidade a coleta do lixo em sacos plásticos.
* 13 de setembro - O prefeito Henrique Prieto assina o Decreto nº 686, constituindo a Comissão Municipal dos Festejos do Sesquicentenário da Imigração Alemã, a ocorree em 25 de julho de 1974. Presidente, Germano Moehlecke; Vice-presidente, prof. Tarcilo Lawisch; secretário-tesoureiro, prof. Theo Kleine; Presidentes das Sub-Comissões: Assuntos Históricos e Culturais, prof. Telmo Lauro Müller, com o assesoramento e colaboração do dr. Guilherme Rotermund, prof. Terezinha Groth, prof. Arnildo Hoppen, padre Theobaldo frantz, dr. Carlos de Souza Moraes. Dr; Ramiro Frota Barcellos e prof. Yedda Rieth; Festividades, Wilson Szeckir; Relações Públicas, Roberto Dörnte; Social, Othon Blessmann; Festas Populares, Hélio Bemvenutti; Esportes, prof. Edson Bemvenutti. A Câmara Municipal designou os vereadores Arnildo Hoppen, Octávio Pedro da Silva, Vanderlei Tomasi, Ronaldo Ribas e Guido von Esenvein, para assessoria. Os serviços de Secretaria, Brigitte Seewald e Mariza Rossi.
* 29 de setembro - O cantor Roberto Carlos vem a primeira vez à cidade, realizando aplaudido show no salão de festas da Sociedade União, bairro Scharlau. O "rei" foi contratado pelo presidente da SRU, Selvino Bühler e sua diretoria.
* 13 de outubro - Noite de Arte realizada pelo departamento artístico cultural da Sociedade Ginástica, encanta o grande público, com aplaudidas apresentações de arte, música e dança, a cargo dos professores Lia Bier, Harry Wieck, Rejane Rothmann, e Rita Aigner, Ana Cecília Reckziegel e Rosemarie Drechsler.
*1º de outubro – Aumenta de 15 para 17 o número de cadeiras no legislativo leopoldense.

1974

* 1º de janeiro - Assume a reitoria da Unisinos, o padre Theobaldo Frantz.
* 30 de janeiro - Lançado em "O Sobrado" (casa de chope, na época), o concurso de projetos para o Monumento ao Sesquicentenário da Imigração Alemã.
* 24 de fevereiro - O bloco Os Cobras, sagra-se tri-campeão estadual de carnaval, em Porto Alegre.
* 15 de março - Assume o Ministério do Trabalho, o eng. Arnaldo da Costa Prieto, nomeado pelo Presidente Ernesto Geisel.
* 30 de março - Realizados concursos de redação em todas as escolas leopoldenses com o tema do Sesquicentenário da Imigração Alemã.
* 1º de abril - Seis painéis foram colocados em diversos locais da BR116, convidando para a grande festa do Sesquicentenário. Dez mil decalques sobre a data da festa foram colocados em automóveis, através de escoteiros e funcionários de postos de combustíveis.
* 2 de maio - Enormes estandartes (hoje, baners) de pano verde, com o símbolo do Sesquicentenário, foram colocados em pontos estratégicos da cidade.
* 3 de maio - Lançamento oficial para o Brasil da coleção de cinco selos denominada Etnia Brasileira, em solenidade no Salão Nobre da Prefeitura, objetivando homenagear as cinco correntes imigratórias.
* 9 de maio - Festa junto ao monumento na Praça do Imigrante, homenageou os 200 anos de nascimento de José Feliciano Fernandes Pinheiro, o Visconde de São Leopoldo.
* 17 de maio - Em festiva tarde de chá realizada no Centro Evangélico, foi prestada homenagem à Mãe Teuto-Brasileira mais idosa, sra. Ida Christmann Schuck, com 99 anos.
* 31 de maio - Primeira visita oficial do ministro Arnaldo Prieto à sua cidade, São Leopoldo, recebido por carinhosa manifestação popular.
* 15 de junho - Todos funcionários de lojas comerciais começaram a usar crachás de boas-vindas a São Leopoldo, para as festas do Sesqui. Um total de 1.500 bandeirolas de plástico foram afixadas em postes da rede de iluminação pública, motivando a comunidade para a festa.
* 30 de junho - A Câmara Júnior, capítulo de São Leopoldo, coordenou a Gincana do Sesquicentenário, recebendo centenas de mensagens enviadas por municípios gaúchos para São Leopoldo, incentivando visitas à cidade.
* 1º de julho - Vitrines das lojas comerciais apresentavam decorações alusivas á grande data.
* 14 de julho - Inauguração do I Salão Internacional de Arte Fotográfica do Rio Grande do Sul, no ginásio da escola Visconde de São Leopoldo, com participação de fotógrafos amadores e profissionais de 44 países, totalizando 684 trabalhos selecionados entre os 2.257 trabalhos inscritos. Um sucesso.
* 21 de julho - Inaugurada a Sesquiarte na Sociedade Ginástica. A grande mostra de arte e artesanato reuniu 388 expositores (71 na pintura, 49 pintura em porcelana e escultura, l0 em modelagem, e 41 na tapeçaria). Visitadíssima, a exposição obedeceu à coordenação da parte artística pelo casal Alváro Santos Filho e Marlene, e sra. Herma Fonseca, e da sra. irena Lorenz Silva (artesanato).
* 25 de julho - O dia do sesquicentenário de São Leopoldo, a visita oficial do Presidente Ernesto Geisel e do Governador Euclides Triches, além de altas autoridades, a encenação às margens do Sinos da réplica da chegada dos 39 imigrantes alemães, espetáculo assistido por cerca de 20 mil pessoas que lotaram as arquibancadas especiais no largo da Rodoviária. O público ocupou a ponte 25 de Julho, a área do trevo de acesso e todos os lugares disponíveis, assistindo e aplaudindo o grande evento, que foi transmitido para vários estados do Brasil e também para a Alemanha através da Deutsche Welle. Um palco com as bandeiras do Brasil, Alemanha, Rio Grande do Sul e de São Leopoldo, homenagearam autoridades e visitantes e evocaram a histórica data. Antes da encenação da répica, a banda de Salgau, Alemanha, com 22 homens a cavalo, com seus trajes medievais em preto e amarelo, bem como os músicos da banda marcial, encantaram o público. O cerimonial foi conduzido pelo jornalista Ribeiro Pires e pela colunista social celeste Porto. A banda do 19º BIMtz executou o Hino alemão e os músicos alemães de Salgau tocaram o Hino do Brasil, acompanhados por salva de tiros de canhão a cargo de uma bateria do 16º GAC. Três discursos: Rudolfo Englert, presidente da Comissão estadual dos festejos, prefeito Henrique Prieto e governador Euclides Triches, em nome do governo brasileiro. O espetáculo da réplica da chegada dos imigrantes, com o título "Utopia Ontem, Realidade Hoje", produzido pelo teatrólogo Jair Quintino Líbero, professor da Unisinos, com os 39 imigrantes chegando de barco empurrados a vara por figurantes escravos. Quando os 39 personagens dos imigrantes colocaram seus pés em terra firme, junto ao palanque oficial, repicaram os sinos de todas as igrejas, soaram apitos de todas as fábricas, homenagem prestada igualmente, naquele momento histórico, por todos os municípíos gaúchos que acompanhavam o acontecimento por emissoras de rádio. Momentos de forte emoção. Um palco central com o formato do Rio Grande do Sul recebeu, a seguir, 120 dançarinas em trajes de malhas vermelha, amarela e verde, as cores gaúchas. Elas formaram um enorme número "150" exaltando o sesquicentenário da imigração germânica. Os personagens da réplica ajoelharam-se agradecendo a Deus pela nova pátria e simbolizando o distante 25 de julho de 1824. Seguiu-se um ato ecumênico oficiado pelo padre Aloysio Bohnen e pelo pastor Nelson Kirst. A cidade recebeu visitas Corais de toda região, em conjunto, cantaram "Grande Deus, nós te louvamos". Os momentos finais do espetáculo apresentaram 40 figurantes do conjunto de danças Schwaben Internacional, tradicionalistas do CTG Tio Lautério e um coral de 500 estudantes, entoaram três músicas sob os acordes da banda do 19º BIMtz, em homenagem ao Presidente Ernesto Geisel..
A cidade recebeu visitas ilustres de autoridades e jornalistas alemães, bandas vindas da Alemanha integram a programação festiva pelas ruas da cidade, bailes e festas populares, uma data inesquecível para a cidade e região. Todos foram recebidos pelo prefeito Henrique Prieto e pelos integrantes da Comissão Estadual e municipal dos festejos do Sesquicentenário da Imigração Alemã.
* 25 de julho - Expressivo número de clubes e sociedades leopoldenses realizaram festas, chás, reuniões festivas, bailes, almoços, jantares, kerbs, músicas nas ruas e nas praças, a partir desta data, comemorando o Sesquicentenário. Nunca a cidade foi tão motivada e houve tanta divulgação sobre a histórica data, comemorada com orgulho e alegria pela cidade e por toda a região do vale do Rio dos Sinos.v * 27 de julho - Encenada novamente a réplica da chegada dos imigrantes alemães, diante de um grande público.
* 28 de julho - A ensolarada tarde de domingo assinalou o grande Desfile do Sesquicentenário, na rua Independência, assistido por um enorme público, que viveu momentos de alegria e forte emoção. O desfile teve quatro segmentos: abertura, São Leopoldo em festa, história e tradição. Abrilhantado por um grupo de 40 alemães vindos da região de Hunsrück, em trajes típicos, eles dançaram com leopoldenses em plelo desfile, Os personagens vividos na réplica da chegada dos imigrantes abriram o desfile, seguindo-se carros alegóricos mostrando a casa da Feitoria, casa rústica da colônia alemã, uma fundição, aspectos da vida da imigração desde 1824, sociedades de canto, os clubes Orpheu e Ginástica, rainhas do Sesqui, CTGs e bandas marciais, em um grande espetáculo para o público. O desfile foi coordenado por Juan Carlos Martinez e pelo Comtur, liderado por Wilson Szeckir, com assessoria de uma grande equipe de voluntários. Um grande sucesso.
* 28 de julho - A Sociedade Orpheu foi palco da grandiosa "Noite Alemã", realizada com apoio da Lufthansa e da Deutsche Zentrale für Tourismus, reunindo mais de mil pessoas, em festa belíssima, onde predominaram a gastronomia típica alemã e vinhos vindos especialmente da Alemanha. Autoridades, empresários, jornalistas, representantes de consulados e convidados, divertiram-se, dançaram e cantarem até cinco horas da madrugada, ao som de orquestra alemã.
* 12 de agosto - Inauguração da Exposição Histórica Imperatriz Leopoldina, em convênio do Museu Histórico com o Museu Histórico Nacional e o Museu Imperial de Petrópolis (RJ).
* 4 de setembro - Um grande jantar conjunto, reunindo pela primeira vez na história do município, integrantes de todos os clubes de serviço da cidade – Rotary, Lions, Câmara Júnior, Interact, Orbis Clube e o Clube Panamericano, foi realizado no Orpheu, saudando a data do Sesquicentenário. Evento foi prestigiado por altas autoridades.
* 12 de setembro - Inauguração do novo câmpus da Unisinos pelos ministros Nei Braga (Educação) e Arnaldo Prieto (Trabalho) e pelo Governador Euclides Triches, à tarde. Após, às 20 horas, inauguração da Biblioteca Municipal Olavo Bilac, com a instalação do I Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. A Unisinos tinha 11.907 alunos.
* 15 de setembro - Inauguração do monumento à Imperatriz Leopoldina. Inicialmente localizado no Largo Gaelzer Neto, entre as ruas Florêncio Câmara e Independência.
* 21 de setembro - Inaugurado o monumento em homenagem a Henrique Luiz Roessler, pai da ecologia, na praça 20 de Setembro.
* 21 de setembro - Solenidade assinalou o plantio da primeira árvore no câmpus universitário, um pé de figueira. O fato quando relembrado, rende até hoje, boas risadas, pois o então vice-reitor, padre Egydio Schneider, disse ao jardineiro, indicando o local para a muda – "põe o pé aqui" – e o homem, prontamente, colocou o próprio pé na cova.
* 26 de outubro - Grande público assiste a Passeata Literária dos Personagens das Histórias Infantis, com 34 carros alegóricos e 1.632 alunos representando 13 cidades da área da 2ª DE. A coordenação do grande evento é da prof. Maria Therezinha Mello dos Santos.
* 15 de novembro - As eleições para o Senado, Câmara Federal e Assembléia Legislativa, elegem, no município, o candidato Antônio Carlos Rosa Flores, eleito deputado federal pelo MDB (14227 votos no município e 74554 no RS) e o candidato Alexandre machado da Silva, da Arena, com 1254 votos em São Leopoldo e 64.189 no RS).
* 15 de dezembro - Foi iluminada a maior árvore de Natal, com 25 metros de altura e 1.200 lâmpadas, ao lado da Estação Rodoviária, no Natal do Sesqui.
* 21 de dezembro - Inauguração do monumento ao Sesquicentenário da Imigração, na Praça 20 de Setembro.

1975

* 31 de janeiro - Começa a obra de construção dos diques de proteção à cidade contra as cheias do Sinos.
* 9 de fevereiro - O leopoldense Eloy José da Rocha toma posse como presidente do Supremo Tribunal Federal, em Brasília.
* 25 de fevereiro - Rebelião no Presídio Municipal termina com três presos mortos e um PM ferido gravemente.
* ?? de março - Um total de 55.800 leopoldenses foram se vacinar contra a meningite, um número recorde.
* 8 de março - Inauguração do Parque de Recreação do Trabalhador, em solenidade prestigiada por altas autoridades, entre elas, o governador Sinval Guazzelli e o Vice-Presidente da República, general Adalberto Pereira dos Santos.
* 18 de março - Visita do ministro do Exército, general Silvio Frota, ao 19º BIMtz.
* 10 de julho - Grande festa comunitária assinalada no Orpheu, os 10 anos da revista RUA GRANDE.
* 25 de julho - Fundação do Instituto Histórico de São Leopoldo, em solenidade realizada na Biblioteca Olavo Bilac, sendo seu primeiro presidente, o professor e historiador Telmo Lauro Müller.
* 8 de agosto - Inauguração da praça 20 de Setembro, prestigiada pelo ministro Arnaldo Prieto.
* 7 de novembro - Eto Antero Roehe, da firma Amadeo Rossi, eleito Operário Padrão do RS e do Brasil, em promoção do SESI e da TV Globo.

1976

* 27 de fevereiro - Eto Antero Roehe, funcionário da Amadeo Rossi e eleito Operário Padrão do brasil pelo SESI em 1975, recebe o título de Cidadão Leopoldense em sessão solene presidida pelo vereador Sejalmo Nery, no Salão Nobre. O projeto de lei foi de autoria do vereador Waldir Schmidt, aprovado por unanimidade pelo Legislativo. Na mesma sessão, o sr. Othon Blessmann, presidente da Sociedade Orpheu, foi agraciado com um cartão de prata por ter completado 30 anos na presid~encia do clube.
* 17 de setembro - O escritor leopoldense Clodomir Vianna Moog é o conferencista principal na solene sessão de instalação do II Simpósio de História da Imigração Alemã.
* 16 de novembro - No primeiro minuto, na antiga Unisinos, o juiz eleitoral Ruy Gessinger, inicia a apuração dos 34.839 votos de São Leopoldo, contados em 12 horas e meia de trabalho por equipes de escrutinadores. A eleição marcou a vitória de Olímpio Albrecht e Manoel Luiz Nunes (MDB) com 19.494 votos, adiconados mais 5.164 votos de Waldir Schmidt e Adalbério Stumpf, totalizando 24.658 votos para o MDB. Ao três candidatos da Arena – José Amaro, Leo verbist e Selvino Bühler – somaram 7.226 votos. Diferença pró MDB: 16.932 votos. Para a Câmara, MDB elegeu 13 vereadores, a Arena, 6. São Leopoldo foi um dos primeiros municípios brasileiros a concluir a votação.
* 26 de novembro - Inauguração do Museu do Trem, junto à Estação Ferroviária.

1977

* 31 de janeiro - Pose do prefeito eleito Olímpio Albrecht e do vice-prefeito Manuel Nunes. É eleito presidente da Câmara o vereador Ronaldo Ribas. Ambos são do MDB. A Câmara amplia o número de vereadores de 19 para 21.
* 25 de maio - A Associação Comercial e Industrial, liderada pelo empresário José Aury Klein, inaugura sua sede própria, o edifício Palácio da Indústria e Comércio, em solenidade presidida pelo vice-governador Amaral de Souza.
*27 de maio - Nove bolonistas da equipe alemã de Keglerverein Saarbrücken estiveram visitando a cidade, sendo recebidas pelo prefeito Olímpio Albrecht, visitaram Museu e Unisinos e participarasm à noite, de jantar, jogos e homenagens na sede da Ginástica.
*28 de maio - O dr. José Amaro é eleito presidente do CDC (Conselho de Desenvolvimento da Comunidade).
* 24 de julho - O futebol entre políticos de Novo Hamburgo e São Leopoldo, realizado no estádio do Aimoré, termina com vitória de 3 x 1 dos hamburguenses.
* 3 de agosto - Centenário da firma Rotermund.
*21 de agosto - Comercial Giering completa seu Jubileu de Prata.
*9 de setembro - Ary Furlan, da firma Amadeo Rossi, eleito pelo SESI, Operário-Padrão do RGS.
* 16 de setembro - Inauguração do Centro Médico São Leopoldo, na Rua Brasil.
* 6 de outubro - O ministro Arnaldo Prieto e o governador Sinval Guazzeli inauguram o parque industrial da Forjas Hahn.
* 27 de outubro - Fundado o Lions Clube SL-Rua Grande.
* 5 de novembro - A Ferramentas Gedore do Brasil festeja seu 15º aniversário de existência.
* 7 de novembro - Brizola retornou do exílio há poucos dias e visitou São Leopoldo, forte reduto trabalhista.

1978

* 2 de janeiro - O padre Luís Marobin assume a Reitoria da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, sucedendo ao padre Theobaldo Frantz.
* 4 de fevereiro - Cidade volta a realizar o carnaval de rua, há anos desativado.
* 10 de março - A Rexnord inaugura seu parque empresarial no DI/São Borja.
* 14 de abril - A Louçasul inaugura seu parque fabril no mesmo Distrito Industrial.
* 1º de julho - Etapa inicial das obras dos diques estão em fase final.
* 2 de julho - O sr. Leo Dewes assume a governadoria do Distrito 103 do Serra Clube.
* 15 de setembro - Instalado o III Simpósio de História, sendo conferencista Vinicio Stein Campos.
* 24 de setembro - Grande concerto da OSPA encerra o V Festival Leopoldense de Corais, realizado pela Sociedade Ginástica.
* 15 de novembro - Às 18h30 teve início a apuração dos 38929 votos contados por 240 escrutinadores e com apoio do CPD Unisinos. A apuração na Sociedade Ginástica estava concluída 11h22min. após, transformando São Leopoldo na primeira cidade brasileira a contar seus votos. O pleito foi comandado pelo juíz eleitoral Ruy Gessinger. O município elegeu apenas um dos candidatos, o médico José Antônio Albrecht (Tonico), do MDB, fez 13.050 votos no município e 20.815 no RS.
* 20 de novembro - Djalmo da Silva Flores, da firma Borbonite, eleito Operário Padrão do RS, promoção do SESI.
* 23 de novembro - Sessão solene do Governo Municipal homenageia no Salão Nobre, três novos Cidadãos Leopoldenses: o empresário Ricardo Rossi, e os Operários Padrão Mário Carlet e Ary Furlan, da firma Amadeo Rossi.

1979

* 24 de janeiro - Estréia no Cine Brasil, o filme Os Mucker, produzido por Jorge Bodanski e Wolf Gauer, com cenas gravadas na região. O leopoldense Telmo Lauro Müller fez o papel de delegado Spindler.
* 9 de março - O Sesi inaugura o Centro Social Amadeo Rossi, no bairro Rio Branco.
*16 de junho – Edgar e Annemarie Heurich assumem como casal governador do Distrito L 7 de Lions Internacional.
* 5 de setembro - Visita do ministro da Marinha, Almirante Maximiliano da Fonseca.
* 26 de setembro - O líder trabalhista Leonel Brizola visita a cidade, dias após retornar do exílio, sendo recebido pelo prefeito Olímpio Albrecht e lideranças políticas de seu partido.
* 11 de novembro - O jornal Vale do Sinos passa a ser diário.
* 26 de novembro - Visita do embaixador da Áustria, Walter Magrutsch.

1980

* 10 de abril - Às 17h15min. desaba parte do prédio da Sociedade Espírita Amor à Verdade, localizada na rua 1º de março, durante sessão doutrinária. Um total de 21 pessoas ficaram feridas.
*10 de junho – O casal Nadir e Rosãnia Klein eleito governador do distrito L 7 de Lions Internacional.
* 4 de julho - Centenas de leopoldenses assistem, em Porto Alegre, a visita do Papa João Paulo II.
* 25 de julho - Inauguração da nova Hidráulica Municipal, em solenidade prestigiada por autoridades e convidados. A fita foi desatada pelo prefeito Olímpio Albrecht e pelo diretor do Semae Cyro Manoel dos Santos.
* 30 de agosto - Estudantes sentaram sobre o vão da ponte 25 de Julho, impedindo o trânsito, em protesto que durou seis horas, contra a obra de restauração prevista pelo governo federal.
*15 de outubro – O professor Tarcillo Lawisch, delegado da 2a. D.E. é agraciado com o título de Professor Emérito, pelo governador Amaral de Souza, no Palácio Piratini, em reconhecimento aos assinalados serviços prestados ao magistério.
*20 de outubro – Fundação do Consepro, sendo eleito seu primeiro presidente o sr. Ernesto Rosa da Silva, do Lions Scharlau.
* 25 de dezembro - Inaugurados os refletores do estádio do C. E. Aimoré.

1981

* 11 de julho - Um incêndio de grandes proporções destruiu o pavilhão B da sede antiga, queimando os blocos onde funcionavam os cursos de Geologia, Psicologia, Nutrição e História Natural com seus laboratórios. Prejuízos foram altíssimos sem possibilidade de recuperação.

1982

* 1º de janeiro - Assume a reitoria da Unisinos, o padre Herbert Wetzel, sucedendo ao padre Luiz Marobin, que viajou a Roma para estudos na Universidade Gregoriana.
* 5 de fevereiro - Primeira expedição à Antártica, feita pela Unisinos, primeira universidade brasileira a enviar pesquisadores para o continente gelado.
* 22 de abril - O governador Amaral de Souza e o ministro Mário Andreazza, inauguram, junto à ponte 25 de Julho, a cortina de concreto dos diques que protegem a cidade.
*27 de abril – Morre, aos 85 anos, o professor Gustavo Schreiber, fundador da Escola Técnica de Comércio e educador emérito, prestador de assinalados serviços prestados ao ensino e à comunidade.
* 13 de maio - Posse do vice-prefeito Manoel Nunes, como prefeito municipal. Ele assumiu o Executivo em lugar do prefeito Olímpio Albrecht, lançado candidato a deputado estadual.
* 11 de julho - O leopoldense Paulo Veeck, por sua competência, torna-se árbitro internacional de futebol de salão da FIFUSA.
* 20 de agosto - Inauguradas pelo governador Amaral de Souza, 655 casas do núcleo habitacional da Cohab-Duque.
* 20 de outubro - O Herbário Anchieta inaugura novas dependências junto à Unisinos. O herbário é formado pelas coleções de plantas superiores, do padre Balduíno Rambo (1905-1961) e de plantas inferiores, do padre Aloysio Sehnen (1912-1961) e de fungos do padre Johannes Rick, totalizando 120 mil plantas dessecadas.
* 11 de novembro - Inaugurado pelo governador Amaral de Souza, o núcleo habitacional da Cohab-Feitoria, com 960 casas e 2.040 apartamentos.
* 24 de outubro - São Leopoldo conquista o tetra campeonato nos JIRGS, troféu recebido pelo presidente do CMD, professor Ivan Gallo.
* 15 de novembro – Eleições municipais são realizadas, sob a presidência do juíz eleitoral José Domingues Guiimarães Ribeiro. Concorrem nove candidatos a prefeito, em sublegenda: Guerino Rosa, Kanan Buz e Henrique Prieto, pelo PDS; Ronaldo Ribas e Celso Justo, pelo PDT; Vanderlei Tomasi, Octávio Pedro da Silva e Waldir Schmidt, pelo PMDB; e Ângelo Dal Cin, pelo PT. São Leopoldo tem 56.858 eleitores.
* 18 de novembro - O escrutínio das urnas na Sociedade Ginástica apurou 35 urnas no primeiro dia, 50 no segundo e 54 no terceiro, revelando um resultado simplesmente sensacional, a vitória do PMDB sobre o PDS por apenas 15 votos (14.467 a 14.452) elegendo prefeito Waldir Schmidt (o mais votado do PMDB). Henrique Prieto foi o mais votado do PDS e o PDT (Ribas e Celso Justo) somou 14.057, com diferença de 410 votos. Neste pleito, cada partido (PMDB, PDT e PDS) elegeu sete vereadores e o ex-prefeito Olímpio Albrecht foi eleito deputado estadual (12.010 votos na cidade e 25.389 no RS). Rosa Flores (PMDB) foi reeleito deputado federal, com 8.901 votos no município e 52.629 no RS). Para o governo estadual, foi eleito Jair Soares.
* 14 de dezembro - Sessão solene do Governo Municipal lotou o Salão Nobre e homenageou com títulos de Cidadãos Leopoldenses os srs. Alexandre Vertes (professor da Unisinos), empresário João Corrêa da Silveira, padre Bruno Hammes, empresário Élio Grisa, Sejalmo Nery (juiz de Direito), Rolando Tejada (engenheiro e presidente do São Leopoldo Tênis Clube) e o padre Bernardo Melz. O prefeito Manoel Nunes, o presidente da Câmara, vereador Ruy Ivoné dos Santos, e os vereadores Adão Muck (PDT), Antenor Dutra (PDS) e Vanderlei Tomasi (PMDB) foram os oradores.

1983

*3 de janeiro – Morre, aos 44 anos de idade, a professora e colunista social de RUA GRANDE, Marisa Teixeira Faller.
* 31 de janeiro - Waldir Schmidt (PMDB) assume o mandato de prefeito municipal, com o vice-prefeito Hardi Leichtweiss.
* 2 de julho - Parede frontal do ginásio de esportes do Guarany desaba parcialmente durante forte temporal.
* 23 de julho - O espetáculo Diga Diga de Artes, projeto cultural de Ronei Orsini, com o objetivo de valorizar a arte e a cultura locais, é lançado pelo Comtur no palco do Cine Independência e alcança grande sucesso.
* 25 de julho - Inaugurada obra de restauração da Casa do Imigrante, com apoio do Banco Bamerindus e das empresas Construtec e RTS Construções.
*30 de julho - Cenas do filme Verdes Anos, produção de Giba Assis Brasil e Carlos Gerbase, são rodadas na praça do Imigrante, às margens do Sinos.
* 2 de agosto - Deslizamento de terra causado por forte chuva na encosta do Morro do Paula, soterra casa e mata seis pessoas da família Ávila (casal e quatro filhos), enlutando aquela comunidade.
* 21 de agosto - Procissão solene deixa o Carmelo, na Rua Lindolfo Collor, rumo ao seu novo prédio, próximo a Universidade. Na nova clausura foi rezada missa concelebrada por 13 sacerdotes.
* 2 de setembro - A anunciada demolição da capela Senhor dos Passos não prosperou em vista do movimento preservacionista formado por pessoas da comunidade lideradas pelo jornalista René Flugrath.
* 27 de novembro - O Coral Rio dos Sinos foi o único representante brasileiro em evento cultural na Argentina, recebendo grandes aplausos em sua apresentação artística em Tandil.

1984

* 10 de maio - Inicia atividade da Rádio Imigrantes FM, com sede no edifício Burgos.
* 10 de julho - Circula a edição 1.000 de RUA GRANDE e uma sessão solene com festa comunitária no Salão Nobre da prefeitura, assinala a grande data.
* 12 de julho - O Núcleo de Processamento de Dados da Unisinos inicia atividades.
*10 de setembro – Sessão solene da Câmara Municipal, homenageia o atleta leopoldense Renan Dal Zotto, da Seleção brasileira de Vôlei, e o craque de futebol Tonho, do Aimoré, convocada para a Seleção brasileira de futebol que disputou os Jogos Olímpicos.
* 12 de setembro - Divaldo Pereira Franco, o maior orador espírita do Brasil, faz aplaudida conferência no ginásio do SESI.
* 10 de dezembro - O padre Herbert Wetzel, reitor, e o padre Egydio Schneider, vice-reitor administrativo, recebem títulos de Cidadãos Leopoldenses, concedidos pelo governo municipal.
* 30 de dezembro - O estádio Cristo Rei lotou para o jogo beneficente Trianon 7x2 Sindicato, com renda para a Apae e creches municipais.

1985

* 28 de fevereiro - Inauguração das obras de restauração do casarão da Câmara Municipal, na Praça do Imigrante.
*21 de abril – A dor do Brasil pela morte do presidente eleito Tancredo Neves é vivenciada na comunidade leopoldense.
*4 de junho – O casal Roberto e Gilda Dörnte assumem a governadoria do Distrito L 7 de Lions Internacional.
* 31 de julho - Unisinos concede pela primeira vez o título de Doutor Honoris Causa, homenageando os professores Milton Luís Valente e Pedro Calderan Beltrão.
*1º de outubro – Inauguração do Plenário Tancredo Neves na Câmara Municipal, pelo vice-presidente Elton Krause (PDT) e pelo sr. Gustavo Dorneles, parente do ex-presidente brasileiro eleito.
*8 de dezembro – Restaurada a estátua do padroeiro da capela Senhor dos Passos
* 10 de dezembro – Inauguração da I Feira do Livro Ramiro Frota Barcellos, homenageando o médico e escritor, segundo projeto de lei do vereador Airton Santos, do PDS, aprovado por unanimidade legislativa. A feira acontece na Praça 20 de Setembro.
* 31 de dezembro - Morre, aos 66 anos, Isaias F. da Silva, o conhecido irmão Isaias, coordenador da Fraternidade Pai Belarmino.

1986

* 1º de janeiro - Assume a reitoria o padre professor doutor Aloysio Bohnen.
* 28 de fevereiro - O cruzado é a nova moeda brasileira.
* 3 de abril - O delegado Alvandy Rodrigues reassume a chefia da Delegacia Regional de Polícia.
* 19 de maio - Sessão solene lota o auditório do Sinodal, na comemoração dos 50 anos do tradicional colégio. Autoridades, ex-alunos e convidados prestigiam o evento.
* 10 de junho - Deise Nunes, Miss Brasil, em visita oficial à cidade, é recepcionada por autoridades e imprensa em grande festa no Chaplin.
* 29 de julho - Morre, aos 56 anos, o empresário Egidio Stürmer, proprietário da Joalheria Apolo e Stürmer Jóias.
* 7 de agosto - Morre, aos 38 anos, o patrulheiro rodoviário federal, radialista e comunicador Eron Santos.
* 21 de agosto - A Unisinos outorgou o título de Doutor Honoris Causa ao poeta gaúcho Mário Quintana, de 80 anos.
* 21 de agosto - Os 140 anos da Câmara Municipal foram comemorados em sessão solene no auditório da Biblioteca Olavo Bilac, em ato prestigiado por altas autoridades e mundo oficial.
* 10 de outubro - "Sonhos de uma Noite", baile comemorativo aos 50 anos do Sinodal, lotou o salão de festas da Sociedade Orpheu.
*10 de outubro - Realizada no Parque de Recreação do Trabalhador, a I Feitoria da Canção Nativa, festival tradicionalista promovido pela Prefeitura e coordenado pelos srs. Valmor Tavares e Dorneles Paim de Vargas. Grandes nomes do tradicionalismo gaúcho competiram nesta Feitoria da Canção, que teve inclusive um disco LP oficial do evento. A grande vencedora do festival foi a música "Rinhas" interpretada por Délcio Tavares.
* 10 de novembro - Morre, aos 46 anos, o livreiro Francisco (Chico) Câmara, proprietário da Livraria Beira Sinos.
* 15 de novembro - O leopoldense Antônio de Pádua Barbedo, líder eletricitário, eleito deputado estadual pelo PDT, com 33.838 votos no RS, a maior votação da bancada pedetista na Assembléia Legislativa. Arnaldo Prieto foi eleito deputado constituinte pelo PFL.
* 15 de novembro - Morre, aos 92 anos, Irmã Helenita Gomes, que durante meio século, lecionou no Colégio São José.
* 1º de dezembro - Seleção Master do Brasil realiza partida amistosa contra a seleção Gaúcha (3x1 pró gaúchos) lotando do o estádio Cristo Rei. Promoção do CMD em benefício das creches municipais.
* 11 de dezembro - O empresário Miltom Santo Rossi, diretor da Amadeo Rossi, recebe o Mérito Industrial do RS, outorgado pela Fiergs.
* 16 de dezembro - Morre, aos 78 anos, a sra. Melita Hallamn, que durante muitos anos dirigiu com seu esposo Alfredo e filhos a lotérica Hallam.

1987

* 27 de junho - Fundação da Estação de Observação Meteorológica "José Soares Lima", com sede no Morro do Espelho, coordenada pelo prof. Eugênio Hackbart.
*7 de agosto – Iniciada a obra de cobertura da canaleta da avenida João Corrêa, sendo prefeito em exercício, o presidente da Câmara, vereador Leo Verbist.
*31 de agosto – Integrantes do Comitê Pró-Dique sugerem seja feita greve de fome como forma de sensibilizar as autoridades para a conclusão das obras dos diques. Movimento não prospera.
* 27 de outubro - Fernando Collor, governador de Alagoas, é recebido pelo prefeito Waldir Schmidt e pelo professor Telmo Lauro Müller, às 9h30. Uma hora após faz palestra para empresários no auditório da ACI.

1988

* 15 de janeiro - Morre, aos 81 anos, no Rio de Janeiro, o acadêmico e escritor leopoldense, Vianna Moog, advogado, jornalista, romancista e ensaísta.
* 17 de março - Decreto cria o Comitesinos (Comitê de Preservação, Gerenciamento e Pesquisa da Bacia do Rio dos Sinos).
*21 de abril - O príncipe Dom Pedro de Orleans e Bragança, trineto de Dom Pedro I e Dona Leopoldina e neto da Princesa Isabel, visita a cidade, sendo recebido pelo prefeito Waldir Schmidt e dirigentes do Museu Histórico.
* 24 de abril - O "Dia do Não", assim conhecida a data do plebiscito em que moradores da Zona Norte disseram não á campanha de emancipação da área. Dos 22.573 eleitores aptos a votar, 16008 compareceram e 10.489 votaram pela integridade territorial leopoldense. Um total de 5340 votantes acompanharam o voto sim.
*22 a 24 de julho – Realizada no ginásio do São Luís, a II edição da Feitoria da Canção Nativa, vencendo a música Prelúdio Campeiro, cantada por Miguel Marques
* 23 de julho - Sociedade Ginástica realiza a I Festa Alemã de São Leopoldo, para homenagear a imigração germânica.
* 8 de agosto - As irmãs Agna Müller e Magda Müller (categoria C, feminino) sagram-se campeã e vice-campeã mundial de bicicross, no Chile.
*9 de setembro – Sessão solene do governo municipal homenageia na Câmara, o centenário do Jornal Evangélico.
*20 de setembro – Comemoração festiva dos 30 anos do Rotary SL-Leste na Sociedade Ginástica.
*5 de outubro – O árbitro leopoldense Paulo Veeck viaja à Austrália, onde apita dez jogos oficiais do certame mundial de futebol de salão.

1989

* 9 de fevereiro - Avião Cherokee "aterrissou" sobre um carro Chevette na BR-116, a cem metros do posto da PRF/Scharlau, após decolar do aeroclube. Foi apenas um susto, sem feridos.
*28 de fevereiro – os padres gêmeos Olmiro e Orlando Allgayer, vigários da paróquia Conceição, completam 40 anos de vida sacerdotal.
*16 de abril – Morre, aos 45 anos, o publicitário Juarez Machado, durante muitos anos um grande colaborador e incentivador da revista RUA GRANDE.
* 25 de agosto - Realizado o I Canto do Sinos, festival tradicionalista, no palco da Sociedade Ginástica. A música vencedora, cantada por Léo Almeida, foi Eterna Presença.
*12 de setembro – Morre, aos 71 anos, o ten. Wilson Szeckir, ex-presidente do COMTUR, ex-vereador e dirigente de vários clubes e entidades comunitárias.
*12 de setembro – Criada por ato do Executivo Municipal, a Fundação Hospital de Clínicas São Leopoldo – Hospital Centenário, pelo prefeito Olímpio Albrecht.
*29 de setembro – O deputado e homem público Arnaldo Prieto recebe o título de "Doutor Honoris Causa", concedido pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, em sessão solene do Conselho Universitário.

1990

* 11 de fevereiro - Pela primeira vez o município recebe visita oficial de um presidente do Rotary Internacional, o brasileiro Paulo Viriato Corrêa da Costa. Ele é homenageado no Orpheu por integrantes de todos clubes rotários.
* 29 de março - Morre, aos 65 anos, a colunista social Zitelka Fiatte.
* 26 de junho - Morre aos 76 anos de idade, a sra. Lya Hauschild, ex-vereadora, presidente da Cruz Vermelha, e colunista da revista RUA GRANDE.
* 17 de julho - Sessão solene do governo municipal, no auditório da Biblioteca Olavo Bilac, assistida por 245 pessoas, presta homenagem aos 25 anos da revista RUA GRANDE. Solicitação partiu do vereador Kanan Buz (PMDB) aprovada por unanimidade pelos legisladores.
* 25 de julho - Na festa da imigração, homenagem ao centenário de nascimento de Lindolfo Collor, na Praça do Imigrante. Sua filha, Léda Collor de Mello, prestigiou a solenidade.
* 8 de agosto - Associações e entidades realizam protesto na BR-116 contra o governo federal, pela paralisação, há mais de um ano, da obra do viaduto em Scharlau.
* 31 de agosto - Chega a Brasília, viajando em carro, a delegação leopoldense, liderada pelo vice-prefeito Henrique Prieto e constituída por Dagoberto Goulart, Carlos Maronez e Walmor Magro, que percorreu desde o dia 20, seis estados e viajou 3.400 km levando o fogo simbólico comemorativo ao centenário de Lindolfo Collor. A chama foi entregue por Henrique Prieto, no parlatório do Palácio do Planalto, ao presidente Fernando Collor de Mello.
* 2 de outubro - Decreto do governo estadual determina o tombamento do acervo do Museu do Trem, contando a história da viação férrea no RS. Foi uma vitória comunitária.
* 3 de outubro - Eleições movimentam o RS e na cidade, dos 718 concorrentes, 645 candidatos recebem votação. A representação política leopoldense elegeu apenas dois deputados - Antonio Barbedo (PDT, reeleito com 32.352 votos, e Waldir Schmidt, 16.221 votos)
* 26 de outubro - O empresário leopoldense Ricardo Petry, eleito presidente da AARS (Associação do Aço do RS).
* 15 de novembro - Inaugurado o Sinos Center Shopping, o primeiro do interior do Estado.
* 25 de novembro - Alceu Collares, eleito em segundo turno governador gaúcho, faz 37.781 votos em São Leopoldo.

1991

* 15 de fevereiro - O Hospital Centenário completa 60 anos de atividades ininterruptas.
* 25 de julho - Inaugurada a Usina de Lixo, a primeira do RS, pelo prefeito Olímpio Albrecht. O governador Alceu Collares vem a cidade receber troféu Imigrante e entrega a Medalha Lindolfo Collor a Mário de Almeida Guedes, da Gedore, eleito Operário Brasil, em sessão solene no salão Nobre da prefeitura. Encerrada com grande êxito, a I São Leopoldo Fest, que durou 18 dias e reuniu grande público. Evento foi idealizado pelo presidente do Comtur, Dagoberto Goulart.
* 18 de agosto - Morre, aos 70 anos, o sr. Lírio Haubert, que prestou durante longos anos, assinalados serviços ao C. E. Aimoré e ao esporte leopoldense.
*1º de agosto – Casa Mena, um dos mais antigos e tradicionais magazines da região, fundada por Christiano Moog, completa um século de existência.
* 12 de outubro - Colégio Agrícola Visconde de SL (Feitoria) completa 50 anos de existência.
* 3 de dezembro - Corpo de Bombeiros do município encerra atividades, após 51 anos de atuação. A cidade ganha o II Grupamento de Incêndio da BM.
*4 de dezembro – Rotary São Leopoldo completa 50 anos de existência.
* 8 de dezembro - Morre, aos 90 anos, o ex-presidente do Orpheu, ex-vice prefeito e ex-deputado Othon Blessmann.
* 12 de dezembro - O Orpheu elege o mais jovem presidente de sua história, André de Alexandri. Ele faz 377 votos, vencendo o presidente Fernando Hauschild, que faz 302 votos.

1992

* 23 de fevereiro - O padre Bráulio Weber assume a direção da paróquia Nossa Senhora da Conceição.
* 3 de março - O vereador Ítalo Fernando Gall eleito presidente da Câmara Municipal.
*10 de março – O delegado Luiz da Pieve assume a chefia da 1ª Delegacia de Polícia.
* 30 de abril - Inaugurada a quarta sala de cinema no Sinos Center Shopping.
* 25 de julho - Inaugurado pelo prefeito Olímpio Albrecht, em grande festividade, o Ginásio Municipal de Esportes Celso Morbach. A banda alemã do Correio de Koblenz, contratada pela Sociedade Ginástica, participa da festa alemã no clube e faz desfile pelas ruas principais, recebendo muitos aplausos.
* 11 de agosto - O advogado Edson Garcez e o empresário Élio Grisa são agraciados pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, com a Ordem do Mérito Judiciário.
* ????????????? - O avião russo MAI 890 é exposto no Sinos Center Shopping, sendo muito visitado. A idéia é criar-se um Pólo Aeronáutico no município, para fabricação desses aparelhos.
* 22 de agosto - Os cara pintadas fazem manifestação em ruas centrais da cidade, pedindo o impeachment do presidente Fernando Collor.
* 10 de setembro - O atleta Paulão, medalha de ouro no vôlei, visita os Colégios Sinodal e São Luís, distribuindo autógrafos e recebendo homenagens. Visita foi coordenada pela aluna Débora Cauduro e professores das escolas.
* 3 de outubro - Waldir Schmidt (PMDB) elege-se prefeito leopoldense pela segunda vez, fazendo 38.683 votos contra 16.361 votos de Ronaldo Zülke (PT) e 14.560 de Henrique Prieto (PDT/PTB), 3169 de João Benjamin (PDS) e 900 votos de Gilberto Soares, do PL. O vice eleito é Ronaldo Ribas. O vereador mais votado é Kanan Buz (PMDB), com 1.599 votos.
*30 de novembro – Morre, aos 56 anos, o sr. José Adolfo Eschberger, durante muitos anos, colaborador de RUA GRANDE e colunista de cinema de nossa revista.
*29 de dezembro - Início da obra de construção da central telefônica automática da CRT no bairro Scharlau.

1993

* 1º de janeiro - O prefeito eleito, Waldir Schmidt, e o vice-prefeito, Ronaldo Ribas, assumem o governo municipal, em solenidade realizada no auditório da Biblioteca Olavo Bilac.
* 20 de janeiro - A Sociedade Orpheu, clube social mais antigo do Brasil, comemora 135 anos de existência.
* 28 de fevereiro - A inflação do mês chega a 28,42%.
* 29 de março - Velho sonho comunitário é uma realidade na Cohab-Duque: a inauguração da escola estadual Helena Câmara, com 638 alunos.
* 1º de abril - Plebiscito sobre forma de governo realizado no país, tem votação na cidade, a favor do presidencialismo, totalizando 57.548 votos entre os 87.990 votantes.
*12 de abril – Fernando Silveira vence o Campeonato Continental Americano de bicicross, derrotando competidores das três Américas
* 25 de março - A Stihl do Brasil ganha o prêmio Distinção Indústria, da Fiergs, com a motobomba Stihl P840. O empresário Arthur Franco recebeu a distinção, em nome da empresa leopoldense.
* 18 de junho - Ministro da Previdência, Antônio Britto, vem inaugurar o posto informatizado do INSS.
* 12 de junho - A bonita Alexandra de Azevedo, eleita Miss São Leopoldo, foi uma das dez finalistas do Miss RS 1993, em Esteio.
* 17 de julho - Sociedade Orpheu é sede do "Baile Cidade de São Leopoldo", promoção alusiva a 169 anos do município, quando são homenageadas com troféus, pela prefeitura e Orpheu, as Caras de São Leopoldo: Carlos de Souza Moraes, Carlos Froner, Ernesto Dörnte, Glodomiro Martins, Maria Emilia de Paula (in memorian), Telmo Müller e Ribeiro Pires.
* 10 de setembro - O triatleta Fernando Diefenthaler sagra-se vencedor da Copa do Mundo de Thriatlon, em Ilhéus, na Bahia.
* 30 de julho - Ocorre a inauguração da nova pista de atletismo do Complexo Desportivo da universidade, em solenidade prestigiada por atletas, autoridades e grande público.

1994

*31 de janeiro – A inflação do mês chega a 39,07%.
*5 de março – Dois CAICs – Centro de Atendimento Integral à Criança – são inaugurados pelo governador Alceu Collares e pelo ministro da Educação, Murilo Hingel, nos bairros Jardim Viaduto e Feitoria.
*28 de março – A tradicional Casa Mena, o conhecido magazine do Vale do Rio dos Sinos, encerra atividades, após 103 anos de trabalho.
* 30 de março - O Cine Independência, tradicional casa de espetáculos fundada em 1924 – primeiro teatro, depois cinema - encerrou atividades. Decisão chocou a cidade, mas muitos que criticaram a decisão, não iam às sessões de cinema.
* 31 de março - Inflação atinge 45,71% no terceiro mês.
* 1º de maio - Dor nacional. Morre Ayrton Senna, o consagrado piloto brasileiro de Fórmula 1 na sétima volta do Grande Prêmio da Itália.
* 11 de junho - Lula, Olívio Dutra e José Bisol, fazem grande comício do PT em apoio ao candidato à Presidência.
* 1º de julho - Plano Real começa a vigir em todo o país.
* 17 de julho - Festa na cidade e em todo o país pela conquista do tetra mundial de futebol nos EUA.
* 13 de agosto - O PV Sinos completa 20 anos de existência, reúne 500 convidados no Orpheu e realiza com grande sucesso o projeto "Sinos da Terra" agraciando com troféus, pessoas e instituições ligadas à arte, cultura e educação.
* 3 de outubro - Dos 13 candidatos leopoldenses apenas dois – Miguel Rossetto (deputado federal pelo PT, 25.455 votos) e Antônio Barbedo, (PMDB, deputado estadual, 27.943 votos) foram eleitos. No plano federal, Fernando Henrique Cardoso foi eleito Presidente do Brasil.
* 30 de outubro - A inflação oficial é de apenas 1,82%.
* 15 de novembro - Antônio Britto é eleito governador do RS com 52,2% dos votos contra 41,8% de Olívio Dutra. No plano municipal, Olívio venceu Britto.
* 25 de novembro – A IX Olimpíada Estadual do Sesi é um sucesso reunindo no ginásio de esportes sesiano e em mais 12 locais, 954 atletas de 128 equipes de 48 municípios, competindo em 17 modalidades esportivas. Um público totalizado em 40 mil pessoas assistiu a todos os jogos realizados.

1995

* 15 de janeiro - Inauguração do Imálas, centro de lazer instituído pelo dr. Cristov Becker e esposa dra. Venina Becker no bairro Rio Branco.
*11 de janeiro – Sociedade de Canto Fazenda São Borja completa 70 anos
*12 de janeiro – O prof. Victor Becker assume a 2ª Delegacia de Educação.
*28 de fevereiro – o ministro dos Transportes, Cloraldino Severo, inaugura o Museu do trem.* 7 de maio - Sociedade Esportiva Guarany (Scharlau) completa 50 anos
*15 de março – Morre, aos 76 anos, o professor e presidente do Sindicato dos Contabilistas, Oscar Fick
*9 de abril – Morre, aos 67 anos, a professora e líder de Clubes de Mães, Maria Clélia Dias Câmara.
*13 de maio – Morre, aos 64 anos de idade, o ex-reitor da Unisinos, padre e professor Herbert Wetzel.
* 25 de maio - O "rei" Roberto Carlos apresenta seu show Luz, no ginásio de esportes, para um público de 8.500 pessoas.
* 10 de julho - RUA GRANDE completa 30 anos, recebendo grandes homenagens comunitárias.
* 14 de julho - O estacionamento pago foi implantado nas ruas centrais.
*25 de julho – Morre, aos 41 anos, o tradicionalista Luiz Carlos Veríssimo, fundador de vários CTGs, entre os quais, o Estância da Amizade.
* 31 de agosto - Grande festa gremista na cidade com o bi da Libertadores conquistado na Colômbia, diante do Nacional.
*1º de setembro – Morre, aos 79 anos, o professor Arnildo Hoppen, ex-diretor do Colégio Sinodal e ex-vereador
* 15 de setembro - O Cine Brasil, inaugurado em setembro de 1939, encerrou atividades
*30 de setembro – Inaugurada a UBAM/Feitoria, a primeira unidade básica de atendimento médico no município, idealizada pelo homem público José Antonio Kanan Buz.
*2 de outubro – Morre, aos 96 anos, o representante comercial Ernesto Genuino Dörnte, o "Opa" uma das pessoas mais conhecidas e estimadas da comunidade.
*28 de novembro - Grande festa prestigiada por mais de duas mil pessoas, inaugura o Factory Beer, a fábrica de cerveja da cidade, mais um empreendimento Jandir da Rosa.
*10 de novembro – Inaugurada a Rádio Unisinos 103.3 FM
*21 de novembro – Morre, aos 91 anos, o representante comercial aposentado, Clarimundo Klein.
* 24 de novembro - O Presidente da Alemanha, Roman Herzog, e esposa Christiane visitam São Leopoldo, sendo recebidos na praça do Imigrante, pelo prefeito Waldir Schmidt e pelo vice Ronaldo Ribas, visitando após o Museu Histórico e a Unisinos.
* 2 de dezembro - Lions SL-Centro completa 40 anos.
*2 de dezembro – Morre, aos 70 anos, o empresário Rudolf Bloebaum, diretor da IEC/Indústria de Equipamentos Cinematográficos.
*2 de dezembro – Morre, aos 55 anos, o empresário Horst Friedrich, diretor da Röhm Brasileira e vice-presidente da ACIS/SL.
*8 de dezembro - Morre, aos 67 anos, o sr. José Rodrigues Machado, o Machadinho, um dos mais antigos garçons leopoldenses.
*19 de dezembro – Morre, aos 87 anos, o escrivão aposentado José Luiz Corrêa da Silva, que durante mais de 40 anos dirigiu o cartório do registro Civil.
*24 de dezembro – Morre, aos 56 anos, o fotógrado Nilo Winter, durante muitos anos um dos colaboradores da revista RUA GRANDE.

1996

* 12 de janeiro - Primeira visita oficial do governador Antônio Britto à cidade, trazendo boa notícia: a retomada das obras dos diques.
* 14 de fevereiro - Incêndio destrói por completo o prédio da lojas Bomlar, antigo Cine Independência, mas a fachada em estilo arquitetônico foi salva e preservada pelos bombeiros.
* 17 de fevereiro - Semtur inaugura arquibancadas no sambódromo, realiza carnaval de rua com vitória da mais jovem escola da cidade, a Imperatriz Leopoldense.
* 10 de maio - Inaugurada a Casa Aberta "Padre Cândido Santini" idealização do advogado Raul Szulcsewski, apoiada pelo poder público e entidades.
* 15 de maio - Inauguração do Shopping Rua Grande,, empreendimento liderado pelo empresário Nadir Klein.
* 22 de junho - Comemorados com grande concerto, no anfiteatro Padre Werner, os 30 anos do Coral Unisinos.
* 19 de junho - Inaugurado o Centro de Pequenas Compras, no quarteirão da João Becker, Bento, Brasil e Saldanha da Gama.
* 6 de julho - Lula, presidente nacional do PT, vem à cidade e participa de café da manhã em Scharlau e caminhada pela rua principal, em apoio aos candidatos Ronaldo Zülke e Ary Vanazzi, esquentando a campanha política municipal.
* 9 de julho - O ginasta leopoldense Michel Hoefel, 13 anos, conquistou o bicampeonato na Copa Alemanha, em Santiago do Chile.
*13 de julho – A UPAN completa 25 anos, liderada pelo professor e ecologista João Ignácio Daudt.
* 16 de julho - O advogado e secretário municipal André de Alexandri assume funções de Prefeito Administrativo, por delegação do prefeito Waldir Schmidt.
* 21 de julho - Romaria, missas e palestras no Santuário Sagrado Coração de Jesus assinalaram os 50 anos da morte do padre João Baptista Reus.
* 23 de julho - Emergência "Antonio Tesser" inaugurada no Hospital Centenário, prevê atendimento simultâneo de 30 pessoas
* 24 de julho - Inaugurada placa comemorativa aos 150 anos da Câmara Municipal de Vereadores, no plenário, e, à noite, em sessão solene da Ginástica, com homenagens aos ex-presidentes do Legislativo.
*9 de agosto – O jovem atleta leopoldense Michel Hoefel, 13 anos, sagra-se ginasta bicampeão pela Sogipa, na "Copa Alemania" em Santiago do Chile.
* 9 de agosto - O empresário Hélio Wosiack, diretor da Recrusul e presidente do Sindimetal, agraciado com a Comenda do Mérito do Trabalho, pelo TST em Brasília.
* 16 de agosto - O advogado Sezefredo Fabrício, presidente da subseção da OAB, recebeu a Comenda Oswaldo Vergara, a mais alta condecoração da OAB/RS.
* 22 de agosto - O deputado estadual Antonio Barbedo conquista sua oitava eleição consecutiva como líder dos eletricitários gaúchos, vencendo em 30 das 34 regiões.
* 23 de agosto - O líder nacional do PDT, Leonel Brizola, fez caminhada na rua principal, em apoio ás candidaturas Olímpio Albrecht e Nado Teixeira.
*23 de agosto – Inaugurada a Emergência "Antonio Tesser" no Hospital Centenário, homenageando o enfermeiro que, em vida, prestou durante anos relevantes serviços ao hospital e à comunidade.
* 13 de setembro - Centenário da Sociedade de Cantores Arroio da Manteiga, liderada por Bertholdo e Rosa Berger, comemorada em grande solenidade na sede social reunindo autoridades e associados.
* 24 de setembro - Governador Antônio Britto vem inaugurar o Centro de Operações da Polícia Civil.
* 3 de outubro - Ronaldo Ribas e Kanan Buz, ambos do PMDB, eleitos prefeito e vice-prefeito, com 44.874 votos (10.126 a mais) sobre Ronaldo Zülke e Ary Vanazzi, ambos da Frente Popular, que fizeram 34.748 votos. O ex-prefeito Olímpio Albrecht (PDT/PL) somou 8.776 votos, e o advogado Rudy Ritter (PSDB) teve 1271 votos. O total de votos válidos chegou a 97.010 votos.
*4 a 11 de novembro – O grupo de danças folclóricas Liebe Zum tanz, parceria cultural entre a universidade e a Sociedade Atiradores de Dois Irmãos, realiza exitosas apresentações na Alemanha.
* 3 de dezembro - Prédio da centenária Sociedade Orpheu (salão de festas, boate e restaurante) destruído em grande incêndio, fato que chocou a cidade.
*11 de novembro – O jornal "Vale do Sinos" completa 25 anos de existência na comunidade leopoldense e regional.
* 18 de dezembro - Solenidade de diplomação dos eleitos no pleito municipal de outubro, pela juíza eleitoral Edith Nepomuceno, no salão de atos do Fórum.

1997

* 1º de janeiro - O prefeito Waldir Schmidt transmite a chefia do Poder Executivo ao prefeito eleito Ronaldo Ribas, em solenidade realizada no auditório da Biblioteca Olavo Bilac.
* 19 de janeiro - Assemplife (Associação dos Empresários e Profissionais Liberais de Feitoria) elege seu primeiro presidente, Carlos Gilberto Wolff.
* 3 de fevereiro - Cerca de 1.500 famílias desocupam área de terras da família Justo e outra da Terraplan, ocupada desde o início do ano.
* 5 de fevereiro - Acis, Assempli e CDL indicam nome do empresário Renato Nunes, nomeado pelo executivo para a Superintendência de Fomento à Indústria, Comércio e Serviços.
* 3 de agosto - Finalíssima da III Copa América de Futsal lota o ginásio de esportes, com vitória da equipe brasileira sobre a Argentina. Exitosa promoção da Semtur.
* 13 de setembro - Reinauguração da Sociedade Orpheu, reconstruída após o incêndio de 1996. Uma grande festa com 1.500 pessoas teve o grande show da Família Lima e emocionado discurso do presidente André de Alexandri.
* 21 de outubro - Inaugurado o I Crematório da região Sul no Cemitério Ecumênico Cristo Rei.
*8 de dezembro – Morre, aos 55 anos de idade, o advogado Raul Szulcsewski, ex-presidente do Rotary Sul, presidente da subseção da OAB em três mandatos, mestre maçom, presidente do Comdedica, idealizador e incansável batalhador da Casa Aberta "Padre Cândido Santini". Um exemplo de trabalho e atuação comunitária.
• 9 de dezembro - Inauguração da estação Unisinos da Tremsurb, com presença do presidente Fernando Henrique Cardoso, governador Antônio Britto, ministro Eliseu Padilha, prefeito Ronaldo Ribas, autoridades e convidados. A obra de extensão da linha férrea do metrô da capital até a conclusão da estação levou 13 anos para ser concluída e inaugurada pelo Ministério dos Transportes.
• *12 de dezembro - A Câmara Municipal retorna a seu antigo prédio, restaurado, diante da praça do Imigrante.

1998

* 20 de janeiro - Nos 140 anos do clube social mais antigo do brasil, lançado o livro Sociedade Orpheu – da História de um nome à identidade de um Clube, pesquisado e escrito por Eloísa Capovilla da Luz Ramos, Míriam Fialkow e José Carlos Eggers.
* 31 de março - O polêmico corredor de ônibus na rua Bento Gonçalves, implantado pelo governo municipal, continua gerando reclamações de moradores. A movimentada rua tem circulação diária de 1.328 ônibus e cerca de três mil carros.
* 10 de junho - São Leopoldo ganha sua loja McDonalds, a rede de fast food mais famosa do mundo.
* 25 de julho - A São Leopoldo Fest encerrada com o grande show da cantora daniela mercury, teve, em seus dez dias, uma visitação de 110 mil pessoas.
* 19 de setembro - A cidade foi sede dos XXX Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul teve presença de quase quatro mil atletas. Porto Alegre foi a grande vencedora.
*19 de setembro – O II Encontro Sulbrasileiro de Leo Clubes reúne 250 jovens de três estados, na Sociedade Ginástica. Os jovens homenageiam o casal Edgar e Annemarie Heurich, ele, assessor de Leonismo do distrito L D 2, pelo apoio aos Leo Clubes.
* 25 de outubro - Urnas eletrônicas na apuração do pleito no município foi uma inovação e um grande sucesso de agilidade e precisão. Os votos indicaram a vitória nacional de Fernando Henrique Cardoso reeleito Presidente da República. Olívio Dutra e o leopoldense Miguel Rossetto são eleitos no segundo turno, governador e vice governador, num pleito sensacional. Na cidade, o PT obteve 55.941 votos contra 41.440 da Coligação Rio Grande Vencedor. No primeiro turno, a dobradinha da Frente Popular já havia vencido no município. A cidade elegeu dois deputados: Valdir Schmidt (PMDB), eleito para a Câmara Federal (45.031 votos no RS) e Ronaldo Zülke (PT, deputado estadual) que fez 34.008 votos no RS).
* 16 de novembro - Mais um pioneirismo nacional no município, a implantação de 60 parquímetros na Faixa Nobre.
*26 de novembro – Lançado o IV Luar de Natal, por moradores da rua Jorge Naamann.
* 28 de novembro - Inaugurada a terceira ponte sobre o Sinos – travessia Henrique Roessler, em homenagem ao Pai da Ecologia. Obra municipal iniciada no governo Schmidt foi concluída na administração Ronaldo Ribas, a ponte tem 380 metros de extensão, 14 pilares e a obra teve custo de R$ 1,6 milhões, resolvendo crônico problema de trânsito entre a cidade e a Zona Norte .
*28 de novembro – Um evento inédito no Rs organizado por Cléria Ferreira e pela Acadêmicos do Rio Branco: o I Baile de Debutantes em quadra de escola de samba apresenta 12 jovens ao quadro social em grande festa de gala.
* 1º de dezembro - Ary Vanazzi convidado pelo governador eleito Olívio Dutra para ser o Secretário Estadual de Habitação.
* 2 de dezembro - 45 agentes de trânsito começaram a trabalhar nas ruas da cidade, na orientação e fiscalização do trânsito.
* 5 de dezembro - O 19º BIMtz forma a "Turma Guararapes – 350 anos" do NPOR.
*5 de dezembro – Morre, aos 41 anos, a dra. Rosana Brack Anselmo, médica cirurgiã plástica.
* 10 de dezembro - Morre aos 69 anos, o leopoldense João Felippe Brack, major brigadeiro do Ar, que comandou o V Comar, em 1985.
* 22 de dezembro - Ernesto Grandi (PTB) eleito Presidente da Câmara de Vereadores.

1999

* 4 de janeiro - Inaugurado Posto Policial da Mulher junto à 1ª DP.
* 10 de janeiro - Ativistas do Greenpeace vem examinar índice de poluição das águas do Sinos, a convite da Semmam. Índices coletados de metais pesados (mercúrio e chumbo) foram preocupantes.
*11 de janeiro – A tradicional Sociedade de Caça e Tiro São Leopoldo completa 50 anos de existência.
* 6 de março - Morre, aos 71 anos, o professor Ernst Sporket, ex-diretor do Colégio Sinodal.
*19 de março – Inauguração da empresa Ensinger de Plásticos Técnicos, no DI/São Borja, primeira unidade brasileira que escolheu São Leopoldo para sua sede.
* 21 de março - Clube de Regatas Humaitá, resultado da fusão entre os clubes Rio-Grandense e Itapuí, completa 50 anos.
* 25 de março - O 16º GAC/AP recebe em festiva solenidade cívico-militar realizada diante do monumento ao imigrante, na praça de igual nome, a denominação de 16º Grupo de Artilharia de Campanha – Auto-Propulsado – Grupo Visconde de São Leopoldo.
* 26 de março - A Rádio São Leopoldo, tradicional emissora de rádio da região, fundada por Arnaldo Balvé, completa meio século de atividades.
* 29 de março - Morre, aos 83 anos, o empresário João Corrêa da Silveira, patrono do Aimoré e presidente honorário da Sociedade Orpheu.
* 7 de abril - Lançado festivamente, em solenidade no auditório da sede antiga da Unisinos, o Movimento Viva São Leopoldo. Idealização da Prefeitura, Unisinos, Acis e jornal VS, com o objetivo de incrementar campanhas e ações em prol do desenvolvimento do município.
* 7 de abril - Visita oficial do ministro do Exército, general Glauber Vieira, aos quartéis da Guarnição Federa
* 19 de abril - A Liga Feminina de Combate ao Câncer, liderada pela sra. Clecy Soares, completa 40 anos de ação filantrópica na comunidade.
* 25 de abril - Duplicação da avenida Imperatriz Leopoldina, com 2.200 metros de extensão.
* 21 de abril - Grupo de Bolão Tiradentes completa 50 anos, realiza grande festa no Orpheu e inaugura o espaço Tiradentes, sede "Luiz Carlos Albrecht" na sede esportiva Iguassú.
* 28 de abril - A Semec, liderada pela profª Iara Temóteo da Costa realiza solenidade cultural no anfiteatro Pe. Werner, na Unisinos. Foi uma tarde de teatro, canto e dança, em comemoração aos 175 anos da imigração alemã, assistido e aplaudido por mais de 700 pessoas.
* 19 de maio - Inauguração da remodelação da estação rodoviária, com movimento de 6.500 passageiros/dia e opções de 1.230 pessoas.
* 22 de maio - A bonita Ingrid Alfaya conquista o título de Miss RGS Juvenil.
* 27 de maio - Morre, aos 45 anos, o jornalista e compositor Nando D´Ávila.
* 28 de maio - O leopoldense Júlio César Seidl eleito diretor-presidente da Fenac.
* 30 de junho - Inaugurada a primeira fase do Pólo de Informática, com presença do governador Olívio Dutra e do prefeito Ronaldo Ribas.
* 1º de julho - Sessão solene da Cãmara Municipal comemora os 175 anos da imigração alemã.
*2 de julho – Pedro Feiten assume a DRTE/SL, tornando-se, aos 20 anos, o mais jovem subdelegado do Trabalho no RS e no país.
* 3 de julho - Inauguração da UBAM/Scharlau, construída pelo governo municipal.
*10 de julho – A Escola Senai Lindolfo Collor completa 50 anos de trabalho na comunidade leopoldense.
*16 de julho – Solenidade no Museu Histórico, assinala o lançamento do carimbo comemorativo da ECT alusivo aos 175 anos da imigração alemã.
* 25 de julho - Inaugurado pela Semmam, junto à ponte 25 de Julho, no bairro Rio dos Sinos, o monumento em homenagem aos 39 imigrantes pioneiros, que chegaram em julho de 1824. Um barco com 39 pessoas simbolizou a chegada pelo rio dos Sinos, em solenidade assistida por autoridades e grande público.
* 31 de julho - Unisinos completa 30 anos, possui 43 cursos e 27.500 alunos, 27.600 alunos e 931 professores, sendo considerada a maior universidade católica do país. Lançou uma nova logomarca e inaugurou a Unitec, marcando o início da primeira fase do Pólo de Informática, solenidade prestigiada pelo governador Olívio Dutra.
* 19 de agosto - Prefeitura desativa a Faixa Nobre, onde São Leopoldo possuía o pioneirismo dos parquímetros. Decisão é lamentada por vários setores comunitários.
*6 de setembro – Morre, aos 56 anos, o advogado e ex-procurador do município, Almir Chiesa.
*14 de setembro – A tradicional firma Petroll completa meio século de atividades em São Leopoldo, sendo homenageada com sessão solene da Câmara Municipal.
* 19 de setembro - Na remodelada Casa do Imigrante, em Feitoria, obra realizada com apoio do governo municipal, uma grande festa cultural comemorou os 40 anos do Museu Histórico, que ocorreram um dia após. Grupos de danças das escolas Emilio Meyer, Otília Rieth e Visconde, bem como os grupos de danças Compassos da Vida (Sociedade Ginástica) e de Nova Petrópolis, fizeram apresentações de danças folclóricas.
* 30 de setembro - O município atinge o preocupante número de 16 mil pessoas desempregadas.
* 1º de outubro - Lançado em segunda edição, no Museu Histórico, o livro "Antes 1824 Depois" de autoria do professor e historiador Telmo Lauro Müller, editado com apoio cultural do Consulado da Alemanha no Rio Grande do Sul.
* ?? de outubro - Um sucesso o I Circuito Instituto Ayrton Senna Audi de Educação pelo Esporte, realizado na Unisiunos, prestigiado pelos craques Dunga, Ronaldinho gaúcho, Hortência, cantor Netinho e Viviane Senna. Pelo projeto, a Unisinos atende a 450 crianças e adolescentes carentes.
* 26 de novembro - Começa a quarta edição do Luar do natal na rua Jorge Naamann, projeto de seus moradores, que obtém grande visitação pública.
* 10 de dezembro - Inauguração do novo prédio da Biblioteca central da Unisinos, cujo funcionamento oficial será à partir de julho 2000.
* ?? de dezembro - A tradicional Cantina Capri completa 50 anos de existência.

2000

* 7 de fevereiro - A modelo leopoldense Tatiana Fedumenti Rossi, de 15 anos, partiu para Milão, na Itália, realizando desfiles de moda e fotografando para catálogos de moda italiana.
* 11 de março - Outro título estadual para Ingrid Alfaya: ela venceu 80 concorrentes e foi eleita Garota Verão 2000 na promoção da RBS em Capão da Canoa.
* 22 de abril - Os 500 anos do Brasil motivaram solenidade no município e visita de caciques do Xingu, Aritana Yawalapitu e seu irmão Picarumã, que visitaram o prefeito, conversaram com alunos do Yázigi e em escolas e passearam de barco no Sinos. Também plantaram uma muda da Pau brasil no trevo de acesso à cidade.
* ?? de maio - Implantado na PSA Industrial, a sede do Projeto Resgate, destinado a abrigar crianças e adolescentes comprovadamente carentes. A meritória idéia, pioneira no município, é do empresário Léo Porciuncula, diretor da empresa PSA.
* 12 de maio - A violência aumenta, estatísticas sobre assassinatos, assaltos, furtos e roubos crescem e vários atos assinalam reivindicações de maior policiamento-ostensivo preventivo por parte das autoridades e dos organismos de segurança pública. A passeata desta data foi a maior do ano.
* 14 de junho - Morre, aos 77 anos, o dr. Roberto Dörnte, cirurgião-dentista, ex-governador do Lions (distrito L 7) e mestre maçom.
* 10 de julho - RUA GRANDE completa 35 anos de existência e recebe carinhosa homenagem da comunidade leopoldense, em jantar com 350 pessoas no Orpheu.
* 14 de julho - Hipermercado Big inaugurado pelo Grupo Sonae.
* 15 de julho - Morre, aos 69 anos, o ex-vereador Octávio Pedro da Silva, vereador por três legislaturas, ex-presidente da Câmara Municipal, e diretor do Semae nos anos 80.
* 13 de agosto - Morre, aos 60 anos de idade, o empresário Heitor Haubert, ex-presidente do aimoré e do grupo de Bolão Tiradentes.
* 14 de agosto - Inaugurada TV Unisinos com o programa Mídia café, oferecendo cinco horas de programação diária na área do câmpus, produzida por alunos do centro 3.
* ?? de outubro - A cidade elege o deputado federal Waldir Schmidt (PMDB) para seu terceiro mandato como prefeito municipal, ao se tornar o político que fez a maior votação da história do município, com 58.834 votos (57,62%) contra 39.200 votos feitos por Ronaldo Zülke (Frente Popular, 38,53%) e 3.715 votos de André de Alexandri (PPS, 3,65%).
* 20 de outubro - Inaugurada a Estação São Leopoldo da Trensurb acrescendo mais 20 mil passageiros/dia no trecho entre a cidade e a capital.
* 22 de novembro - Morre, aos 82 anos, o dr. Élio Dickie, um dos mais antigos e conceituados médicos da comunidade.
*10 de dezembro – Solenidade inaugural da biblioteca central da Unisinos.

2001

* 1º de janeiro - Waldir Schmidt e José Antônio Kanan Buz assumem como prefeito e vice-prefeito para um mandato de quatro anos.
* 13 de janeiro - O jornalista Júlio César da Silva eleito para a presidência da Assemplife, em Feitoria.
* 19 de janeiro - O leopoldense e ten-cel. Ivan Weber Rosas assume o comando do 19º BIMtz.
* 23 de janeiro - Kanan Buz, médico e vice-prefeito, é o novo Secretário da Saúde, sucedendo ao médico Norberto Vasconcelos.
* 28 de janeiro - Morre, aos 51 anos de idade, em acidente de trânsito no km 46 da RS 040 em Viamão, na colisão de seu carro com um caminhão, o maestro José Pedro Boéssio, regente da Orquestra Unisinos. No mesmo acidente morrem seus filhos Rafael (7) e Mariana (5). A filha Isabela fica ferida. A notícia choca a cidade e a região.
* 15 de março - O advogado Cássio Rocha Heredia é empossado presidente da subseção da OAB/SL, em grande jantar festivo realizado no Orpheu.
* 16 de março - A Unimed Vale do Sinos inaugura na rua Conceição, o Posto de Atendimento e o Hospital/Dia, em solenidade prestigiada por grande público.
* 1º de abril - Morre, aos 61 anos de idade, o maestro João Roberto Homrich, um dos músicos mais conceituados e conhecidos na região. Ele comandou por mais de 25 anos o seu famoso conjunto João Roberto.
* 26 de abril - CDL/São Leopoldo realiza a 32ª Convenção Estadual Lojista, com abertura oficial na Unisinos, reunindo grande número de autoridades e lojistas de várias cidades.
* 19 de maio - O tradicional Colégio Sinodal completa 65 anos de existência.
* 1º de junho - Começa a 43ª Conferência Distrital de Rotary, promovida pelo D 4670 no anfiteatro da Unisinos, reunindo mil rotarianos de 52 clubes representando 31 cidades.
* 6 de junho - A Semec lança o Cartão Cultura 2001 para beneficiar cerca de 30 mil estudantes com descontos especiais (50%) nas quatro salas de cinema da cidade que, nesta data, ainda funcionavam.
* 12 de junho - Instalada na comarca, por determinação do tribunal de Justiça, a 5ª Vara Cível.
* 28 de junho - O dr. Carlos Eduardo Thompsom Flores Lenz, Procurador da República, foi empossado como novo juiz no TRF (Tribunal Regional Federal), em solenidade no salão de atos da UFRGS. Cinco magistrados assumiram suas funções.
* 30 de junho - A revista Playboy elege o Motel Camelot, empreendimento liderado pelo empresário Jandir da Rosa, no bairro Scharlau, um dos dez mais incríveis motéis do país.
* 5 de julho - A Kaefe Engenharia, empresa leopoldense, recebe Prêmio RS Qualidade, do PGQP (Troféu Bronze Nível II) , em solenidade na PUC.
* 18 de julho - O advogado Edson Garcez recebeu o troféu Mérito Satergs, como Advogado Emérito, em grande solenidade no Leopoldina Juvenil.
* 19 de agosto - Morre, aos 83 anos, o dr. Siegbert Saft, ex-prefeito do município (1960-1963).
* 24 de agosto - Cerimônia realizada no salão de festas da Sociedade Ginástica, diante de grande público, diploma os miniempresários de várias escolas, integrantes da 8ª Turma do programa Junior Achievement. Promoção liderada pela Acis.
* 30 de agosto - O jornalista e poeta Fabrício Carpinejar, é o homenageado da 16ª edição da Feira do Livro, pelo relevante destaque cultural de seus livros e pelos prêmios recebidos.
* 12 de setembro - A revista RUA GRANDE realiza a primeira edição de seu Projeto Caminhando Juntos – Troféu Vencedores. A festa homenageia 17 casais na boate da Sociedade Orpheu.
* 15 de setembro - Cenas do filme Paixão de Jacobina, com a atriz Letícia Spiller, que narra o episódio dos Mucker, são rodadas na cidade, no antigo prédio da Unisinos.
* 17 de setembro - O major Antônio Scussel assume o comando do Destacamento Especial de São Leopoldo, hoje 25º BPM.
* 26 de setembro - Morre, aos 64 anos, o ex-craque de futebol Marino Silva, goleador do Aimoré, Grêmio, vice Campeão Panamericano no México, e coordenador da escolinha de Futebol do Aimoré.
* 1º de outubro - O atleta Sérgio Marra, de São Leopoldo, conquista no Rio de janeiro, o título mundial pluma faixa preta (master) no campeonato Mundial de Jiu-Jitsu Master e sennior).
* 5 de outubro - O vereador Alexandre Roso que desde 2 de julho deixou o PTB assina ficha no PHS.
* 19 de novembro - Delegação de empresários da Acis visita a GM em Gravataí.
* 23 de novembro - Morre, aos 88 anos de idade, o sr. Silvio Cola, proprietário da Cantina Capri.
* 27 de novembro - Imprensa conhece as novas instalações da Oncologia centenário, projeto liderado pelo dr. Adalberto Broecher Neto, para atendimento a um universo de mais de 60 municípios do RS. Qualidade de primeiro mundo.
* 11 de dezembro - A TFL Indústria Química Ltda. É a primeira empresa da região a receber a honrosa premiação simultânea ISSO 9001 e 14001. Solenidade é realizada na Sociedade Orpheu.
* 12 de dezembro - Sensacional eleição na Sociedade Orpheu, aponta o cirurgião dentista Miguel Vargas, da chapa de oposição, sucessor do presidente André de Alexandri. Mais de 760 associados foram votar nos dois candidatos (Miguel, oposição, 407, empresário Nadir Klein, situação, 346 votos).
13 de dezembro - Semae, que está completando 30 anos de bons serviços prestados á comunidade, inaugura novo laboratório na Estação de Tratamento de Água.
*14 de dezembro - Vereadora Iara Cardoso (PMDB) eleita presidenta da Câmara Municipal.
* 15 de dezembro - Morre, aos 63 anos, o empresário do setor lojista e ex-vereador do PMDB, Ocitto Mombach.
* 20 de dezembro - Morre, aos 61 anos, o ex-presidente da Sociedade Ginástica, e ex-secretário de Serviços Urbanos, Sereno Hubert.
* 27 de dezembro - Morre, aos 74 anos, o senhor Luiz Carlos Albrecht, patrono do Clube de Bolão Tiradentes.

2002

* 2 de janeiro - O professor, doutor, padre Aloysio Bohnen, assume seu quinto mandato como Reitor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. No mesmo evento, realizado no anfiteatro Padre Werner, lotado por autoridades, convidados, professores e imprensa, assumiram o vice-reitor, professor, doutor, padre Marcelo Aquino, e os pró reitores Pedro Gilberto Gomes (Ensino e Pesquisa), Vicente Oliveira Sant´Anna (Comunitário e de Extensão), Ludger Teodor Herzog (Administração), e Emi Santini Saft (Desenvolvimento), o chefe da gabinete da reitoria, José Moacir Gomes Pereira, e os diretores de Centros: José Ivo Follmann (Ciências Humanas), Cornélia Volkart (Saúde), Ione Mentz (Comunicação), Ielbo Lobo Souza (Ciências Jurídicas), Tiago Alves (Ciências Econômicas) e Silvia Dutra (Ciências Exatas e Tecnológicas).
* 9 de fevereiro - A Escola de Samba Império do Sol vence o Carnaval de Rua por diferença de um ponto, derrotando a pentacampeã Imperatriz Leopoldense. Esta apresentou o tema em homenagem ao comunicador da RBS e jornal Zero Hora, professor e homem público, Ruy Carlos Ostermann, com o tema "Antes de mais nada um cidadão leopoldense".
* 16 de fevereiro - Inaugurada às 12 horas a primeira pista do viaduto João Corrêa na BR-116, em solenidade presidida pelo ministro dos Transportes, Eliseu Padilha. A sonhada obra foi em parte concretizada e viabilizou um trânsito mais racional na movimentada rodovia federal que corta a cidade, possuindo um fluxo diário médio de 70 mil veículos naquela área.
* 28 de fevereiro - Empossado na direção da 10ª região policial, com sede em São Leopoldo e jurisdição sobre 15 municípios da região, o delegado Ranolfo Vieira Júnior
* 8 de março - A Unisinos concedeu, no Dia Internacional da Mulher, a Medalha Santo Inácio de Loyola, a Ellen Gracie Northfleet, ministra do Supremo Tribunal Federal, em reconhecimento aos serviços prestados e à contribuição para o aperfeiçoamento da universidade. A ministra foi professora da disciplina de Direito Constitucional no Centro de Ciências Jurídicas da universidade. Solenidade lotou o anfiteatro Padre Werner.
* 16 de março - O médico e escritor José Carlos Eggers assume a presidência do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, substituindo o escritor Germano Moehlecke, homenageado com o título honorífico de Presidente de Honra da instituição.
* 19 de março - Morre, aos 90 anos de idade, a sra. Ilse Lamb Bier, professora de ioga.
* 1º de abril - A sra. Ana Marlene Müller assumiu a presidência da Apae, sucedendo ao cel. Carlos Alberto Azeredo.
* 2 de abril - Colégio São José, a educação franciscana fazendo a diferença, comemorou 130 anos de existência.
* 12 de abril - A revista RUA GRANDE realiza, com grande êxito, na boate da Sociedade Orpheu, a 10ª edição de sua tradicional festa Essas Mulheres Maravilhosas, homenageando 25 mulheres.
* 15 de abril - A vereadora Iara Cardoso, presidente da Câmara, assume interinamente durante 10 dias, a chefia do governo municipal.
* 22 de maio - Sessão solene da Câmara Municipal homenageia os dois anos do Projeto Resgate, exemplo de responsabilidade social, instituído na comunidade pelo empresário Léo Porciúncula, diretor da PSA Industrial.
* 5 de junho - Morre, aos 73 anos, o padre Orestes Stragliotto, pároco do bairro Rio dos Sinos desde 1982.
* 6 de junho - A comenda Maria Emilia de Paula, instituída pelo governo municipal para marcar o centenário de nascimento da ex-prefeita e presidente da Cruz Vermelha, é concedida pela primeira vez, homenageando o ex-prefeito e decano dos advogados leopoldenses, Carlos de Souza Moraes. A solenidade lotou a sede antiga da Unisinos.
* 7 de junho - Mário Carlet completou 60 anos de trabalho na firma Amadeo Rossi, recebendo homenagem-surpresa da direção e de seus colegas de trabalho.
* 8 de junho - Verônica Stürmer Marinoni eleita Rainha da Imigração Alemã 2002, com as princesas Josiane Borges e Viviane Fleck Dias, em festa realizada na Factory Beer.
* 15 de junho - Morre, aos 79 anos, o empresário e ex-presidente da Acis, Emo Lauro Ruschel.
* 16 de junho - Morre, aos 67 anos, o empresário e ex-presidente do Lions SL-centro, Luiz Antônio Argenti.
* 20 de junho - A empresa Sinosvale recebe, pela sétima vez consecutiva, a distinção concedida pela General Motors do Brasil às concessionárias que atingem seu Padrão A de Qualidade.
* 21 de junho - O Colégio São Luís completa 100 anos de existência.
* 22 de junho - Primeira visita de um pré-candidato à presidência da República, na cidade: Luiz Inácio Lula da Silva chegou na Unisinos às 18h30min. a convite do DCE concedeu entrevista coletiva e após, no complexo esportivo, falou sobre seu projeto de governo para um público de três mil estudantes.
* 28 de junho - Instalação da Câmara de Mediação e Arbitragem de São Leopoldo.
* 29 de junho - Ingrid Alfaya conquista mais um título de beleza – Miss São Leopoldo – em festa da CVB e promoção da RBS.
* 12 de julho - O vereador Alexandre Roso (PHS) entrega ao Ministério Público, fitas gravadas em vídeo que envolvem vereadores, em denúncia que obteve repercussão nacional. Fato ficou conhecido como o "episódio das fitas".
* 23 de julho - Lançado, na Sociedade Ginástica, o livro E A Família Nunca Mais Foi A Mesma, contendo textos escritos pelo dr. Adroaldo e Acélia Diesel, casal fundador da Escola de Pais.
* 8 de agosto - Sessão solene da Câmara de Vereadores homenageia o Dia do Advogado, entrega a medalha "Carlos de Souza Moraes" (criada por projeto de lei do vereador Laerte Gschwenter, do PDT) ao próprio dr. Moraes, decano dos advogados leopoldenses (representado por sua esposa, Odete Rossi de Moraes, e filha Madeleine Rossi de Moraes Hilck), e para a dra. Darclé de Oliveira Cruz, advogada e professora universitária. Subseção da OAB participou do evento como parceira, entregando certificados a seus ex-presidentes. A Câmara homenageou a vereadora Iara Cardoso, advogada, e os consultores jurídicos legislativos Tânia Jungbluth, Suzana Barbosa e Reni Homem.
* 9 de agosto - A OAB/RS homenageou advogados, em sua sede na capital, com a Comenda Osvaldo Vergara, a mais alta condecoração da Ordem. Um dos agraciados foi o dr. Edson Garcez, por sua competência profissional e assinalados serviços prestados ao Direito, em especial, na área da advocacia trabalhista. Medalha foi entregue por seu filho, dr. Cláudio Garcez.
* 12 de agosto - O governador Olívio Dutra vem à cidade presidir o ato inaugural do 2º Centro Regional de Desenvolvimento, Trabalho e Renda, com sede na Independência, 940.
* 15 de agosto - O filme A Paixão de Jacobina, narrando a episódio dos Mucker e filmado em cidades regionais, estréia no Festival de Cinema, em Gramado.
* 19 de agosto - A tradicional empresa Comercial Giering, fundada em 1953 por Johannes Giering e seu filho Erwin, completa meio século de existência.
* 19 de agosto - Morre, aos 82 anos, o comerciante Arno Nils Feldmann, diretor da Madeireira Feldmann e um dos fundadores do Rotary SL-Leste e do Grupo de Escoteiros Sinodal.
* 21 de agosto - Morre, aos 82 anos, no hospital da Ulbra, em Tramandaí, o técnico Carlos Froner. Leopoldense, renomado treinador de futebol, prestou relevantes serviços ao futebol gaúcho e brasileiro, além de ter desempenhado constante atuação comunitária nos anos que residiu em São Leopoldo.
* 28 de agosto - Solenidade prestigiada por autoridades e convidados na inauguração da sede própria do Senergisul/SL, tendo à frente, o delegado regional Jorge Luiz Soares e o presidente estadual dos eletricitários, o leopoldense Antônio Barbedo.
*4 de setembro – Morre, aos 84 anos de idade, o representante comercial aposentado e ex-presidente do Aimoré, Edmar Kappel.
* 17 de setembro - O governador Olívio Dutra inaugura agência do Banrisul/Rio Branco, na avenida São Borja,157.
*20 de setembro – Homenagem ao empresário leopoldense Gilberto Costa, vice-presidente da Synteko e sua equipe de trabalho pelo relevante trabalho realizado na grande empresa, escolhida uma das Cem Melhores Empresas para Você Trabalhar, pelo Guia Exame. Solenidade aconteceu no Via Funchal, em São Paulo.
* 25 de setembro - O São Leopoldo Tênis Clube completa 90 anos de existência.
* 30 de setembro - Unisinos lança o Projeto Unicidade, conceito único na América Latina. Objetivo é, num raio de 100km a partir da sede da universidade, prestar atendimento às comunidades.
* 10 de setembro - O distrito múltiplo Leo Clubes homenageou o casal Edgar e Annemarie Heurich, do Lions SL-centro, por 34 anos de devotado trabalho prestado no desenvolvimento de Leo Clubes em vários distritos leonísticos do Brasil. A homenageou aconteceu na capital gaúcha.
*5 de outubro – Colégio Sinodal inaugura seu Campus avançado no sítio Jacaré do Papo Amarelo, em Lomba Grande.
* 6 de outubro - Lula e José Serra, Rigotto e Tarso Genro são os nomes mais votados para a presidência e o governo gaúcho. São Leopoldo elege o deputado federal Ary Vanazzi (20.350 votos na cidade e 73.248 no RS) e o deputado estadual Ronaldo Zülke (19.856 na cidade e 55.257 no RS). Os deputados federais Eliseu Padilha (mais votado no Estado, com 190.932 votos e Júlio Redecker (188.188 votos) foram apoiados pelos diretórios do PMDB e PP, respectivamente, na cidade.
*15 de outubro – Os leopoldenses Elmar Wurch Filho e Guinther Spode, atletas da seleção do Brasil na Olimpíada Master, retornam de Melbourne, na Austrália. O time de vôlei brasileiro conquistou medalha de prata.
* 27 de outubro - Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, elege-se Presidente da República, com extraordinária votação em todo o país, inclusive em São Leopoldo onde obteve72.446 votos contra 38.091 de José Serra, no segundo turno eleitoral. Germano Rigotto venceu Tarso Genro e foi eleito governador do RS. A cidade acompanhou, atenta, a marcha da contagem dos votos nas urnas eletrônicas.
* ?? de outubro - O leopoldense Gilberto Armando Costa, empresário há 30 anos na Synteko do Brasil, onde exerce a função de vice-presidente executivo, recebe, em São Paulo, em nome de sua empresa, a homenagem como uma das 100 melhores empresas para se trabalhar no Brasil.
* 5 de novembro - A Ferramentas Gedore do Brasil completou 40 anos de existência, data em que seus diretores Matias Körbes, Norberto Dias e Paulo Feilstrecker, receberam em sua sede, representantes de 20 entidades assistenciais e filantrópicas, que fizeram doações para suas obras sociais. A Gedore, produtora mundial de ferramentas profissionais, produz em média, 1,2 milhão de peças por mês e é a segunda maior geradora de impostos do município.
* 11 de novembro - A tradicional Imobiliária Solar completa 30 anos de existência.
* 20 de novembro - O prefeito Waldir Schmidt recebe carinhosa homenagem da comunidade ao completar 30 anos de vida pública. Ato solene é realizado na sede do Museu do Trem.
* 24 de novembro - Morre, aos 51 anos de idade, a dra. Beatryz Ostermayer, juíza do Trabalho aposentada
* 2 de dezembro - Chega à cidade, o corpo do jovem sargento Marco Antônio Farias, de 24 anos, do 19º BIMtz, morto em atentado terrorista em Bali, na Indonésia, em 12 de outubro. Ele fazia parte do contingente que cumpria missão de paz no Timor Leste. O batalhão e a comunidade prestam ao militar as últimas homenagens no cemitério ecumênico Cristo Rei.
* 3 de dezembro - A Assembléia Legislativa aprova por 44x2 votos, projeto de lei que autoriza a implantação de um cartório para o bairro Scharlau, velha reivindicação daquela comunidade.
* 5 de dezembro - O empresário Carlos Bedin é reeleito presidente do C. E. Aimoré.
* 15 de dezembro - Histórica sessão da Câmara de Vereadores que terminou às 5h30min. da madrugada aprecia e vota o "episódio das fitas de vídeo". Os vereadores, em votação aberta, decidem por 19x1 votos pela cassação dos mandatos de seis vereadores (Fernando Fusquine, Fernando Henning, Hamilton Silva, Jorge da Silva, Juvenal Garcia e Valmor Tavares). Outros quatro edis (Adão dos Santos, João Palharini, Joni Homem e Moacir Soares) renunciaram a seus mandatos. Os cassados ingressaram com recurso na Justiça.
* 17 de dezembro - Os suplentes de vereadores cassados e/ou dos que renunciaram, assumem seus mandatos.
* 20 de dezembro - O professor leopoldense André Lawisch assume a direção da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, em Novo Hamburgo.
* 23 de dezembro - Inauguração da nova sede do Banrisul/Scharlau, na avenida Parobé, 396.
* 25 de dezembro - Morre, aos 80 anos, o professor e homem público Leo Verbist. Belga de nascimento, teve destacada atuação na vida educacional e comunitária, lecionando no Colégio Pedro Schneider e na Unisinos, e presidindo a Câmara Municipal em dois períodos (1970 e 1987). Recebeu o prêmio Palmas Acadêmicas do governo da França.
* 30 de dezembro - Realizada a última sessão de cinema em uma das salas do Sinos Shopping. A cidade ficou sem a sétima arte.

2003

* 1º de janeiro - O país acompanha a posse dos novos governantes: Luiz Inácio Lula da Silva na presidência da República, e, aqui no RS, Germano Rigotto, governador. O leopoldense Miguel Rossetto assume o Ministério do Desenvolvimento Agrário.
* 1º de janeiro - O vereador João Miorim (PMDB) é eleito Presidente da Câmara Municipal, por 16x4 votos.
* 2 de janeiro - O vice-prefeito Kanan Buz é convidado pelo governador Rigotto para assumir a direção da FEPPS (Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde), na capital.
* 7 de janeiro - Morre, aos 62 anos, o professor e advogado Ricardo Alexandri Dantas, vitimado em assalto por um bala assassina, quando saía de sua casa pela manhã. O fato chocou a comunidade onde Ricardo, professor de Biologia do Colégio Pedro Schneider durante tantos anos e integrante das diretorias da Sociedade Orpheu, sempre foi pessoa benquista e respeitada.
* 12 de janeiro - A advogada e colunista social Angélica Nery assume a presidência da Associação de Entidades Carnavalescas de São Leopoldo.
* 15 de janeiro - A empresa transportes Spolier, do bairro Scharlau, é incluída no famoso calendário internacional 2003 da Volvo. Uma foto de um dos caminhões da Spolier, trafegando na BR 101 na região de Angra dos Reis, estampa o mês de julho
*22 de janeiro – O empresário Evaldo Mello passa o comando da Assempli ao empresário Renato Nunes, em solenidade que assinala na sede social, a inauguração da galeria dos ex-presidentes da associação.
* 20 de janeiro - Morre, aos 56 anos, o professor Arno Henrique Fick, que lecionou anos do "Visconde" e desempenhou, com eficiência, a função de assessor administrativo do Colégio São José.
* 1º de fevereiro - O ministro das Cidades, Olívio Dutra, veio à cidade viajando no Trensurb, visitando a diretoria do trem metropolitano e o Museu do Trem.
* 7 de fevereiro - Morre, aos 71 anos, o advogado e procurador estadual aposentado Armínio Schneider. Ele foi procurador municipal nos governos Waldir Schmidt e Ronaldo Ribas.
* 2 de março - A tradicional empresa Bins completa 50 anos de existência.
* 17 de março - O cineasta Roberto Farias profere aula magna no centro de Ciências da Comunicação, no curso de realização Audiovisual, o primeiro do RS. O cineasta Jorge Furtado e a atriz Regina Casé participam da palestra, no anfiteatro padre Werner.
* 19 de março - Morre, aos 94 anos, o sr. Aníbal Lopes Diniz, fundador, primeiro secretário e atleta do C. E. Aimoré, ferroviário aposentado, e mestre maçom.
* 20 de março - Morre, aos 63 anos, o médico João Henrique Thorell, ex-diretor do Hospital Centenário, onde prestou durante anos, eficiente trabalho.
* 21 de março - Fundação oficial do Lions SL-Feitoria, na sociedade Independência. O clube liderado pelo casal-presidente Dionei e Luiza Gonçalves, teve como padrinho o Lions SL-centro.
* 22 de março - O professor, pesquisador e arqueólogo, padre Pedro Ignácio Schmitz, da Unisinos, recebe a "Medalha Sylvio Torres", pela FAPERGS (Fundação de Apoio à Pesquisa), pelo relevantes serviços prestados.
* 26 de março - Morre, aos 47 anos, o ex-vereador João Palharini.
* 7 de abril - Fundado por empresários e profissionais liberais liderados pelo dr. André de Alexandri, o Clube do Charuto, com reuniões semanais na charuteria Favorité.
* 14 de abril - Morre, aos 77 anos, o padre Clemente Steffen S.J. professor e pesquisador, um dos idealizadores do curso de Biologia da Unisinos.
* 16 de abril - o advogado André de Alexandri assume a Semedes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social).
*21 de abril – A imobiliária Nilo Uebel completa dez anos de existência.
* 24 de abril - Grande festa do consulado do Grêmio, no Espaço Tiradentes, reúne dirigentes e torcedores do clube e homenageia o ex-craque Breno Steffen (Geada), centroavante gremista nos anos 50.
* 28 de abril - A UTI Neo Natal do Hospital Centenário recebe o nome de João Henrique Thorell, em saudosa homenagem ao médico falecido em 2003.
* 1º de maio - O Lar Santa Elisabeth, antigo hospital e sanatório localizado junto ao Colégio São José, completa 100 anos de existência.
* 8 de maio - O escultor Valfer Frasson conclui sua obra "Madona com Cristo", exposta a partir deste mês no santuário da Basílica de Aparecida, em São Paulo.
* 10 de maio - O Senai Cetemp (Centro de Mecânica de Precisão) completa 20 anos de trabalho na comunidade.
* 13 de maio - A escola Visconde de São Leopoldo completa 90 anos.
* 14 de maio - Solenidade prestigiada por autoridades e integrantes da Ordem, comemora os 50 anos de existência e atuação da Augusta e Respeitável Benfeitora da Ordem e agora Mui Excelsa Loja Maçônica Inconfidência. Evento realizado na sociedade Orpheu reuniu 200 pessoas.
* 23 de maio - O jornalista Oziris Marins, veio relatar aos jornalistas leopoldenses, seu trabalho na cobertura da guerra do Iraque, para os veículos da RBS. Foi convidado pela delegacia regional do Sindicato dos Jornalistas.
* 25 de maio - Comemorado o centenário da Comunidade Luterana Concórdia. Culto oficial é prestigiado pelo Reverendo Doutor Carlos Walter Winterle, presidente da Igreja Evangélica Luterana do Brasil.
* 5 de junho - Em solenidade oficial na sede antiga da Unisinos, prestigiada por autoridades e convidados, o governo municipal homenageia o ex-ministro Arnaldo Prieto com a "Comenda Maria Emilia de Paula"
* 7 de junho - A atleta leopoldense Sheila Suzana Steigleder, 19, anos, da Sogipa, é a única gaúcha a integrar a delegação brasileira ao mundial de Bola 16 na Bélgica.
* 8 de junho - O evento São Leopoldo em Dança, idealizado por Margit Kolling, reúne 1569 bailarinos em 237 obras coreográficas, durante vários dias no palco da Sociedade Ginástica. Um sucesso.
* 10 de junho - O Semae, a Unisinos, o SESI São Leopoldo e o Senai Cetemp são agraciados com o Prêmio Qualidade RS, na capital.
* 12 de junho - Morre, aos 79 anos, o corretor Gesner Reis, fundador da Máxima Seguros, presidente do C.E. Aimoré em seis períodos e integrante do Clube do Espeto, Grupo Tiradentes e Sociedade Orpheu.
* 10 de junho - Eleitas a rainha da imigração alemã 2003 de São Leopoldo, Elisa Bender Storck, sucessora de Verônica Stürmer Marinoni, e as princesas Roberta Sorgetz e Thaís Cerutti.
* 1º de julho - O jornalista e poeta Fabrício Carpinejar, autor de quatro livros e sete importantes prêmios, entre os quais, o Prêmio Nacional Olavo Bilac, concedido pela Academia Brasileira de Letras, é homenageado em sessão solene da Câmara Municipal. Por proposta dos vereadores Aníbal Moacir (PSDB) e Ronaldo Teixeira da Silva (PT), o jovem poeta leopoldense dá nome a um prêmio literário entre estudantes leopoldenses.
* 1º de julho - Morre, aos 94 anos, o ex-prefeito, advogado e escritor Carlos de Souza Moraes.
*10 de julho – A jovem atleta Cassuza Fornari sagra-se campeã mundial de jiu-jutsi (categoria médio em competição internacional no Rio de Janeiro.
* 17 de julho - O dr. Enio Coelho assume a presidência do Consepro.
* 19 de julho - No início da São Leopoldo Fest 2003, uma caravana de 30 jornalistas da ARI (Associação Rio-Grandense de Imprensa), liderados pelo presidente Ercy Torma, visitaram a festa e receberam homenagem da comunidade.
* 23 de julho - A Aldef, liderada pelo empresário José Nestor Moraes, inaugura sua nova sede, rua Santo Antonio 649.
* 25 de julho - O barco Martim Pescador faz sua primeira viagem pelo Sinos, saindo do pier Humaitá e condsuzindo o governador Germano Rigotto, prefeito Waldir Schmidt, autoridades e convidados, no dia festivo da imigração alemã e aniversário da cidade.
* 27 de julho - A São Leopoldo Fest 2003 encerra-se com números surpreendentes e vitoriosos: 105.941 visitantes, 36 shows musicais e culturais, a maioria valorizando a prata de casa, prestígio de grande número de autoridades, expressiva presença empresarial, comercial e de serviços na Exposinos, e marcante atuação das entidades filantrópicas e assistenciais. Um sucesso Semedes.
* 2 de agosto - O jovem Rrodrigo Bosi, de São leopoldo, eleito "O homem mais bonito do RS" em promoção da RBS.
* ?? de agosto - A Imobiliária Nilo Uebel, liderada pelo mais antigo corretor de imóveis da comunidade, completa seu décimo aniversário de existência.
* 19 de agosto - Câmara Municipal realiza sessão solene em homenagem ao Dia do Advogado, proposição apresentada pelo vereador Laerte gschwenter (PDT). A subseção da Ordem entrega a "Comenda Carlos de Souza Moraes" aos advogados Talita Centeno e Joaquim Ebling Rodrigues, e certificados aos ex-presidentes da subseção, entre os quais, o dr. Ary Andreazza, fundador e primeiro presidente da OAB/SL. No mesmo evento, o legislativo homenageou seus consultores jurídicos Tânia Jungbluth, Suzana Barbosa e Raquel Gschwenter.
* 21 de agosto - O Legiuslativo leopoldense homenageia o cinqüentenário da Loja Maçônica Inconfidência e o Dia do Maçon. O venerável mestre, Marco Antônio Machado, recebe em nome da Ordem, placa alusiva à data, entregue pelos vereadores Carlos Alberto Azeredo (PMDB) e Genésio Monteiro (PP).
* 21 de agosto - Morre, aos 77 anos, o sr. Alcyr da Silva, ex-presidente da Sociedade Orpheu.
* 24 de agosto - Viação Leopoldense completa 35 anos de serviços prestados ao setor de transporte coletivo na comunidade.
* 4 de setembro - Inaugurado o novo e amplo prédio da receita federal (2.400m2) na avenida Dom João Becker.
* 15 de setembro - o centenário do Grêmio Porto-Alegrense é comemorado no RS e pelos gremistas da cidade.
* 16 de setembro - O Centro Médico São Leopoldo completa 30 anos de existência.
* 22 de setembro - Fundado na Sociedade Orpheu, o grupo artístico-cultural Die Freunde, com 80 participantes da terceira idade, sob cooordenação da perofessora Líria Meurer Lawisch.
* 3 de outubro - Luciane Goettert eleita Glamour-Girl de São Leopoldo, sucedendo Verônica Stürmer Marinoni, em jantar promovido pela LFCC (Liga Feminina de Combate ao Câncer).
* 7 de outubro - Realizado o Projeto Ambiente Internacional de negócios, idealizado pela Acis, Unisinos e Prefeitura Municipal.
*O livro "Cem Voltas ao Passado", escrito pelo serventuário de Justiça aposentado, Victor Hugo Moog, é lançado na comunidade.
* 15 de outubro - O advogado Domingos dal Moro eleito novo presidente do Partido Progressista.
* 16 de outubro - Morre, aos 78 anos, o comerciante Agnelo Moacir Brenner, ex-vereador de Araricá.
* 18 a 26 de outubro - Realizada com sucesso de público e vendas, a 18ª Feira do Livro Ramiro Frota Barcelos, promoção do Departamento de Cultura no Museu do Trem, totalizando 23.604 visitantes e vários shows com artistas leopoldenses.
* 20 de outubro - Morre a sra. Jessy Groth Martinez, professora aposentada e ex-consulesa do Paraguai no RS.
* 25 de outubro - O sr. Pedro Ivo Marques é reeleito presidente da Assemplife (Associação dos Empresários e Profissionais Liberais do bairro Feitoria)
* 31 de outubro - Lançado pelo prefeito Waldir Schmidt e pelo secretário André de Alexandri, do Desenvolvimento Econômico e Social, o DI/Distrito Industrial de Feitoria, uma área de 4,75 hectares.
* 4 de novembro - O deputado Ronaldo Zulke, do PT, lança a sua Campanha pela Paz, um projeto estadual para combater a violência, na sede antiga da Unisinos.
* 14 de novembro - O Lions SL-Padre Reus, liderado por seu casal-presidente Nadir e Rosânia Klein, festeja os 20 anos de atuação comunitária do clube leonístico. O jantar festivo na Ginástica é prestigiado por grande público e tem renda revertida para a LFCC, Associação Vida Nova e Casa Aberta "Padre Cândido Santini".
* 19 de novembro - Visita oficial da rainha Silvia Renata Somerlath, da Suécia, fundadora e presidente da WCT (World Chilhood Foundation) à sede do Proame/Cedeca, no centro, e à casa comunitária do Cedeca na Cohab-Feitoria. O Proame presta atendimento a mais de 800 crianças e adolescentes na cidade e região. Ao meio-dia, a soberana almoçou no pós ao complexo Deca, uma empresa do grupo Duratex no DI/São Borja.
* 5 de dezembro - O empresário Raul Heller toma posse na presidência do Sindimetal, em jantar festivo realizado no Centro das Indústrias. Ele sucedeu ao empresário Hélio Wosiack, que presidiu o grande sindicato patronal em sete mandatos (21 anos) e liderou a construção do edifício Centro das Indústrias, na rua São Paulo. Wosiack foi homenageado pelo sindicato, sendo escolhido seu Presidente de Honra.
* 6 de dezembro - A jovem Janaína de Moraes, da empresa Massaroca, foi eleita A Mais Bela Comerciária de São Leopoldo 2003. As princesas: Raquel Oliveira Mattos, da Decorville, e Daiana da Silveira, da Vídeo Klip. Lisiane de Moura foi eleita Miss Simpatia. Realização do promotor Sidnei Roberto na Factory Beer.
* 9 de dezembro - O dr. Miguel Vargas é reeleito presidente da Sociedade Orpheu para um período de dois anos; o empresário Mário Lerner é reeleito presidente da Sociedade Ipiranga, por igual período.
* 11 de dezembro - O empresário Walter Seewald é reeleito presidente do Sindilojas.
* 18 de dezembro - A CDL inaugura seu auditório (150 pessoas, restaurante e galeria dos ex-presidentes, em solenidade liderada pelo seu presidente Egydio Zilles e prestigiada pelo presidente nacional da Federação de CDLs, Carlos Henrique Levandowski, autoridades e lojistas.
* 20 de dezembro - Morre, aos 89 anos, a professora Lourdes Brack Thorell, que lecionou Música na escola Visconde e no Colégio Pedro Schneider, para três gerações de alunos.
* 28 de dezembro - O vereador João Miorim (PMDB), presidente da Câmara de Vereadores, repassou a quantia de R4 840.533,84 à prefeitura, em virtude da economia realizada em 2003 no Legislativo. Miorim externou o desejo de que o recurso aplicado em saúde, segurança pública e assistência social e o gesto de Miorim foi elogiado pelo prefeito Waldir Schmidt, "por se tratar de fato raro no Brasil, que deve serevir de exemplo para outras esferas do poder público". Ao encerar o ano, o vereador Miorim também deixou no caixa da Câmara, mais R$ 104 mil para o próximo presidente iniciar sua gestão com recursos próprios.

2004

* 1º de janeiro - Às 9h45min. do primeiro dia do ano 180 da imigração alemã, nasceu a primeiro leopoldense do ano, a menina Tauane, pesando 2,8 quilos e medindo 46 centímetros, filha de Mara Joelci da Silva, que mora com a sogra e estava desempregada.
* 1º de janeiro - Vereador Aníbal Moacir da Silva (PSDB) toma posse como novo presidente da Câmara Municipal, substituindo o vereador João Miorim (PMDB).
* 7 de janeiro - Consepro realiza sua primeira reunião do ano, debatendo o monitoramento eletrônico da cidade por câmeras de vídeo, a ser instalado este ano.
* 9 de janeiro - O 161º aniversário do 19º BIMtz é comemorado com formatura e entrega de diplomas Amigo do Batalhão pelo Ten.-cel. Izaias de Macedo, comandante da unidade. Entre os agraciados, os colunistas sociais Celeste Porto e Nando Oliveira, de RUA GRANDE.
* 13 de janeiro - Fiscalização da Semedes começa a atuar em ruas centrais para inibir o comércio ilegal de camelôs na rua principal.
* 13 de janeiro - Grupo de 13 alemães da região de Kaiserlautern, no Estado da Renânia, no oeste da Alemanha, visitou o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo.
* 15 de janeiro - Troca de comando no quartel do 16º GAC/AP: o ten.-cel. Eduardo Ribeiro Corrêa é substituído pelo Ten.-cel. Severino de Ramos Bento da Paixão.
* 16 de janeiro - Um período de quase 20 dias sem chuva somados à grande quantidade de poluentes jogados no Sinos, compromete a vida de peixes. Conclusão feita por técnicos da Fepam, que percorreram trecho de cinco quilômetros no rio.
* 18 de janeiro - Morre, aos 97 anos, a professora Esther Stabel de Paula, que lecionou para três gerações de alunos na escola estadual Visconde de São Leopoldo.
* 21 de janeiro - A maquete alusiva à Rota Romântica, desenvolvida pela arquiteta Fátima Ramos, da Semov, em conjunto com a arquiteta Daniela Friedrich e o estagiário Rafael Souza, foi mostrada ao prefeito Waldir Schmidt. Iniciativa do Movimento Viva São Leopoldo, o símbolo será erigido na área do Colégio Concórdia, junto à divisa da cidade com Sapucaia do Sul, onde inicia a Rota Romântica.
* 28 de janeiro - Morre, aos 47 anos, a sra. Anelise Renner, esposa do prof. Ivan Renner, diretor do Colégio Sinodal.
* 29 de janeiro - Inaugurada a Farmácia da Terceira Idade, no ginásio de esportes, junto à farmácia municipal.
* 30 de janeiro - O Colégio Científico Porto Seguro é autorizado pelo Conselho Estadual de Educação, para implantar o EAD (Ensino a Distância), mais um pioneirismo daquela colégio.
* 1º de fevereiro - Fiéis acompanharam a procissão de Navegantes, iniciada na paróquia Santo Inácio sendo trazida pelas ruas do bairro até a sede do Humaitá. Após, foi feito passeio no Sinos no barco Martim Pescador.
* 2 de fevereiro - Inicia a tradicional liquidação de verão, idealizada pela CDL nas lojas leopoldenses.
* 3 de fevereiro - Biblioteca da Unisinos recebe o troféu "Cultura Gaúcha 50 anos", entregue pela secretaria estadual de Cultura, no MARGS, e recebido pelo vice-reitor, Marcelo Aquino. O diretor da biblioteca, Lodomilo Mallmann e o padre Luiz Marobin também foram homenageados.
* 7 de fevereiro - Área da prefeitura no bairro São Miguel, invadida por 10 famílias. Administração solicita reintegração de posse.
*10 de fevereiro – O Aeroclube do bairro Scharlau começa a deixar o município, instalando-se em nova sede e campo de pouso e decolagens no município de Eldorado Sul.
* 16 de fevereiro - 30 mil alunos retornam às aulas na Unisinos.
* 17 de fevereiro - Câmara Municipal aprova por unanimidade, quatro projetos oriundos do Executivo, concedendo incentivos para empresas atuais e a novos investimentos empresariais para o município.
* 21 de fevereiro - A escola de samba Império do Sol sagra-se campeã do carnaval de rua organizado pela Semedes. Um público de 20 mil pessoas prestigia o desfile de rua.
* 26 de fevereiro - Grupo Editorial Sinos lançou o projeto ABC Alfabetizando, em solenidade na sede antiga da Unisinos, com o objetivo de congregar voluntários em 38 municípios dos Vales do Sinos, Caí e Paranhana, no processo de alfabetização de adultos. O secretário estadual de Educação, José Fortunati, prefeitos e autoridades prestigiaram o evento.
* 26 de fevereiro - No anfiteatro Padre Werner, da Unisinos, começou o ano letivo 2004 para 1.164 professores da rede municipal de ensino, e ocorreu o lançamento oficial das comemorações dos 180 anos da imigração alemã. O grande público ouviu a palestra da prof. Heloísa Capovilla da Luz Ramos, da Unisinos, que falou sobre o tema Imagens urbanas (re)visitadas / São Leopoldo 1824-2004. O vice governador Antônio Holfeldt e o secretário estadual de Educação, José Fortunati, prestigiaram a solenidade. O evento foi encerrado com a apresentação da peça Destino d´água, por 39 alunos e ex-alunos das escolas municipais, igual número dos primeiros imigrantes que desembarcaram no Sinos em 25 de julho de 1824.
* 28 de fevereiro - Viaja rumo à Alemanha, a delegação oficial do município, com o objetivo de divulgar em organismos públicos e empresas daquele país, os 180 anos da imigração alemã. A delegação, chefiada pelo prefeito Waldir Schmidt, foi constituída pelo Secretário estadual da Cultura, Roque Jacoby, padre Aloysio Bohnen, reitor da Unisinos; secretários Henrique Prieto (Semmam) e Carlos Finck (Cultura, NH), Telmo Müller (Museu Histórico), Enio Klein (Unisinos e Abicalçados), e jornalistas Mário Gusmão e Rolf Heinrichs, diretores do Grupo Editorial Sinos.
* 29 de fevereiro - Grupo Sonoridad, sob a regência da professora de música Ingeburg Hasenack, do Colégio Sinodal, encerra sua viagem de 25 dias a cidades alemãs, onde apresentou o espetáculo cultural Sons da Nossa Terra e divulgou os 180 anos da imigração alemã.
* 2 de março - Um fato inusitado: às duas horas da madrugada, a dona de casa Elis Massuí, 23 anos, mãe de quatro filhos e moradora na Vila Progresso, pediu ajuda para uma vizinha, pois estava sentindo as dores do parto. Os bombeiros foram chamados e quando os soldados Itamar Brás da Conceição e Alexsandro Flores transportavam a gestante ao hospital, notando que não daria mais tempo, pararam o veículo, passaram o pai para o banco da frente e ambos atenderam a parturiente. Elis deu à luz a um menino, dentro da ambulância, perto da ponte Henrique Roessler. O garoto recebeu o nome de Walace e os bombeiros vivenciaram, como parteiros, momentos de grande emoção.
* 4 de março - Nova mortandade de peixes nas poluídas águas do rio dos Sinos.
* 5 de março - O Sindilojas São Leopoldo conquistou prêmio nacional durante o 20º Encontro Nacional dos Sindicatos Patronais do Comércio e Serviços, evento que reuniu mil lojistas em caxias do Sul. O sistema de comunicação implantado pelo Sindilojas para beneficiar empresas e instituições recebeu a distinção nacional.
* 6 de março - O corpo da missionária Doraci Julita Edinger, 53 anos, assassinada dia 21 de fevereiro em Nampula, ao norte de Moçambique, é velado e sepultado em São Leopoldo, no cemitério das diaconisas. Irmã Doraci estava há seis anos em missão na África. Sua morte chocou a todos e obteve repercussão internacional.
* 8 de março - O grupo Arte 15 fecha a galeria de arte na cidade, sob o argumento de falta de apoio aos artistas que o integram.
* 10 de março - Morre, aos 84 anos, o padre, professor e pesquisador Josef Hauser, da Unisinos.
* 11 de março - A advogada Rosângela Herzer dos Santos assume a diretoria da subseção em jantar prestigiado por autoridades e convidados.
* 14 de março - Orquestra Unisinos abre a temporada de concertos, com temas de Villa Lobos, Debussy e Bethoven. Grande público lotou o anfiteatro Padre Werner, aplaudindo o espetáculo regido pelo maestro carioca Roberto Duarte.
* 15 de março - Integrantes da comissão oficial que foi à Alemanha divulgar os 180 anos da imigração alemã, reuniu-se na Semmam com representantes de segmentos comunitários, fazendo o relato da viagem que durou nove dias e 2.300 km percorridos em várias cidades daquele país, visitando autoridades e empresas.
* 15 de março - Blitze no trânsito urbano com radar móvel aborda 265 motoristas em duas avenidas centrais, 33 dos quais foram autuados, nove por excesso de velocidade.
* 16 de março - RUA GRANDE realiza a 12ª edição do evento Essas Mulheres Maravilhosas, no Orpheu. Vinte jovens e senhoras são homenageadas em festa de emoção e aplausos.
* 17 de março - Comitesinos completa 16 anos, realizando reunião na região de Caraá, nas nascentes do rio dos Sinos.
* 17 de março - Solenidade inaugural da clínica C (39 leitos) no Hospital Centenário é prestigiada por autoridades e convidados, homenageando com o nome "Clínica Élio Dickie". Um ato de reconhecimento e verdadeira justiça pelo devotamento e capacidade profissional desempenhada durante anos pelo saudoso médico e cirurgião leopoldense.
* 17 de março - Prefeitura abre licitação para construção do centro de Cultura "Maestro José Pedro Boessio", junto ao prédio da Biblioteca, na Praça 20 de Setembro. Solenidade que reuniu autoridades e representantes das empresas parceiras no empreendimento através da LIC (lei estadual de incentivo à cultura: Gedore, Stihl, Bins, Controil, Klabin, Dover e Vipal) aconteceu no Museu do Trem. A obra prevê recuperação do palco, camarins e platéia, ar refrigerado, som e luz, totalizando R$ 603 mil, sendo o valor de R$ 427.874,08 repassado pelas empresas, cabendo à prefeitura, em contrapartida, aplicar R$ 175.125,92
* 18 de março - O advogado Maurício Ilha Dietrich toma posse na presidência da Assempli, sucedendo ao empresário Renato Nunes.
* 19 de março - Cenas do filme "Diário de um novo mundo", de Paulo Nascimento, começaram a ser rodadas na sede antiga da Unisinos.
* 22 de março - A ACIS/SL festejou seus 84 anos, inaugurando sua nova sede no 11º andar do edifício Centro das Indústrias e empossando sua nova diretoria, liderada pelo contabilista e empresário Ivo Stuermer.
* 24 de março - Delegação leopoldense foi recebida em audiência, no Palácio do Planalto, em Brasília, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo da audiência foi convidar o presidente para participar, dia 25 de julho, das festividades dos 180 anos da imigração alemã em São Leopoldo (réplica da chegada dos imigrantes, passeio no barco Martim Pescador, inauguração do viaduto João Corrêa na BR-116). O deputado federal Ary Vanazzi (PT), agendou a visita para a comitiva integrada pelo prefeito Waldir Schmidt (PMDB), deputados Tarcísio Zimmermann, Ronaldo Zülke e Adão Vilaverde, todos do PT, vereador Aníbal Moacir da Silva (presidente da Câmara), vereador Ronaldo Teixeira da Silva (PT), jovem Elisa Storck (rainha da imigração alemã), secretário Henrique Prieto, ex-ministro Arnaldo Prieto (PFL) e jornalista Mário Gusmão, diretor-presidente do Grupo Editorial Sinos. A audiência durou 30 minutos.
* 24 de março - O empresário Édio Zang, diretor da Viação Leopoldense, assume a presidência do SETUP, o Sindicato Patronal de Transporte Coletivo Urbano. Ele sucede a seu filho, o jovem empresário Marco Aurélio Zang.
* 25 de março - Pelotão Esperança, do 16º GAC/AP começou suas atividades do ano 2004.
* 26 de março - Atos de vandalismo na Praça do Imigrante e furto de bustos históricos no monumento ao Imigrante, chocam a comunidade e causam indignação. Ação foi praticada na madrugada, causando prejuízos à cultura, justamente no ano em que a imigração alemã é tão reverenciada. Os prejuízos e restauração dos objetos danificados e furtados serão custeados pela municipalidade.
* 27 de março - Diretoria da Sociedade Orpheu anuncia sua programação social do ano para a imprensa, em passeio fluvial a bordo do barco Martim Pescador.
* 28 de março - A festa de 104 anos da sra. Celina Martins, ou Vó Celina, como é conhecida e admirada no bairro feitoria, reuniu no CTg do bairro, cinco filhos, 23 netos, 22 bisnetos e cinco trinetos.
* 29 de março - Liga Feminina de Combate ao Câncer elege a Glamour-baby 2004, menina Melissa Feijó dos Santos, em evento beneficente na Confeitaria Central.
* 29 de março - Morre, aos 44 anos de idade, o fotógrafo profissional Marco Aurélio da Silva Dierchxs, autor de grandes reportagens na imprensa nacional e internacional.
* 29 de março - Quatro empresas centenárias leopoldenses – Amadeo Rossi, Biehl, Madeireira Feldmann e Rotermund – são agraciadas com troféus em solenidade realizada pelo Jornal do Comércio e Sistema Fecomércio, na sede do SESC na capital. Foram homenageadas 26 empresas gaúchas com mais de cem anos de atividades.
* 30 de março - A direção SKA Automação de Engenharias recebeu a imprensa para comenorar os 15 anos de existência da renomada empresa de informática.
* 31 de março - A clínica de recuperação (13 leitos) inaugurada no Centenário recebeu o nome de dr. Bruno Kremer, o primeiro médico anestesista de São Leopoldo. Homenagem justa a um médico competente e dedicado que durante 40 anos trabalhou no hospital.
* 31 de março - A advogada Rosângela Herzer dos Santos, presidente, e integrantes da diretoria da subseção da OAB, mantiveram audiência com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Osvaldo Stefanello, na capital. Foram reivindicar criação de uma nova vara de família e outra criminal, na comarca de São Leopoldo.
* 31 de março - Solenidade realizada às 19 horas, na Casa do Imigrante, em Feitoria, restaurada e pintada com doações de empresas através de campanha do Movimento Viva São Leopoldo, abriu comemorações dos 180 anos da imigração alemã. O lançamento do site do Museu Histórico e o calendário alusivo aos 45 anos da instituição, foram os pontos centrais. O secretário estadual de Transportes, Jair Foscarini, representou o governador Germano Rigotto.
* 31 de março - A SKA Automação de Engenharia, líder nacional na implantação de soluções de tecnologias de informação (TI) para o setor de design e manufatura, recebeu a imprensa no dia de seu 15º aniversário para anunciar novos projetos.
* 1º de abril - Radar diante do posto da PRF-Scharlau autuou em apenas três horas, 51 motoristas, todos por excesso de velocidade.
* 2 de abril - O cantor Raul Quiroga completa 25 anos de exitosa carreira na cidade.
* 2 de abril - Decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reduz em todo o país, vagas nas câmaras municipais. A vigorar a determinação, São Leopoldo reduzirá número de cadeiras na Câmara de 21 para 13.
* 2 de abril - Lançado festivamente pela administração municipal, no largo Cel. Gaelzer Neto, no final da Rua Independência, o plano de revitalização da Rua Grande com conclusão prevista até fins de 2004. Obra reivindicada há anos, ela transformará o visual da rua principal da cidade, tornando-a um shopping a céu aberto.
* 3 de abril - Eleições alteram a composição do secretariado municipal: Nelson Rodrigues do Nascimento (Semov), Gilberto Millão (Semae), Adão Vargas (Senorte) e Eda brasun (Semec).
* 4 de abril - Grupo de Arte Cênica Religiosa, da Congregação das Irmãs da Divina Providência de São Leopoldo, completa 30 anos de existência, decidiu apresentar este ano, a encenação da paixão e morte de Cristo em Canoas e na capital.
* 5 de abril - A forte estiagem reduz nível do Sinos, rio que está com apenas 55 cm. De nível, ameaçando um racionamento de água na cidade.
* 5 de abril - O Centro Medianeira, presidido pelo empresário Élio Grisa, lança mais um projeto comunitário – Aprenda Mais, na Vila Progresso, para atender crianças e adolescentes pobres. O apoio é das empresas Stihl, Rexnord, Indústria de Plásticos Leopoldense e rede de Postos Energia.
* 6 de abril - Sessão solene da Câmara Municipal homenageia os cinco anos de existência do Movimento Viva São Leopoldo, instituído em 1999 pela Prefeitura, Unisinos, Acis e Jornal VS. A iniciativa do vereador Carlos Alberto Azeredo (PMDB) foi aprovada por unanimidade pelos vereadores e a sessão foi prestigiada por autoridades e convidados.
* 6 de abril - A tradicional Churrascaria Passoquinha completa 25 anos de atuação em São Leopoldo.
* 6 de abril - O PT sugere o nome do vereador Alexandre Roso (PHS) para ser o candidato à vice de Ary Vanazzi, Deputado Federal e candidato petista para a prefeitura de São Leopoldo.
* 6 de abril - O radar fotográfico móvel instalado pela PRF na BR-116 proximidades do zôo, flagrou entre 15h30 e 16h30min (apenas uma hora), 55 veículos por excesso de velocidade.
* 7 de abril - Os representantes de cinco escolas que fazem parte do Núcleo Ricardo Steigleder da Fundação Thiago Gonzaga, pediu paz no trânsito, em abraço coletivo de 175 alunos e professores, na esquina da Independência com João Corrêa. Eles pediram paz no trânsito, rezaram um Pai Nosso e proclamaram a expressão Vida Urgente.
* 8 de abril - Alunos das 4ª e 5ª séries da Escola Municipal Maria Gusmão Britto foram à casa Aberta Padre Cândido Santini e Casa Abrigo Maria Emilia de Paula levar chocolates e balas para a garotada daquelas instituições. A diretora Maria Cristina Tronquini Schein informou que os representantes de seis classes realizam o projeto Consciência Cidadã.
* 9 de abril - Comércio leopoldense vende 20% a mais nas compras para a Páscoa.
* 9 de abril - Cerca de 40 mil fiéis vieram orar junto ao túmulo do padre João Baptista Reus, no santuário Sagrado Coração de Jesus, na Sexta-feira Santa.
* 13 de abril - O capitão Iremar Charopen assumiu o comando do 1º grupamento de Combate a Incêndio com sede em São Leopoldo. Ele sucedeu na função ao major Vinícius Corrêa.
* 13 de abril - O vereador Ronaldo (Nado) Teixeira da Silva (PT) faz emocionado discurso de despedida no plenário da Câmara. Ele renunciou a seu mandato de vereador para assumir a chefia de gabinete do Ministério de Educação, chefiado pelo ministro Tarso Genro.
* 14 de abril - Os vereadores João Lunardi e Carlos Alberto Azeredo (PMDB) mantêm audiência com o diretor do DNIT, eng. Carlos Pitta Pinheiro, solicitando limpeza geral na BR-116 com vistas às festas dos 180 anos da imigração alemã.
* 15 de abril - O leopoldense Júlio César Seidl, diretor-presidente da Fenac, presidiu a solenidade de inauguração da Fimec que bateu este ano todos os recordes em visitação e volumes de negócios. A solenidade foi prestigiada pelo governador Germano Rigotto e pelo prefeito José Airton dos Santos (PDT).
* 15 de abril - Um grupo de 40 turistas alemães, vindos da região de Hünsrück, da Renânia, visitaram o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo.
* 16 de abril - O médico Jorge Justo assume a direção geral médica do Hospital Centenário, substituindo o dr. José Airton Nonnenmacher, licenciado para concorrer à vereança.
* 16 de abril - Semana do Exército inicia com passeio ciclístico realizado pelo quartel do 19º BIMtz, reunindo cerca de 400 ciclistas.
* 19 de abril - O deputado Pompeo de Mattos, presidente estadual do PDT, vem à cidade para a reunião do diretório, desconsidera renúncias e licenças e solicita que o ex-prefeito Olímpio Albrecht reassuma a presidência do partido na cidade.
* 22 de abril - Mudanças na Semedes, realizadas pelo secretário André de Alexandri: o advogado Gilson Luiz da Silva assume a diretoria de Comércio e a profª Vânia Morais, a diretoria Turismo.
* 23 de abril - O Dia Mundial do Escoteiro é comemorado pelos integrantes dos grupos escoteiros da cidade – Cruzeiro do Sul, João de Barro e Nossa Senhora Aparecida.
* 24 de abril - Representantes das 12 empresas leopoldenses e o comunicador Luiz Carlos Santetti (que transmitiu a feira internacional para a AM 1530) estão retornando da Alemanha. Foi o maior número de empresas leopoldenses nos tempos atuais em uma feira internacional, com apoio da Semedes e Prefeitura – Altus, Cetepo, Coester, Franca, Grefortec, HDorff, Lameiro, Mercobor, Müller, Paesi, Prontec e Schuck.
* 26 de abril - O prefeito de Portão, Dary Hoff (PDT), e de Estância Velha, Elivir Dessiam, (PT) vem à cidade assistir palestra técnica por equipe da FEPAM, apontando as principais causas da contaminação das águas do arroio. Depois, em passeio no barco Martim Pescador, averiguaram o grau de poluição ambiental do arroio.
* 26 de abril - Os presidentes do PDT, Olímpio Albrecht, e do PTB, Theobaldo Jacoby, assinam protocolo criando a frente trabalhista para o pleito municipal, o pré candidato a prefeito é o ex-prefeito Ronaldo Ribas.
* 27 de abril - Tiroteio na conflagrada área do Morro do Paula, entre assaltantes e soldados PMs, causa a morte de uma jovem grávida de nove meses, Lucimara Dutra Genro, 23 anos, e do bebê, que chegou a ser registrado como Cauana. O fato chocou a comunidade e forças policiais cercaram o Morro para prender os bandidos.
* 29 de abril - O cantor e produtor cultural Dorval Dias lança seu CD Poesias, em jantar na Ginástica, com renda em prol da Casa Aberta. Vários artistas prestigiaram o evento beneficente.
* 1º de maio - O governo federal anuncia o novo mínimo de R$ 260, um salário realmente mínimo...
* 2 de maio - Cerca de 14 mil fiéis participam entre a matriz de Conceição e o monumento às mães, em Novo Hamburgo, da tradicional romaria das Mães.
* 4 de maio - Estatística da SJS (Secretaria da Justiça e Segurança) aponta em São Leopoldo o maior índice de homicídios no RS, no segundo semestre de 2003 (1,29 homicídio para cada grupo de 10 mil habitantes) e 26 assassinatos no período. Um número constrangedor para a cidade.
* 4 de maio - O premiadíssimo poeta Fabrício Carpinejar, radicado em São Leopoldo, que fez tanto sucesso na 18ª Bienal do Livro, em São Paulo, lança seu sexto livro – Cinco Marias – em concorrida tarde de autógrafos na Livraria Cultura, no Bourbon Shopping, na capital.
* 5 de maio - A cidade passa a contar com o Comudes (Conselho Municipal de Desenvolvimento), responsável pela interação com o Consinos e o PPP (Programa de Participação Popular, do governo estadual). Presidente eleita é Elci Cecília Ferreira.
* 7 de maio - O empresário e docente em Logosofia, dr. Francisco Martins de Almeida, veio de Curitiba proferir a palestra Posso fazer minha vida mais feliz?, na sede da Fundação logosófica de São Leopoldo.
* 9 de maio - O escritor Ivanio Fernandes Habkost lança seu livro Um Rio Entre Nós, em manhã de autógrafos na Livraria Rotermund. A obra de 350 páginas, impressa na Impressos Portão, narra com personagens fictícios e reais, toda a saga da imigração alemã desde a chegada dos imigrantes, em 1824, até o final do episódio dos Mucker.
* 10 de maio - Setor lojista registra boas vendas para o tradicional Dia das Mães.
* 10 de maio - Lançado pela prefeitura e Semedes, na Unisinos, o Fundo para o desenvolvimento em Informática e empossado seu Conselho Gestor. O Fundo tem o objetivo de atrair novas empresas neste setor em ampla expansão no Pólo de Informática do município, junto à universidade.
* 10 de maio - A comunidade comemora os 230 anos de nascimento de José Feliciano Fernandes Pinheiro, o Visconde de São Leopoldo. A solenidade, prestigiada por entidades que possuem o nome do Visconde – o Museu Histórico, a Escola Agrícola, a Escola Visconde, o DA do Direito (Unisinos) e o quartel do 16º GAC-AP, reúne bom público diante do monumento na Praça do Imigrante.
* 11 de maio - O TRE divulga que São Leopoldo tem 136.979 eleitores, número que deverá subir para cerca de quase 138 mil até o prazo final de inscrições e transferências.
*11 de maio – Inaugurada pela a Exposição Imigração Alemã no RS – recortes da História, na galeria cultural da Biblioteca da Unisinos.
* 12 de maio - Bingos reabrem na cidade e no país após 76 dias fechados por ato do governo.
* 12 de maio - O primeiro contingente do 19º BIMtz que vai ao Haiti, em missão de paz pela ONU, deixou o quartel de infantaria pela manhã, conduzindo viaturas, rumo ao Rio, onde inicia a viagem em navio. Uma solenidade marcada pela emoção dos familiares e dos militares que vão permanecer de seis a oito meses em Porto Príncipe.
• 12 de maio - Semedes entrega R$ 30 mil como incentivo às 12 empresas leopoldenses que foram à Feira de Hannoner.

13 de maio - Gilberto Steffen, presidente da Divisão A1 e Pedro Ivo Reis, do Lions Feitoria, entregam à APAE, na pessoa de sua presidenta, sra. Ana Marlene Müller, o cheque de R$ 10.373,24 resultado do lucro líquido de uma promoção (meio frango) realizada pelos sete clubes leonísticos da cidade.
*14 de maio – Direção, professores e funcionários do Colégio Sinodal, promnovem festa na Sociedade Ginástica,, comemorando 68 anos de existência do colégio.
* 14 de maio - Mudanças no comando do Hospital Centenário: o médico João Bülher deixa a direção administrativa e assume a presidência da Fundação Hospitalar, em lugar do dr. Wilson Schneider, após anos de dedicado trabalho, solicitou deixar o cargo. O dr. Arno Berger, pós-graduado em Administração Hospitalar, foi empossado na direção administrativa.
*14 de maio – As escolas municipais São João Batista e Coelho Neto, formando 12 turmas de alunos, iniciam a grande gincana cultural Ehrung Eiwanderung
* 15 de maio - O médico Nelson Coelho viaja para New Orleans, Lousiana, EUA, para apresentar seu estudo Endoscopic Dilation of gastroenteric Anastomotie Stricture After gastric Bypass, no maior evento internacional em gastroenterologia e endoscopia digestiva (Digestive Discases Weeck). O congresso reúne 15 mil especialistas de todo o mundo e o estudo do médico leopoldense aborda o tratamento endoscópico das estenoses anastomóticas, relacionando casos de pacientes submetidos a cirurgias bariátricas (redução gástrica).
* 15 de maio - Festa do cinqüentenário da Sociedade União (Scharlau), com jantar, homenagens a sócios veteranos e música para dançar, lotou a sede social e foi um grande sucesso. Dia 6, o clube liderado pelo empresário Valni e Clair Greuner homenageou os seus sócios fundadores.
• 15 de maio - Festa da família na escola Franz Louis Weinmann e no Colégio São Luís reúne alunos, pais e professores, em atividades culturais, de lazer e recreação.
• 18 de maio – O governador Germano Rigotto recebe em audiência no Palácio Piratini, o cônsul da Alemanha no RS/SC, Reinhard Thurner, o prefeito Waldir Schmidt e integrantes da comissão especial de São Leopoldo que foi à Alemanha, em fevereiro. O cônsul entregou uma bandeira alemã a Rigotto, para ser hasteada às 11 horass do dia 25 de julho em São Leopoldo, e, na mesma hora, uma bandeira em cada cidade gaúcha, simbolizando a total integração entre os dois países nos 180 anos da imigração alemã. A bandeira foi repassada por Rigotto a Henrique Prieto, presidente da Comissão Municipal dos festejos.
*19 de maio – Grande festa comunitária assinalou a inauguração da piscina térmica na escola Castro Alves, prestigiada por autoridades, professores, alunos e pais. O nadador Anderson Dutra, da Academia Vittá, campeão sulbrasileiro, deu o primeiro mergulho.
*21 de maio – Os 104 alunos de quatro equipes das turmas de 5ª a 8ª séries da Escola Sagrado Coração de Jesus (Scharlau), iniciaram a gincana "Alemanha nosso berço, São Leopoldo nossa terra, Sagrado nossa casa" em homenagem aos 180 anos de imigração alemã.
*22 de maio – O prof. Paulo Prestes lança na livraria Rotermund, o livro "Para além das aparências" – um olhar sobre a educação em São Leopoldo".
*22 de maio – A "Noite de Música Alemã", promovida pelo Museu Histórico, no Orpheu, teve aplauaidas apresentações dos corais 25 de Julho, da capital, regido por Agostinho Ruschel, e Argentum, regido por Jorge Drechsler.
*27 de maio – Mais 13 militares do 19º BIMtz, formando o destacamento precursor, embarcam na Base Aérea de Canoas, rumo ao Haiti.
*27 de maio – Comitiva oficial da São Leopoldo Fest 2004, liderada pelo vice-prefeito Kanan Buz e pelo secretário André de Alexandri, da Semedes, a rainha Elisa Storck e as princesas Roberta Sorgetz e Thaís Cerutti, faz visita ao governador Germano Rigotto, convidando-o para o evento. Governador confirmou presença.
*30 de maio – O anfiteatro Padre Werner, na Unisinos, é o cenário do lançamento do projeto São Leopoldo em Dança 2004, idealizado pela produtora cultural Margit Kolling. O mestre da dança de salão, Carlinhos de Jesus, e Sheila Aquino, são presenças marcantes no evento, prestigiado por grande público.
*31 de maio – Um contingente de 113 militares do 19º BIMtz embarca na Base Aérea de Canoas rumo a Porto Príncipe, capital do Haiti, para Missão de Paz naquele país. O contingente passa em Brasília, onde recebe cumprimentos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
*4 de junho – Estudantes e professores de 10 escolas, integrantes da chamada Tribo Capilé, realizam o Mutirão da Responsabilidade, retirando lixo e objetos jogados no valão da avenida João Corrêa, no bairro Vicentina. Mais de 100 sacos de lixo foram recolhidos.
*4 de junho – Morre, aos 84 anos de idade, Edgar Heurich, ex-governador do distrito L 7 de Lions Internacional. Heurich foi um abnegado realizador durante mais de 30 anos de elogiável trabalho leonístico e comunitário na fundação de Leo Clubes.
*8 de junho – O padre, professor, doutor Aloysio Bohnen, Magnífico Reitor da Unisinos, recebe a "Comenda Maria Emilia de Paula" pelos relevantes serviços prestados em prol do desenvolvimento do município, em solenidade realizada pelo governo municipal, prestigiada por grande público na sede antiga da Unisinos. O homenageado foi saudado pelo prefeito Waldir Schmidt e pelo secretário estadual de Cultura, Roque Jacoby.
*5 e 6 de junho – Os 15 anos do CLTG (Conselho Leopoldense de Tradições Gaúchas), presidido por Armindo Gallas, completa 15 anos e promove dois dias de festividades, encerrando a comemoração com desfile na rua principal, prestigiado por 24 grupos tradicionalistas. *7 de junho – Inicia na Unisinos, Exposição Multimídia sobre a Alemanha, um condomínio colorido interativo mostrando costumes e gostos de quem vive naquele país.
*7 de junho – Inaugurado o "Centro de Treinamento Jorginho 13" (av. Imperatriz Leopoldina, 1638), implantado pelo atleta multicampeão de futsal, o mineiro Jorge Luiz da Costa Pimentel, do Spartak, de Moscou.
*9 de junho – Morre, aos 56 anos, o empresário Antônio Spolier, diretor da Transportes Spolier, empresa do bairro Scharlau.
*10 de junho – O Grupo Copé anuncia a compra do parque fabril da Barmag, amplia o número de vagas e demonstra forte expansão empresarial. A Barmag construirá uma nova unidade no município.
*16 de junho – I Forum "Vida Urgente", promovido pelo Conselho da Juventude do Movimento Viva São Leoipoldo, lota o anfiteatro Pe. Werner.
*17 de junho – Solenidade miulitar assinala os 85 anos do 16º GAC/AP, unidade do Exército comandada pelo ten-cel. Severino Bento da Paixão.
*18 de junho - A família Corrêa doa ao Museu Histórico, quadros do cel. João Corrêa, intendente de São Leopoldo, e de esposa Luiza, pintados por sua neta Elisabete Batista Corrêa.
*19 de junho - Inaugurada a nova capela Senhor dos Passos, obra construída pela Cia. Zaffari, na rua Bento Gonçalves. O templo católico é uma réplica perfeita da antiga capelinha localizada durante mais de um século na rua Lindolfo Collor, onde está em construção o Shopping Bourbon São Leopoldo.
*21 de junho – Grande lançamento da São Leopoldo Fest 2004, festa prestigiada na Sociedade Ginástica por mais de 650 pessoas.
*21 de junho – Morre, aos 59 anos, o empresário Walter Renato Herzer, diretor da Metalúrgica Rejope.
*23 de junho – Escola de Educação Infantil Jesus Menino inaugura com grande festa, as obras de ampliação de seu prédio.
*28 de junho – O escritor gaúcho Moacyr Scliar, da Academia Brasileira de Letras, vem proferir palestra para alunos da Escola Divino Mestre, em Scharlau.
*30 de junho – O Pólo de Informática completa cinco anos de existência.
*2 de julho – Começa a I Feitofest no bairro histórico de Feitoria, em solenidade na Casa do Imigrante homenageando as etnias afro e alemã.
*6 de julho – A Unisinos (prêmio Prata) e o Semae (Prêmio Bronze) são homenageadas na solenidade de premiação do PGPQ (Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade) em solenidade na Fiergs.
*6 de julho – O serventuário de Justiça, Mateus Zampieri, lança seu primeiro livro – "O Jogo", um romance policial – em concorrida sessão de autógrafos no Pub Ruas Grande.
*9 de julho – Reeleitas quatro das integrantes do Conselho Tutelar – Margarida Fernandes, Evelisa Garagnani, Vera Ertel e Liliana Ferreira. A eleita foi Maria Gorja Xavier Goulart.
*9 de julho – Solenidade prestigida pelo governador em exercício, professor e jornalista Antônio Holfeldt, assinala a abertura oficial da São Leopoldo Fest 2004, no Largo Rui Porto, e após a VI Exposinos, no ginásio de esportes. Cinco oradores: o secretário André de Alexandri, o reitor Aloysio Bohnen, a deputada Floriza dos Santos, e o governador em exercício Antônio Holfeldt, evocam a data e enaltecem a importância cultural desta grande festa comunitária.
*10 de julho – Museu Histórico abre a exposição "Recortes da Imigração" (40 painéis sobre a imigração alemã) e lança 39 medalhas em homenagem aos 180 anos, simbolizando os 39 imigrantes que chegaram ao Sinos em julho de 1824. Medalhas foram criadas pelo numismata Pedro Balsemão.
*12 de julho – O prefeito Waldir Schmidt e o secretário André de Alexandri, anunciam, em plena São Leopoldo Fest, a vinda da multinacional mexicana Softtek para o Pólo de Informática de São Leopoldo. A confirmação desta boa notícia para o município era aguardada com muita expectativa há quatro meses.
*15 de julho – A professora e escritora Angélica Koch lança seu quarto livro – "A história de Margaretha", sobre a epopéia dos imigrantes alemães – em concorrida tarde de autógrafos no Museu Histórico.
*16 de julho – Orçamento Guri, projeto do Cedeca/Proame de São Leopoldo, foi o único do RS premiado nacionalmente pelo concurso rede Andi.
*16 de julho – Iniciada pela Construtora Canadá, a esperada obra de revitalização da rua Independência, constando de oito quadras. A obra iniciou na esquina com a avenida João Corrêa.
*17 de julho – Morre, aos 69 anos, o sr. Romeu Martins, aposentado, Operário Padrão de São Leopoldo 1981, concorrendo pela empresa Ferramentas Gedore do Brasil.
*17 de julho – Palácio do Planalto envia fax à Comissão dos festejos dos 180 anos, cancelando a programada visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à cidade, prevista anteriormente para 25 de julho e, após, antecipada para 22 e mais tarde para 21 de julho. Decisão frustrou a comunidade.
*18 de julho – Provas de motonáutica nas águas do Sinos, promovidas pelo Clube de Regatas Humaitá, assistidas por grande público, homenageiam um dos fundadores do clube, o sr. Theo Weinmann. O piloto Plínio Cerutti Júnior, presidente do clube e da Femorgs, vence em duas categorias.
*19 de julho – A Rádio Progresso 1530 AM inaugura seu novo e moderno estúdio, em solenidade prestigiada por autoridades e convidados, na av. João becker, 604, diante da Praça do Imigrante.
*19 de julho – Morre, aos 68 anos, o professor e advogado José Luiz Marins, desportista, integrante de vários clubes sociais, esportivos e entidades.
*20 de julho – Inaugurado o Memorial do 25º BPM em homenagem a sete militares que tombaram no cumprimento do dever.
*21 de julho – Anunciado na São Leopoldo Fest, pelo diretor Gilmar Leal Santos, a instalação de cinco salas de cinema do Cine System em novembro no Bourbon Shopping.
*22 de julho – Posse da diretoria reeleita no Sindivest, liderado pelo empresário José Aury Klein.
*22 de julho - Projeto ABC Alfabetizando, do Grupo Editorial Sinos, tem aula inaugural na escola municipal João Goulart, na vila Brás.
*22 de julho – O presidente reeleito do Sindivest, José Aury Klein, assume novo mandato, em elegante jantar realizado no Centro das Indústrias.
*23 de julho – Médico e escritor Fernando Lucchese realiza palestra sobre Qualidade de Vida, reunindo mais de cem pessoas no restaurante Estação Grill.

(incluir aqui, texto e fotos do dia dos 180 anos da imigração alemão.

Uma aula de história

O pronunciamento do Governador Germano Rigotto, na solenidade dos 180 anos da imigração alemã, na manhã de 25 de julho de 2004, foi uma aula de história, um discurso ouvido com atenção e aplaudido com forte intensidade, em reconhecimento á sua importância histórica para o município.

"Se neste 25 de julho, nós voltássemos 180 anos atrás, estaríamos no início do século XIX, quando a Alemanha passava por um doloroso processo de transformação política e social. Com a abdicação, em 1806, do Imperador Francisco II, extinguira-se o sacro Império Romano Germânico; as guerras religiosas haviam francionado a nação; Baviera, Brandenburgo, Saxônia e Hannover constituíam centro de poder independente; Napoleão provocara imenso estrago na economia européia; Prússia e Áustria exerciam controle sobre a Liga Alemã, formada por estados dispersos e superpovoados para a economia da época. As reformas instituídas sob o impulso das idéias da Revolução Francesa extinguiram o feudalismo e estava em curso uma imensa reorganização territorial. Ao deixarem de ser servos para se tornarem proprietários os agricultores perdiam parte significativa da terra que cultivavam; sobrava gente e faltavam oportunidades de trabalho.
Do outro lado do oceano, a América, bem ao contrário, era uma vastidão de terras sem dono, precisando ser povoada e posta para produzir. Assim, foram bem recebidos os convites feitos por enviados de Dom Pedro e Dona Leopoldina, que era alemã, para a vinda de alemães ao Brasil. Embora a história registre que Dom Pedro estava mais interessado em atrair soldados para assegurar nossa Independência, prevaleceu o interesse de Dona Leopoldina, que queria reproduzir a experiência de sua antepassada Dona Maria Tereza, na colonização das margens do rio Danúbio. Então, naquele ano de 1824, com essa motivação, iniciou a vinda de imigrantes alemães para o Rio Grande do Sul.
A decisão de imigrar, com certeza é uma das mais difíceis que uma família pode tomar. A força que a motiva deve ser suficientemente forte como para romper raízes, assim como a força do vendaval arranca árvores do solo. E a força motivadora da imigração alemã foi a força do desejo de trabalhar. O oceano era vasto, viajava-se em veleiros superlotados, faltava comida e água, morria-se durante o percurso, a terra era inóspita, 77 hectares e quase nada mais para começar a vida no meio do mato.
O Rio Grande do Sul, há 180 anos, era uma terra despovoada. Pouco mais de cem mil habitantes, dez por cento dos quais em Porto Alegre. Isso nos permite entender o significado das sucessivas levas de colonos que vieram para o nosso estado. A transformação que elas causaram alcançou todos os setores da vida social e econômica do Rio Grande. Surgiram vilas que viraram cidades, artesanatos que viraram indústrias, professores que instituíram salas de aula que viraram escolas que deram origem a universidades. Religiosos que criaram seminários, que construíram capelas que viraram catedrais. Líderes comunitários que viraram políticos que contribuíram para construir o Rio Grande moderno. Cooperativas, bancos, sindicatos.
Sem dúvida, o 25 de julho de 1824 assinala um dos fatos mais importantes da história do Rio Grande do Sul. Os descendentes daqueles pioneiros subiram a serra e desbravaram novas colônias no Planalto, sempre movidos pela mesma cultura de trabalho, empreendedorismo, religiosidade, que constituem argamassa das sociedades bem organizadas e bem sucedidas.
Não existe setor de atividade onde não se faça visível a herança da colonização alemã, como um presente que a história nos legou para a construção do Rio Grande do Sul. Participar deste ato é, para mim, portanto, motivo de orgulho cívico e expressão de gratidão. O notável Vianna Moog, nascido aqui em São Leopoldo em 1906 é, por si mesmo, expressão dessa herança a que me refiro e que no âmbito cultural chega aos mais elevados níveis também na literatura brasileira. E Vianna Moog, é bom lembrar, chegou à Academia Brasileira de Letras aos 39 anos de idade.
Em Uma jangada para Ulisses, ele diz assim: "Aprende-se mais em um só minuto de contemplação emotiva do que em muitos anos de literatura".

A observação que faço da colonização alemã, ao longo dos 180 anos de sua história, contemplando-os aqui, junto a esta ponte 25 de Julho, é – sem dúvida – uma dessas contemplações emotivas. E, como ensina Vianna Moog, é também uma forma de aprendizado.
Muito obrigado aos pioneiros e seus herdeiros, em nome do Rio Grande do Sul, de cujo povo todos somos parte e de cuja história todos somos sujeitos ativos e participativos. Parabéns! O nosso dever é homenageá-los a cada dia com um trabalho que honre esta história".

*26 de julho – A São Leopoldo Fest contabiliza os números do sucesso: um público de 167.556 pagantes, arrecadação de R$ 528.698,00 com um total de 48 shows, durante os 17 dias do grande evento que comemorou os 180 anos da imigração alemã.
*26 de julho – Círculo Operário Leopoldense inicia programação dos seus 69 anos, inaugurando o auditório "Padre Roque Lauschner".
*29 de julho – A subseção da OAB/SL inicia atividades para a Semana do Advogado, cuja data maior é 11 de agosto.
*29 de julho – Dirigentes de clubes de Rotary da cidade inauguram painel luminoso pela Ética, na, na Independência esquina João Corrêa, assinalando o início da caminhada rumo a cem anos de Rotary Internacional, em fevereiro 2005.
*29 de julho – Morre, aos 75 anos de idade, o funcionário municipal aposentado Theóphilo Zanutto.
*31 de julho – Jornal O Imigrante festeja 10 anos de existência e realiza o evento Destaques da Feitoria, no Caic Madezzatti.
*31 de julho – Unisinos completa 35 anos de existência, iniciando as comemorações com uma celebração eucarística.
*1º de agosto – 800 alunos da escola municipal salgado Filho iniciaram exposição pedagógica alusiva aos 180 anos da imigração.
*3 de agost0 – o Sine informa que a oferta de vagas crece 34% na cidade, com destaque para os setores metalmecãnico e construção civil.
*3 de agosto – Contrutora Canadá inicia esperada obra de revitalização da rua Independência, velho sonho comunitário.
*6 de agosto – Um total de 4.300 pessoas inscreveram-se para as 111 vagas do concurso no Hospital centenário.
*6 de agosto - Apae completou 43 anos de existência na comunidade.
*7 de agosto – a violência na região do Morro do Paula deu lugar à tranqüilidade, nos tr~es meses de atuação diuturna do 25º BPM naquela área.
*9 de agosto – Governador Germano Rigotto esteve na cidade, paraninfando a entrega de 14 viaturas para a BM e a Polícia Civil, em solenidade diante do ginásio de esportes.
*10 de agosto – A subseção da OAB/SL presta merecida homenagem aos advogados Hélio Dahmer e Enio Coelho, pelos assinalados serviços comunitários, durante a sessão solene da Câmara, comemorativa à Semana do Advogado
*12 de agosto – Pólo de Confecções, projeto da Comissão municipal de Emprego, reúne empresários do setor na CDL.
*11 de agosto – Morre, aos 75 anos de idade, o professor aposentado e ex-Delegado Regional do MEC, José ottmar Goettert.
*11 de agosto – São Leopoldo instalou 68 urnas para o PPP (Processo de Participação Popular), com os 6.592 votantes optando em sugerir investimentos em saúde e segurança.
*13 de agosto – Até a tarde, a BM e Polícia Civil receberam 28 armas entregues por pessoas na campanha de desarmamento.
*18 de agosto - A 19a. edição da Feira do Livro Ramiro Frota Barcelos é aberta no largo do Museu do Trem.
*18 de agosto – Iniciou no Colégio Sinodal o I Congresso Latinoamericano de Gênero e Religião, da EST, reunindo 120 religiosos de países do continente.
*19 de agosto – O engenheiro Hugo Scipião Ferreira Júnior assume a presidência do Sinduscom/SL, sucedendo ao engenheiro Julio César steffen, em posse realizada no centro das Indústrias.
*21 de agosto – Realizado com sucesso o I Evento Cultural na escola municipal Olímpio Vianna Albrecht, na Madezzatti/Feitoria.
*25 de agosto – O Dia do Soldado é comemorado com formatura no quartel do 16º GAC/AP, reunindo militares da unidade de artilharia, do 19º BIMtz e da bateria de comando da AD/6.
*26 de agosto – O prefeito em exercício, Kanan Buz, entregou estudo do traçado da Rodovia do Progresso, idéia lançada pelo Grupo Editorial Sinos, ao secretário de Transportes, Alexandre Postal.
*30 de agosto – IBGE informa que São Leopoldo possui 206.702 habitantes, apresentando um crescimento de 6,73% em relação ao Censo 2000.
*1º de setembro – Fogo Simbólico chega á cidade, sendo recebida pelo prefeito em exercício, Kanan Buz, iniciando a programação da Semana da Pátria.
*7 de setembro – Desfile cívico-militar no Dia da Independência, reúne grande público na avenida Dom João Becker.
*9 de setembro – Câmara aprovou aumento de salários do prefeito (R$ 9.510,00), vice prefeito (R$ 7.155,00), vereador (R$ 4.770,00) e secretário municipal (R$ 4.075,82) a partir de 1º de janeiro de 2005.
*13 de setembro – Morre, aos 85 anos, o dr. Victor Alberto Crusius, veterinpario formado pela UFRGS há 62 anos, período que prestou assinalados serviços em sua área de atuação profisssional no RS*13 de setembro – Chegada da chama crioula ao Parque de Recreação do Trabalhador, assinala abertura da Semana Farroupilha na cidade, promovida pelo CLTG.
*14 de setembro – Começa pelo bairro Scharlau o Projeto ABC e VS na comunidade, destinado a ouvir, semanalmente das 14 às 17 horas, notícias e reivindicações de moradores dos bairros e vilas.
*15 de setembro – Concluída a obra de revitalização na primeira quadra da Independênciaa, entre a João Corrêa e São Caetano.
*18 de setembro – Cerca de 9 mil pessoas prestigiam o desfile integrado alusivo à Semana da Pátria e à Semana Farroupilha, realizado em Feitoria.
*18 de setembro – Quatro casais participam da solenidade do casamento comunitário, realizado na capela Medianeira, no bairro Vicentina.
*22 de setembro – Greve dos bancários por melhores salários atinge quatro agências no município.
*23 de setembro – A segunda pista do viaduto da João Corrêa na BR-116, é inaugurada em solenidade presidida pelo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento.
*24 de setembro – Durante a Semana do Trânsito, a Semov e a Fundação Thiago Gonzaga (núcleo SL) pintam quatro ruas com uma borboleta – avenida Unisinos, avenida Feitoria, cruzamento da Leopoldina com Pedro Américo e rua Arnaldo Pereira da Silva - sinalizando locais onde pessoas perderam suas vidas em acidentes de trânsito.
*25 de setembro – Encerrado com grande êxito na Sociedade Ginástica, os XX Jogos de Integração dos Contabilistas do RS, realizados na cidade, em sete modalidades esportivas. A delegação de Passo Fundo venceu as competições, seguida da delegação leopoldense, neste evento organizado pelo Sindicato dos Contabilistas/SL.
*30 de setembro - No Dia Internacional do Idoso, revela-se a população da Terceira idade no município: 14.717 pessoas.
*30 de setembro – Foi o mês mais chuvoso dos ´´ultimos 14 anos na cidade: 216 mm. Segundo a Estação de Climatologia Urbana.
*1º de outubro – O Colégio Sinodal sagra-se campeão geral da "Onase 50 anos", a grande Olimpíada Nacional da Rede Sinodal, disputada em três cidades – São Leopoldo, Porto Alegre e Novo Hamburgo – obtendo cinco primeiros lugares e um segundo lugar, somando 62 pontos, nesta competição que reuniu mil atletas de quatro estados brasileiros disputando quatro modalidades esportivas – basquete, vôlei, atletismo e xadrez - durante quatro dias. O coordenador geral foi o prof. Gerson Engster.
*3 de outubro – Eleição Municipal assinala a vitória dos candidatos da FPH – Frente Popular e Humanista – Ary Vanazzi (prefeito) e Alexandre Roso (vice-prefeito) com 57.591 votos (50,15%) sobre os candidatos da UDL – União Democrátiva Leopoldense – Waldir Schmidt (prefeito) e Iara Cardoso (vice-prefeito) – com 49.135 votos (42,78%). Os demais candidatos – Ronaldo Ribas (prefeito) e Ângela Dillenburg (vice), do PTB/PSDB com 7.113 votos (6,19%); Mário D´Ávila, do Prona, com 633 votos 90,55%) e Sergio Vieira, do PSTU, com 375 votos 90,33%). Para a Câmara de vereadores, foram eleitos os 13 ocupantes das cadeiras legislativas: Carlos Germano Weinmann (PMDB), o mais votado do município, com 3.565 votos; Nestor Schwertner (PT, 3.038); Ademir de Césaro (PMDB, 2.948); Aníbal Moacir da Silva (PSDB/PTB, 2.781); Ana Inês Affonso (PT, 2.392); Carlos Fleck (PT, 2.174); Genésio Monteiro (PP, 2.152); Armando Motta (PL, 2.011); Daniel Daudt Schaeffer (PMDB, 1.952); Cláudio D´Ávila (PMDB, 1.897); Maria Inês Becker (PMDB, 1.794); Ary Moura (PDT, 1.592); e João Carlos Benjamin (PP, 1.571). Justiça Eleitoral, sob o comando da dra. Patrícia Fraga Martins, juíza eleitoral, concluiu os trabalhos de apuração em três horas, com auxílio da equipe do Cartório Eleitoral, chefiado por Carlos Machado. Conhecidos e divulgados os primeiros resultados pelas emissoras de rádio, os militantes da PFH realizaram grande festa no diretório do Pt e pelas ruas da cidade, saudando a vitória dos seus candidatos.
*4 de outubro – o prefeito eleito Ary Vanazzi, em entrevista à imprensa, declara que seu primeiro ato ao assumir o governo, será o decreto que vai restabelecer a eleição para diretores de escolas municipais.
*4 de outubro – Comemorado na Associação Patrulheiros Ecológicos de São Francisco de Assis, o dia do protetor dos animais. Data também é festejada na escola estadual Mário Quintana e nas paróquia Santa Catarina.
*9 de outubro – A Gema Fundação Cultural inaugura sua sede no antigo Clic, rua São Caetano, 53, sala 1.
*10 de outubro – Morre, aos 70 anos, o sr. Aldo Rigo, ex-gerente da Caixa Estadual.
*11 de outubro – Morre, aos 96 anos de idade, o padre e pesquisador Valério Alberton, da Companhia de Jesus.
*12 de outubro – A paróquia de Aparecida, em Scharlau, realiza procissão em homenagem à padroeira do Brasil
*13 de outubro – Morre, aos 54 anos de idade, a professora aposentada Vera Mello Seewald, esposa do sr. Walter Seewald.
*13 de outubro - Morre, aos 84 anos de idade, o Ir. José Canci, da ordem jesuíta
*13 de outubro – Iniciado o 24º Concílio da IECLB, com o culto na igreja de Cristo. Templo repleto de autoridades e participantes do Concílio, sendo o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, representado pelo coordenador de Mobilização Social do Programa Fome Zero, frei dominicano Carlos Alberto Christo – frei Beto.
*14 de outubro - Sessão solene da Câmara de Vereadores homenageia a IECLB pelos 180 anos de protestantismo no Brasil. Solicitada pelo vereador Carlos Germano Weinmann, a sessão teve vários oradores e foi prestigiada por autoridades, convidados e participantes do 24º Concílio Geral da IECLB.
.*14 de outubro – Cerca de 800 pessoas – alunos, professores e familiares de alunos – participam da I Caminhada Mais Vida, promovida pelo Colégio São José, na rua principal.
*15 de outubro – O secretário estadual de educação, José Fortunati, participou da solenidade de inauguração da galeria dos 14 ex-diretores do Instituto Estadual Professor Pedro Schneider, sendo recebido pela diretora Márcia Fernandes e professores. O tradicional colégio está completando 50 anos de existência.
*15 de outubro – Realizada durante o Concílio Geral, no Sinodal, em sessão-fechada, a primeira exibição no Brasil, do filme "Lutero" que conta a história do reformador: rebelde, gênio, libertador.
*16 de outubro – Colégio Concórdia realizou movimentada gincana com participação de 350 alunos e professores, encerrada com desfile de 105 veículos enfeitados com balões pela rua principal. A equipe "Noite das Garrafadas" conquistou o 1º lugar.
*16 de outubro – A escola estadual Mário Sperb, do bairro Campina, realizou com sucesso a terceira edição de seu Festival de Talentos, com participações de alunos do pré a oitava série.
*16 de outubro – A tradicional Escola Agrícola Visconde de São Leopoldo, de Feitoria, iniciou programação de seus 60 anos de existência.
*17 de outubro – Mais de quatro mil membros da IECLB coloriram o ginásio de esportes, festejando o Dia Nacional da Igreja, evento que encerrou as atividades do 24º Concílio da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil. O governador Germano Rigotto prestigiou a solenidade e o culto festivo teve como pregador o pastor-presidente, doutor Walter Altmann, um coral de 400 vozes e a celebração da Santa Ceia com 100 oficiantes. Após o culto, os quatro mil participantes, representando 18 concílios da IECLB em vários estados e representantes de vários países, seguiram em caminhada até o Morro do Espelho, encerrando-se a comemoração com a inauguração do busto de Lutero.
*20 de outubro – Seis empresas da cidade – Diovale Cromagem, Arte e Trama, Espumasinos, Formax Quimiplan, Metalúrgica SS e TFL do Brasil - começam a participar da Courovisão, nos pavilhões da Fenac.
*20 de outubro – O bombeiro aposentado alemão Hartmut Schmidt esteve na cidade, tratando da vinda da auto-escada em fevereiro 2005 para o 2º Comando Regional de Bombeiros, com sede em São Leopoldo. Empresários, através da Acis/SL, estão colaborando com o empreendimento.
*20 de outubro – Já chega a 333 o número de armas entregues a BM e Polícia Civil na campanha de desarmamento.
*21 de outubro – A escola Caic/Madezzatti realiza com êxito a VIII Mostra Ambiental Martim Pescador.
*21 de outubro – Morre na cidade de Biberach, Alemanha, o empresário aposentado Erwin Wilhelm Giering, fundador da Comercial Giering em nossa cidade, nos anos 50.
*22 de outubro – Grande público prestigiou a solenidade de formatura de mais uma turma do Projeto Júnior Achievement, cooordenado pela Acis/SL com apoio de empresas parceiras e coordenação do diretor executivo da Acis, Valério Valiati. Alunos do Sinodal, São José, Divino Mestre, Concórdia e Cetemp transformaram-se durante quatro meses em miniempresários. O paraninfo dos 85 alunos foi o empresário Antonio Gremes Pereira, diretor da Grefortec.
*23 de outubro – Colégio Sinodal inaugura novo ginásio de esportes (área de 535m2) a ser utilizado para alunos do ensino fundamental
*26 de outubro – Cinco empresas leopoldenses - Digibor, Infasul Facas, Mercobor, Metalúrgica Nunes e Ska Automação - participam da Mercopar, em Caxias do Sul.
*26 de outubro – VII Feira de Educação Ambiental do SESI reuniu seis escolas – Franz Louis Weinmann, Borges de Medeiros, Salgado Filho, Gusmão Britto, Paul Harris, e Amor Perfeito. Evento de sucesso que findou com caminhada pela paz pela avenida São Borja, reunindo 300 estudantes.
*27 de outubro – O historiador Telmo Lauro Muller e o prefeito Waldir Schmidt foram homenageados no evento Noite da Cultura Gaúcha, promovido pela Secretaria Estadual da Cultura na capital, no armazém A 4 do cais do Porto. O troféu Cultura Gaúcha premiou 14 personalidades, entre as quais, Waldir, pelo apoio da prefeitura às comemorações dos 180 anos da imigração alemã, e Telmo, pelo trabalho em museologia. O prefeito foi representado por Andréa Guedes, diretora do Departamento de Cultura.
*28 de outubro – Morre, aos 84 anos de idade, a sra. Annemarie von Hollen Heurich, viúva de Edgar Heurich, falecido em junho deste ano. O casal prestou durante longos anos, assinalados serviços a Lions Internacional.
*29 de outubro – Encerrado no ginásio do colégio Gustavo Schreiber, o III Prêmio Educa Dança e Dança Especial Inclusiva, evento sob a direção da professora e bailarina Cecília Bazzotti.
*29 de outubro - Prefeito eleito Ary Vanazzi participou do bate papo jornalístico, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas/RS na cantina Capri.
*29 de outubro – Eleito pelo Sesc, em festa na Sociedade Ginástica, o Comerciário do Ano, Eduardo Azambuja, gerente das lojas Colombo.
*30 de outubro – Cerca de 1.200 alunos da escola estadual Victor Becker participaram das atividades multidisciplinares sobre Halloween. Projeto do prof. Aldair César foi aprovado pela 2a. C.R.E e agora envolve toda a escola.
*1º de novembro – Morre, aos 83 anos de idade, a Irmã Eunice Reichert, da Ordem das Irmãs Franciscanas da Penitência Caridade Cristã.
*3 de novembro – O Projeto Resgate, patrocinado pela PSA Industrial e com apoio do Movimento Viva São Leopoldo realizam com sucesso e importantes palestras e debates, o I Encontro do Vale do Sinos sobre Pedagogia, na sede antiga da Unisínos. Mais de uma centena de instituições prestigiaram o evento.
*4 de novembro – I Telecentro Comunitário, realizado em parceria com o Banco do Brasil, que doou 10 computadores, teve inauguração em sala da Estação Rodoviária, com presença de autoridades. A sala recebeu o nome de "Enio Cheuiche Coelho" em homenagem ao atual presidente do Consepro. O centro disponibiliza o acesso gratuito da comunidade.
*5 de novembro – Os 45 anos das lojas Colombo e seus cinco anos na cidade, motivaram comemoração musical e de parabéns do Grupo Sinuelo à direção das lojas, quando os convidados foram recebidos pelo gerente Eduardo Azambuja.
*5 de novembro – RUA GRANDE realiza a 39a. edição de sua tradicional festa Os Destaques do Ano, prestigiada por 360 pessoas e homenageando com troféus 29 pessoas e/ou instituições. O grande evento aconteceu no salão de festas da Sociedade Orpheu.
*5 de novembro – A Unisinos conquista um título inédito na América Latina – a ISO 14001 – um reconhecimento internacional pela forma como se relaciona com o meio ambiente. A certificação torna a Universidade uma das cinco do mundo a ter essa recomendação.
*5 de novembro – Morre, aos 88 anos de idade, o comerciante aposentado Urbano Willrich.
*6 de novembro – Alunos da escola de educação infantil Jesus menino comemoraram os 35 anos da escola
*6 de novembro – realizado o Ii Festival JGB de Patinação Artística, prestigiado por bom público que aplaudiu 250 patinadores de oito escolas, com destaque para os patinadores do São José e do Concórdia.
*7 de novembro – Morre, aos 83 anos, o empresário Giuseppe Favaretto.
*8 de novembro – Lançado, pela Editora Sinodal, o livro "De longe também se ama – recordações de uma vida no sul do Brasil e Alemanha – pela escritora Elisabeth Maschler, de 84 anos, que há anos atrás residiu em São Leopoldo e está radicada na Alemanha.
*8 de novembro – O escritor e poeta Fabrício Carpínejar recebe mais um prêmio por sua mais recente obra – o livro Cinco Marias. O nono prêmio em seis anos de carreira literária lhe foi entregue em solenidade na Leopoldina Juvenil.
*8 de novembro – Inicia na sede da Associação irmã Sophie Zinck, o Seminário Bilateral Católico Luterano, reunindo autoridades das igrejas católica e de confissão luterana do Brasil.
*12 de novembro – Encerrado na Unisinos, com presenças de representantes de 17 países, o VIII Congresso Ibero-Americano de Gráfica Digital, o Sigrad 2004.
*12 de novembro – O desembargador aposentado João Andrades de Carvalho, radicado em São Leopoldo, lança, na Feira do Livro da capital, seu sétimo livro – a Justiça no banco dos réus. A obra surgiu a partir da reforma do Judiciário e de uma pesquisa que a OAB encomendou a Toledo 7 Associados.
*12 de novembro – O prefeito eleito Ary Vanazzi anuncia 23 dos 26 secretários que vão constituir o primeiro escalão do governo municipal 2005/2008.
*13 de novembro – Senac forma a primeira turma de 35 alunos do projeto Menor Aprendiz, em solenidade no colégio São Luís.
*13 de novembro – Morre, aos 25 anos de idade, o jovem Tiago de Mattos Franzon.
*17 de novembro – Reni de Oliveira, o ex-craque de futebol Gão, coordenador das Escolinhas de Futebol do clube, é eleito por aclamação, novo presidente do Aimoré, sucedendo ao empresário Carlos Alberto Bedin.
*17 de novembro – O Lions SL-Scharlau, liderado pelo casal Roberto e Lea Potrick, comemora seus 40 anos de existência com grande evento realizado na Sociedade União, no bairro-cidade.
*18 de novembro - Um público de 250 pessoas constituído por autoridades e representantes de entidades, instituições e ONGs participou do I Seminário de Prevenção à Criminalidade, realizado pelo Consepro, na sede antiga da Unisinos.
*18 de novembro – Iniciam na sede da Semedes as reuniões das equipes de transição dos governos Waldir Schmidt e Ary Vanazzi.
*19 de novembro – Sessão solene do Legislativo homenageia o Encontro Municipal da Consciência Negra, com entrega de certificados de participação às entidades e palestrantes, pelo Departamento de Cultura.
*19 de novembro – Solenidade no 19º BIMtz entrega diplomas aos soldados integrantes da segunda turma do projeto Soldado Cidadão.
*20 de novembro – Os 29 anos da tradicional Escola Ballet Sinos foram comemorados com três atos de dança – a suíte Paquita, Hora do Recreio e Anglus Nexus, apresentados com classe e talento por seus alunos, no auditório do Instituto Concórdia.
*22 de novembro – Inaugurada com grande festa reunindo 300 convidados, a segunda concessionária Audi do RS, com sede em São Leopoldo, no prédio da Carburgo, na BR-116.
*23 de novembro – Fundado o Clube Sesc Maturidade Ativa, em solenidade realizada pelo Sesc no salão de festas da Sociedade Ginástica. Evandro Santos é seu primeiro presidente.
*24 de novembro – Lions Imigrante, liderado pela presidente Maria Inês Daudt, festeja 24 anos de existência, em jantar festivo no Grêmio dos Sargentos.
*24 de novembro – Morre, aos 83 anos de idade, o sr. Homero Kuplich.
*25 de novembro – Câmara Municipal aprova o Orçamento Municipal 2004 de R$ 203 milhões e apresenta 264 emendas.
*26 de novembro – XVIII Encontro de Danças Orpheu foi aberto em grande estilo no anfiteatro Padre Werner, no câmpus da universidade. Coreografias foram assinadas por Alessandra Chemello e Marialva Machado e os aplausos foram a resposta do público ao talento e à criatividade.
*26 de novembro – Morre, aos 82 anos de idade, o oficial de Justiça aposentado, e tradicionalista Novaes de Mattos.
*27 de novembro - O V Festeatro, teatro para todos, "a grande festa teatral das escolas municipais", disse a coordenadora do projeto, Mônica Uriarte, reuniu 600 alunos de escolas municipais durante dois dias de apresentações na paróquia do Fião.
*27 de novembro – A Novemberfest, organizada na escola José Grimberg, no bairro Boa Vista, reuniu alunos de várias escolas municipais, assinalando nesta e em outros três locais, o encerramento do projeto Escola Aberta, implantado pela Semec, com grande sucesso. Programação na escola José Grimberg foi no melhor estilo germânico, comemorando os 180 anos da imigração alemã.
*28 de novembro – O Coral Unisinos iniciou suas apresentações no Sinos de Natal 2004 com um concerto na Igreja de Cristo.
*29 de novembro – A oficina redes de movimetos, realizada na sede antiga da Unisinos pela ONG rede Mulher de Educação com apoio do serviço social da universidade, debateu o apoio contra a violência praticada com a mulher.
*29 de novembro – A 5a. edição do Prêmio Responsabilidade Social, realizada no teatro Dante Barone, na sede da Assembléia legislativa, concedeu premiação para 193 empresas gaúchas, entre as quais, a Unisinos, TFL do Brasil, Grupo Editorial Sinos e Laboratório Weinmann.
*30 de novembro – Morre, aos 93 anos de idade, o comerciante aposentado Marino Stabel.
*30 de novembro – Trinta e um adolescentes, engajados no programa de prevenção da ONG Meninos e Meninas da Progresso, mantida pela paróquia Santo Inácio, do bairro Rio dos Sinos, receberam o diploma de conclusão do curso inclusão digital, instruído desde maio na entidade, na Vila dos Tocos.
*30 de novembro – João Oliveira eleito presidente da LIMFA – Liga Municipal de Futebol Amador. O vice é Cleber D´Ávila.
*30 de novembro – A professora Lúcia de Moura Passos, mostrou para um grande público, todo o seu talento ao interpretar músicas de autores brasileiros e alemães, acompanhada ao piano por Olinda Alessandrini, em Concerto no anfiteatro Padre Werner, no câmpus. Um retorno de luxo em um evento de grande sucesso.
*1º de dezembro – Comércio amplia o horário das lojas até 21 horas no mês do Natal e decide abrir em todos os domingos que antecedem a data máxima da Cristandade.
*1º de dezembro – Um total de 9.120 inscritos realiza no ginásio de esportes e em 14 escolas da rede estadual, a segunda etapa das provas do supletivo, coordenadas pela 2a. C.R.E.
*1º de dezembro – Representantes da ONG Kindermothilfe (KNH, Alemanha) estiveram na cidade, conhecendo projetos e visitando crianças e adolescentes atendidos através da sua parceria no Brasil com a Amencar. Visitaram a sede do Proame, na rua São Pedro, uma das entidades beneficiadas pela parceria.
*1º de dezembro – Morre, aos 75 anos, o prof. Gustavo Oscar Giesta, da escola Senai.
*1º de dezembro – Morre, aos 50 anos de idade, o empresário e integrante do Sinduscom/SL, Carlos Roberto Wiltgen.
*2 de dezembro – A escola municipal Jorge Germano Sperb, na vila Born, foi alvo de vândalos que, agindo durante a madrugada, destruíram uma sala de aula.
*4 de dezembro – O 25º BPM lança em solenidade na praça Daltro Filho, duas operações: Férias Tranqüilas e Operação Papai Noel.
*4 de dezembro – O Musical Argentum, fundado por músicos da família Drechsler completa 15 anos de existência, com um aplaudido concerto na Igreja de Cristo.
*7 de dezembro – Mais 873 militares, dos quais 185 do 19º BIMtz retornaram de porto príncipe, no Haiti.
*8 de dezembro – A Corpus Dança promove, com prestígio de grande público na Ginástica, uma mostra de dança com presenças de vários grupos de bailarinos.
*8 de dezembro – Federação Gaúcha de Ciclismo divulga os melhores do ano no setor, destacando quatro leopoldenses: Luciana Ferreira de Almeida (campeã), a vice Juliana Jacobs Renner, Vanderlei Melchior (3º lugar) e João Luís de Souza da Silva (quarto colocado no masculino).
*9 de dezembro – O Big reinaugura sua loja na cidade, em solenidade prestigiada por autoridades e grande número de clientes.
*10 de dezembro – O Cads – Clube dos Amigos Descasados e Solteiros completa e comemora sete anos de atividades, sob a liderança de Elaine Margarete da Silva, em sua sede no salão de eventos Show de Bola, no estádio do Aimoré.
*10 de dezembro – O soldado Eduardo Arrache Gonçalves, 35 anos, 15 de Brigada Militar, lotado no 25º BPM, é o único militar da região entre 30 gaúchos designado para integrar a Força de Segurança Nacional, no Espírito Santo.
*10 de dezembro – CDC empossa sua nova diretoria, liderada por Ruben Martins Fernandes.
*12 de dezembro – A sétima e decisiva etapa da Copa Peugeot de Rally Velocidade, em Atibaia, interior de São Paulo, teve como vice campeã uma dupla leopoldense: Luís Eduardo Stédile e Lucas Rocha, da equipe Freios Controil de rally (Concessionária Passion/Zmach tecnologia/Dália Alimentos. Eles fizeram 97 pontos e os campeões, 98. *12 de dezembro – Sociedade Leopoldense de Orquidófilos realiza a última exposição de orquídeas de 2004, premiando exemplares de colecionadores, entre os quais o sr. Anselmo Mena Hoff, com 12 prêmios.
*13 de dezembro – O empresário Mário Lerner assume a presidência da Assemplife, sucedendo a Pedro Ivo Reis, em reunião-jantar realizada no centro de eventos Estrela do Mar, na Feitoria.
*15 de dezembro – O Conselho da Juventude faz retrospectiva de sua atuação este ano, em reunião coordenada pelo prof. Carlos Alberto Barcellos, coordenador dos Parceiros Voluntários da Fundação Thiago Gonzaga/Núcleo de SL.
*15 de dezembro – Inaugurado à noite, em grande festa, o Bourbon Shopping São Leopoldo, o maior empreendimento do setor comercial já realizado no município. Um grande público formado por autoridades, empresários, jornalistas e convidados, tendo à frente o governador germano Rigotto, prestigiou o ato inaugural que teve três pronunciamentos – o empresário Marcelo Zaffari, o prefeito Waldir Schmidt e o governador Germano Rigotto. O Hino Nacional foi interpretado pela cantora Fafá de Belém e o Hino Rio-Grandense, pelo cantor nativista Neto Fagundes acompanhado à gaita por Renato Borghetti. O empreendimento tem 52,6 mil m2 de área construída em um terreno de 9,6 mil m2, um hipermercado (Bourbon), ampla área de gastronomia e inicia com 43 lojas, estacionamento para 668 veículos e cinco salas de cinema.
*16 de dezembro – representantes de prefeituras de São Leopoldo, novo Hamburgo e Sapucaia do Sul, terão que aguardar nova data para que a secretaria estadual da Agricultura, defina os limites oficiais do Morro do Paula, tarefa iniciada há meio ano.
*16 de dezembro – O 25º BPM forma mais uma turma de de 1.050 alunos de 28 escolas das redes municipal estadual pelo Proerd, o Programa Educacional de Resistência à Violência e às Drogas, em solenidade no ginásio de esportes.
*16 de dezembro – O empresário Adolfo Greuner, diretor da ferragem parobé, assume a presidência da CDL, sucedendo ao empresário Egydio Zilles.
*17 de dezembro – Justiça Eleitoral realiza solenidade no plenário Tancredo Neves, da Câmara de Vereadores, para a diplomação do prefeito eleito, Ary Vanazzi, do vice-prefeito eleito, Alexandre Roso, dos 13 vereadores eleitos. O dr. Paulo de Tarso Carpena Lopes, Juiz Eleitoral, presidiu a solenidade que teve o plenário lotado por políticos e familiares dos eleitos.
*17 de dezembro – O Arte 15 comemora oito anos de história e elege seu novo presidente, o artista plástico Mai Bavoso, sucessor do professor José Carlos Martins.
*19 de dezembro – Triatletas leopoldenses são destaques nas competições oficiais de trihatlon, conquistando 11 títulos estaduais: Tatiane Gorski/Academia Centter, Ricardo Nilson/Vittá Academia, Leonardo Dadalt e Carlos Senna Trindade, ambos da Academia Centter.
*20 de dezembro – Lançado na capital, no Memorial do Rio Grande do Sul, o livro oficial bilíngüe (português-alemão) sobre os 180 anos da imigração alemã.
*21 de dezembro – o ten-cel. Izaias de Macedo reassume o comando do 19º BIMtz dias após retornar da missão que cumpriu no Haiti, comandando oficiais e praças de unidades militares do Brasil, em Porto Príncipe.
*23 de dezembro – o prefeito Waldir Schmidt passa o governo municipal ao vice-prefeito Kanan Buz, que o entregará ao prefeito eleito Ary Vanazzi, dia 1º de janeiro de 2005.
*24 de dezembro – As lojas da cidade registram um dos maiores movimentos dos últimos anos e as ruas centrais possuem grande movimento de pessoas e veículos na véspera do Natal 2004.
*28 de dezembro – BM e Polícia Civil divulgam que mais de mil armas foram devolvidas na campanha de desarmamento no município. Resultado: que de 22% no número de homicídios.

Empresas, clubes e instituições centenárias

Em 180 anos de imigração alemã, o município de São Leopoldo registra centenários de tradicionais empresas e instituições, aqui relacionadas por ordem alfabética.

*Amadeo Rossi Armas e Munições - 1989
*Capela Nosso Senhor dos Passos - 2002
*Casa Mena - 1991
*Colégio São José - 1972
*Colégio São Luís - 2002
*Igreja Evangélica Luterana/Comunidade Concórdia - 2003
*Igreja Matriz Nossa senhora da Conceição - 1946
*Jornal Evangélico - 1988
*Lar Santa Elizabeth - 2003
*Madeireira Feldmann - 1991
*Metalúrgica Biehl - 1971
*Lindolfo Collor (centenário de nascimento) - 1990
*Relojoaria Sauter - 1994
*Rotermund Indústria e Comércio - 1977
*Sociedade Cantores Arroio da Manteiga - 1996
*Sociedade Ginástica - 1985
*Sociedade Orpheu - 1958
*Weinmann & Cia. Ltda. (bebidas) - 1959

(Obs – a data assinalada refere-se ao ano do centenário de fundação)

Todos os Presidentes do Brasil

*Deodoro da Fonseca, Marechal - 1889 a 1891
*Floriano Peixoto, Marechal - 1891 a 1894
*Prudente de Moraes - 1894 a 1898
*Campos Sales - 1898 a 1902
*Rodrigues Alves - 1902 a 1906
*Afonso Pena - - 1906 a 1909
*Nilo Peçanha - 1909 a 1910
*Hermes da Fonseca, Marechal - 1910 a 1914
*Venceslau Brás - 1914 a 1918
*Delfim Moreira - 1918 a 1919
*Epitácio Pessoa - 1919 a 1922
*Artur Bernardes - 1922 a 1926
*Washington Luís - 1926 a 1930
*Getúlio Dornelles Vargas - 1930 a 1945
*Eurico Gaspar Dutra, Marechal - 1945 a 1951
*Getúlio Dornelles Vargas - 1951 a 1954
*João Café Filho - - 1954 a 1955
*Juscelino Kubitschek de Oliveira - 1955 a 1961
*Jânio da Silva Quadros - 1961
*João Belchior Marques Goulart - 1961 a 1964
*Humberto de Alencar Castelo Branco, Marechal - 1964 a 1967
*Arthur da Costa e Silva, Marechal - 1967 a 1969
*Emilio Garrastazu Médici, General - 1969 a 1974
*Ernesto Geisel, General - 1974 a 1979
*João Batista Figueiredo, General - 1979 a 1985
*José Sarney - 1985 a 1990
*Fernando Collor de Mello - 1990 a 1992
*Itamar Franco - 1992 a 1994
*Fernando Henrique Cardoso - 1994 a 1998
*Fernando Henrique Cardoso - 1998 a 2002
*Luiz Inácio Lula da Silva - 2002 a 2006

Todos os Governadores do Estado

José Antônio Correia Câmara, Marechal

15.11.1889 a 11.02.1890

Júlio Anacleto Falcão da Frota, Marechal

11.02.1890 a 06.05.1890

Francisco da Silva Tavares (Vice-Governador)

06.05.1890 a 13.05.1890

Carlos Machado de Bittencourt, General

13.05.1890 a 24.05.1890

Cândido José da Costa, General

24.05.1890 a 16.03.1891

Fernando Abbott (Vice-Governador)

16.03.1891 a 15.07.1891

Júlio Prates de Castilhos

15.07.1891 a 12.11.1891

Junta Governativa
Joaquim Francisco de Assis Brasil
João de Barro Cassal
Domingos Alves Barreto Leite
Manoel Luiz da Rocha Osório

12.11.1891 a 08.06.1892

José Antônio Correia Câmara, Marechal (Vice-Governador)

08.06.1892 a 17.06.1892

Vitoriano Ribeiro Carneiro Monteiro (Vice-Governador)

17.06.1892 a 27.09.1892

Fernando Abbott (Secretário do Interior e do Exterior)

27.09.1892 a 25.01.1893

Júlio Prates de Castilhos

25.01.1893 a 25.01.1898

Antônio Augusto Borges de Medeiros

25.01.1898 a 25.01.1908

Carlos Barbosa Gonçalves

25.01.1908 a 25.01.1913

Antônio Augusto Borges de Medeiros
 
Substitutos
Salvador Aires Pinheiro Machado (Vice-Presidente)
Protásio Antônio Alves (Vice-Presidente)

25.01.1913 a 25.01.1928

Getúlio Dornelles Vargas

25.01.1928 a 09.10.1930

Oowaldo Euclydes de Souza Aranha (Secretário de Estado dos Negócios do Interior)

09.10.1930 a 27.10.1930

Sinval Saldanha (Secretário do Interior)

27.10.1930 a 28.11.1930

José Antônio Flores da Cunha, General
 
Substitutos
Sinval Saldanha (Secretário do Interior)
João Carlos Machado (Secretário do Interior)
Darci Azambuja

28.11.1930 a 17.10.1937

Manuel de Cerqueira Daltro Filho, General

17.10.1937 a 19.01.1938

Joaquim Maurício Cardoso (Secretário do Interior)

19.01.1938 a 04.03.1938

Oswaldo Cordeiro de Farias
 
Substituto
Miguel Tostes (Secretário do  Interior)

04.03.1938 a 04.09.1943

Ernesto Dornelles, Tenente-Coronel
 
Substituto
Alberto Pasqualini (Secretário do Interior)

11.09.1943 a 01.11.1945

Samuel Figueiredo Da Silva

01.11.1945 a 07.02.1946

Pompílio Cilon Fernandes Rosa
 
Substituto
Octacílio Moraes (Secretário do Interior)

07.02.1946 a 26.03.1947

Válter Só Jobim
 
Substitutos
Edgar Luís Schneider (Presidente Da Assembléia Legislativa)
José Diogo Brochado da Rocha, Coronel (Presidente Da Assembléia Legislativa)

26.03.1947 a 31.01.1951

Ernesto Dornelles, Tenente-Coronel
 
Substitutos
Vítor Graeff (Presidente da Assembléia Legislativa)
João Caruso Scuderi (Presidente da Assembléia Legislativa)
Alcides Flores Soares Júnior (Presidente da Assembléia Legislativa)

31.01.1951 a 25.03.1955

Ildo Meneghetti
 
Substitutos
Manuel Braga Gastal (Presidente da Assembléia Legislativa)
Alberto Hoffmann (Presidente da Assembléia Legislativa)
Hélio Carlomagno (Secretário do Interior e Justiça)

25.03.1955 a 25.03.1959

Leonel de Moura Brizola
 
Substitutos
Domingos Spolidoro (Presidente da Assembléia Legislativa)
Afonso Anschan (Presidente da Assembléia Legislativa)
Hélio Carlomagno (Presidente da Assembléia Legislativa)
Gustavo Langsch (Presidente da Assembléia Legislativa)
Francisco de Paula Brochado Da Rocha (Secretário do Interior e Justiça)
Ajadil de Lemos (Secretário do Interior e Justiça)

25.03.1959 a 25.03.1963

Ildo Meneghetti
 
Substitutos
Cândido Norberto dos Santos (Presidente da Assembléia Legislativa)

25.03.1963 a 12.09.1966

Wálter Peracchi Barcelos
Substitutos
Carlos Santos (Presidente da Assembléia Legislativa)
Otávio Germano (Presidente da Assembléia Legislativa)

12.09.1966 a 15.03.1971

Euclides Triches (eleito pela Assembléia Legislativa)
 
Vice-Governador
Edmar Fetter

15.03.1971 a 15.03.1975

Sinval Sebastião Duarte Guazzelli
 
Vice-Governador
José Augusto Amaral de Souza

15.03.1975 a 15.03.1979

José Augusto Amaral de Souza
 
Vice-Governador
Otávio Germano

15.03.1979 a 15.03.1983

Jair de Oliveira Soares
 
Vice-Governador
Cláudio Enio Strassburger

15.03.1983 a 15.03.1987

Pedro Jorge Simon
Obs.: Desincompatibilizou-se do cargo para candidatar-se a Senador da República.
 
Vice-Governador
Sinval Sebastião Duarte Guazzelli

15.03.1987 a 02.04.1990

Sinval Sebastião Duarte Guazzelli

02.04.1990 a 15.03.1991

Alceu de Deus Collares
 
Vice-Governador
João Gilberto Lucas Coelho

15.03.1991 a 01.01.1995

Antônio Brito Filho
 
Vice-Governador
Vicente Bogo

01.01.1995 a 01.01.1999

Olivio Dutra
 
Vice-Governador
Miguel Rossetto

01.01.1999 a 01.01.2003

Germano Antônio Rigotto

Vice-Governador
Antônio Holfeldt

01.01.2003





Os governantes de São Leopoldo

De Inspetores a juízes de Paz, vereadores, Intendentes e prefeitos, um resumo cronológico os homens públicos que governaram São Leopoldo nos 180 anos da imigração alemã.

José Feliciano Fernandes Pinheiro, Visconde de São Leopoldo, era o Presidente da Província quando 39 imigrantes alemães chegaram às margens do Sinos, iniciando a epopéia da Colônia Alemã de São Leopoldo. De 24 de julho de 1824 e durante sete anos, a Colônia foi administrada pelo Inspetor José Thomaz de Lima e, após, pelo Cel. Salustiano Severino dos Reis, este pelo período de apenas dois meses e meio. De 18 de setembro de 1831 até 1846, quando a Colônia foi transformada em Vila, São Leopoldo pertencia à categoria de Capela Curata e a maior autoridade era o Juíz de Paz e o primeiro a desempenhar esta tarefa foi Manoel Bento Alves, até 1933. Depois, mais nove Juízes de Paz desempenharam essas funções.

Veio o Império e Manoel Bento Alves voltou a desempenhar função pública, agora presidindo a primeira Câmara de Vereadores, instalada em 24 de julho de 1846 e até 1848. Ele era a maior autoridade do vilamento. Sucederam-se mais quatro legislaturas até 1864, quando São Leopoldo passou à categoria de cidade. Até a Proclamação da República em 1889, decorreram mais sete legislaturas. A Câmara Municipal de Vereadores foi dissolvida em 31 de dezembro daquele ano, assumindo em fevereiro de 1890 a Junta Municipal (3 membros, Cel. João Schmitt, Ernesto Francisco de Souza e Silva, e Carlos Frederico Bier). A partir de outubro 1890, o número de integrantes passou a cinco. Um ano depois, o Conselho Municipal eleito em 28 de setembro tinha sete membros, sendo empossado em 1º de dezembro, na casa de Epifânio Orlando de Paula Fogaça, pois o prédio municipal, arrombado na véspera, estava cercado por força armada. Sucederam-se trabalhos de Comissões Administrativas, Juntas Municipais e Conselhos Municipais com mandatos interinos ou de pouca duração até julho de 1892 - Cel. João Schmitt, Guilherme Hoffmann, ten-cel Jacob Knierim, Rodrigo José de Figueiredo, Ernesto Souza e Silva, Carlos Frederico Bier, João Dutra, ten-cel. Jacob Kroeff Filho, Felipe Matte - quando foi nomeado Intendente, o Major Epifânio Fogaça, como narram os livros do escritor Leopoldo Petry (1964 e 1966) e a obra São Leopoldo era assim, editada pelo historiador Germano Moehlecke em 1982, em minucioso trabalho de pesquisa de todo o processo administrativo e político desde a Colônia Alemã até maio de 1982.

Intendentes

* Major Epifânio Orlando de Paula Fogaça (nomeado) - 14/07/1892
* Major Epifânio Orlando de Paula Fogaça (eleito) - 12/10/1896
* Cap. Florêncio da Silva câmara (eleito) - 12/10/1900
* Luiz Lourenço Stabel - 06/11/1901
* Guilherme Gaelzer Neto (4 mandatos) - 11/03/1902 a 12/10/1916
* Gabriel de Azambuja Fortuna - provisório, até 24/6/1917
* Gabriel de Azambuja Fortuna (eleito) - 31/07/1917
* Cel. João Ferreira Firmo (nomeado) - 13/10/1919
* Mansueto Bernardi (provisório) - 12/11/1919
* Mansueto Bernardi (eleito) - 12/10/1920
* Frederico Wolffenbüttel (nomeado) - 16/04/1923
* Cel. João Corrêa Ferreira da Silva (eleito) - 12/10/1924
* Cel. Theodomiro Porto da Fonseca (eleito Intendente) - 12/10/1928

Prefeitos

* Cel. Theodomiro Fonseca (nomeado prefeito) - 3/12/30 a 27/11/1944
* Dr. Carlos de Souza Moraes (nomeado) - 27/11/1944
* Dr. Arthur Ebling (nomeado) - 12/11/1945
* Dr. Carlos de Souza Moraes (nomeado) - 12/02/1946
* Dr. Arthur Ferreira Filho (nomeado) - 03/07/1947
* Dr. Mário Sperb, vice Othon Blessmann (eleitos)ADL - 08/12/1947
* Germano Hauschild/PSD, vice IgnácioSchwertner/PRP - 31/12/1951
* Paulo Costa da Silva Couto, vice Brasil Gall/PTB - 31/12/1955
* Maria Emilia de Paula/PTB - 28/02/1959
* Dr. Siegbert Saft/AL, vice Glodomiro Martins/PSD - 31/12/1959
* Glodomiro Martins/PSD, vice Rosa Flores/MTR - 31/12/1963
* Dr. Olímpio Albrecht, vice Manoel Luiz Nunes/MDB - 31/01/1969
* Henrique Prieto e vice Honório Silva/Arena - 31/01/1973
* Dr. Olímpio Albrecht e vice Manoel Nunes/MDB - 31/01/1977
* Manoel Luiz Nunes/MDB - 13/05/1982
* Waldir Artur Schmidt, vice Hardi Leichtweis/PMDB - 31/01/1983
* Dr. Olímpio Albrecht, vice Henrique Prieto/PDT - 31/01/1989
* Waldir Schmidt, vice Ronaldo Ribas/PMDB - 1º/01/1993
* Ronaldo Feijó Ribas, vice Kanan Buz/PMDB - 1º/01/1997
* Waldir Schmidt, vice Kanan Buz/PMDB - 1º/01/2001

Presidentes da Câmara de Vereadores

*24/7/1846 (1a Câmara Municipal) - Major Manoel Bento Alves
*7/1/1849 - André Miguel dos Santos
*8/2/1853 - Patrício de Azambuja Cidade
*7/1/1857 - Cel. João Daniel Hillebrand
*7/1/1861 - Antônio José da Rocha Filho
*7/1/1865 - Francisco Alves dos Santos
*7/1/1869 - João Álvaro Ferraz d´Elly
*7/1/1873 - Manoel Bento Alves Filho
*7/1/1877 - Francisco Alves dos Santos
*7/1/1881 - Pedro José da Silva Vargas
*7/1/1883 - Francisco das Chagas Santos Roxo
*17/11/1887 - Cel. João Schmitt
*15/11/1889 - Cel. João Schmitt
*31/12/1889 Junta Municipal - Cel. João Schmitt, Ernesto Silva e Carlos F. Bier
*12/10/1912 (Conselho Municipal) - Major Luiz Bender
*12/10/1917 - José Carlos Sperb
*12/10/1924 - Leopoldo Hoffmann Filho
*12/10/1928 - José Carlos Sperb
*27/12/1934 (Conselho Cons.Municipal) - Cel. Luiz Lafayette Ribeiro Pinto
*7/1/1936 (Câmara de Vereadores) - Germano Hauschild (PSD)
*2/12/1947 - Emilio Maximiliano Müller (PSD)
*2/12/1950 - Victor Otto Schmidt (PSD)
*2/12/1951 - Victor Otto Schmidt (PSD)
*2/12/1952 - Antônio Theobaldo Justo (PSD)
*2/12/1953 - Glodomiro Martins (PSD)
*5/12/1954 - Glodomiro Martins (PSD)
*1º/12/1957 - Honório Silva (PSD)
*1º/12/1958 - Maria Emília de Paula (PTB)
*28/2/1959 - Honório Silva (PSD)
*1965 - Henrique da Costa Prieto (Arena)
*1966
*1967
*1968
*1969
*1970 - Leo Verbist (Arena)
*1971
*1972
*1973 - Adalbério Stumpf (MDB)
*1974 - Adalbério Stumpf (MDB)
*1975
*1976
*1977 - Ronaldo Feijó Ribas (MDB)
*1978 - Octávio Pedro da Silva (MDB)
*1979 - Antônio Guaglianoni (MDB)
*1980 - Ronaldo Ribas (PTB)
*1981 - Olímio Bittencourt (PDT)
*1982 - Ruy Ivonoé dos Santos (PMDB)
*1983 - Antenor Dutra (PDS)
*1984 - André Mendonça da Silva (PMDB)
*1985 - Roque Vieira Vilande (PDS)
*1986 -
*1987 - Leo Verbist (PDS)
*1988 - Ítalo Fernando Gall (PDT)
*1989 - Mário Manoel d´Ávila (......)
*1990 -
*1991 -
*1992 - Ítalo Fernando Gall (PDT)
*1993 - Aníbal Moacir da Silva (PDT)
*1994 - Emilio Diniz (PT)
*1995 - Moacir Lima Soares (PMDB)
*1996 - José Antônio Kanan Buz (PMDB)
*1997 - Genésio Fernandes Monteiro (P.....)
*1998 - Hamilton Silva (PMDB)
*1999 - Ernesto Grandi (PTB)
*2000 - Joni Jorge Homem (PTB)
*2001 - Jorge da Silva (PMDB)
*2002 - Iara Cardoso (PMDB)
*2003 - João Miorim (PMDB)
*2004 - Aníbal Moacir da Silva (PSDB)

Assembléia Legislativa e Câmara Federal

A história de São Leopoldo registra a participação de seus homens públicos na Assembléia Legislativa/RS e na Câmara Federal, eleitos para serem os nossos representantes da cidade e região.

Deputados Estaduais

* Othon Blessmann (PL) - 1954 a 1963
* Paulo Costa da Silva Couto (PTB) - 1947 a 1951
* Jorge Germano Sperb (PTB) - 1947 a 1951
* Frederico Guilherme Schmidt (PSD) - 1947 a 1951
* Alexandre Machado da Silva (PSD) e Arena - 1963 a 1974
* Antonio Carlos Rosa Flores (MDB) - 1967 a 1970
* Olímpio Sergio Albrecht (PDT) - 1982 a 1986
* José Antonio Albrecht (MDB) - 1978 a 1982
* Antônio de Pádua Barbedo (PDT) - 1986 a 1990
* Waldir Artur Schmidt (PMDB)
* Ronaldo Miro Zulke (PT) - 2003 a 2006

Deputados Federais

* Frederico Wolffenbüttel - 1933 (reeleito em 1937)
* Eloy José da Rocha (PSD) - 1945 a 1951
* Theodomiro Porto da Fonseca - 1947 a 1951
* Paulo Costa da Silva Couto - 1959 a 1962
* Alexandre Machado da Silva (Arena) - 1974 a 1982
* Arnaldo da Costa Prieto (Arena)(PFL - 1967 a 1974 / 1986 a 1990
* Miguel Soldatelli Rossetto (PT) - 1994 a 1998
* Waldir Artur Schmidt (PMDB) - 1998 a 2000
* Ary Vanazzi (PT) - 2002 a 2006

Secretários Estaduais

Ao longo da história, homens públicos que tiveram destacado trabalho integrando administrações estaduais:

* Eloy José da Rocha - Secretário de Educação/RS, governo - 1947/1950.
* Arnaldo da Costa Prieto - Secretário do Trabalho e Habitação, governo Ildo Meneghetti - 1963/1967).
* Rozendo da Costa Prieto - Secretário de Transportes, em 26/2/1986 - governo Jair Soares
* Olímpio Sérgio Albrecht - Secretário de Desenvolvimento Econômico, governo Alceu Collares
* Ary Vanazzi - Secretário de Habitação, governo Olívio Dutra – 1999/2002.

Ministros

Quatro homens públicos, todos leopoldenses, tem seus nomes reconhecidos em todo o país, desempenhando importante função em governos da União, integrando Ministério e Tribunais.

* Lindolfo Boeckel Collor - primeiro Ministro do Trabalho do Brasil, nomeado pelo Presidente Getúlio Vargas, em 1930.
* Eloy José da Rocha - Ministro do Supremo Tribunal Federal de 1966 a 1977, Presidente do Tribunal Superior Eleitoral de 1971 a 1973 e presidente do Supremo Tribunal Federal entre 1973 e 1975.
* Arnaldo da Costa Prieto - Ministro do Trabalho, nomeado pelo presidente Ernesto Geisel de 1974 a 1979 e Ministro do Tribunal de Contas da União em 1979.
* Miguel Soldatelli Rossetto - Ministro do Desenvolvimento Agrário, nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003.

Obs – em março deste ano, o vereador Ronaldo Teixeira da Silva (PT) foi convidado para a chefia de gabinete do Ministério da Educação. O ministro Tarso Genro convidou "Nado" para a importante missão e o jovem vereador, ao aceitá-la, renunciou a seu mandato legislativo, dia 6 de abril.

Hino de São Leopoldo

A Lei Municipal nº 4257, de 26 de junho de 1996, de autoria do vereador genésio Monteiro, transforma "A Marcha do Imigrante" no Hino Oficial de São Leopoldo. A letra feita por Danilo Silva e a música de Ary Georg, saudosos radialistas, narra com muita propriedade toda a saga dos imigrantes alemães e seus descendentes na construção desta cidade.

Louro Imigrante, só a natureza
Te viu chegar pra trabalhar aqui
E o gigante Vale, com certeza,
Se engalanou para esperar por ti.

Penso que a brisa acariciou faceira
Teu peito aberto ao sol do meu país
E a passarada te saudou fagueira
Cantou, por certo, pra te ver feliz.

Com teu braço forte
Lutando com a morte
Mostrando coragem
Mostrando valor

De pele tostada
Na mão uma enxada
Plantaste mensagens
De paz e amor.

Não teve flores nunca o teu caminho
E nem teu céu foi sempre todo azul
Mas foi sincero, sempre, o teu carinho
Com a terra virgem dos rincões do sul.

Da pátria antiga te restou saudade
Um novo mundo viu costumes teus
No coração que não poupou bondade
Na fronte erguida a se inspirar em Deus.